domingo, 13 de outubro de 2013

ESTUDO BÍBLICO SOBRE A IGREJA DE JESUS CRISTO, ACOMPANHE COM A BÍBLIA.



PARTE 4 - IGREJA:

1) O QUE É IGREJA?
Igreja é o grupo de seguidores de Cristo que se reúnem em determinado lugar para adorar a Deus,
receber ensinamentos, evangelizar e ajudar uns aos outros (Rm 16.16).
Como a totalidade das pessoas salvas em todos os tempos (Ef 1.22).
No Novo Testamento era um termo novo, que aparece só em dois versículos dos Evangelhos
(Mateus 16:18 e Mateus 18:17).
Lucas o usou bastante no livro de Atos tornando-o mais comum.
Paulo também escreveu sobre a igreja na maioria de suas cartas; e João, no Apocalipse.
No Velho Testamento Igreja era simplesmente "a congregação".
A palavra era também usada pelos primeiros cristãos.
REUNIÕES DA IGREJA
A palavra grega ecclesia é normalmente traduzida como "igreja".
O Novo Testamento algumas vezes fala de uma assembléia grega secular (Atos 19:32,41).
Em muitas passagens, como em I Coríntios 14: 19, 28, 35, Paulo se refere à igreja como uma
reunião de fiéis que formam uma congregação local.
Igreja também pode significar todos os fiéis (passados, presentes e futuros) que formam a igreja
universal, o completo corpo de Cristo.
Há muitas igrejas citadas no Novo Testamento, às quais os apóstolos escreveram cartas de
exortação, aconselhamento e instrução (Romanos 16: 3-5, 14, 15: I Coríntios 1:1; I Coríntios 16: 19-20;
Colossenses 4: 15-16; Filemom 1: 1-2).
ADORAÇÃO
Quando a igreja se iniciou em Jerusalém, os fiéis se reuniam nos lares para comunhão e adoração.
Atos 2:42-47 nos conta que os primeiros cristãos se reuniam nos lares para ouvir os ensinamentos
dos apóstolos e para celebrar a Comunhão ("o partir do pão").
Nesses encontros, também compartilhavam refeições (II Pedro 2:13; Judas 1:12), recitavam as
Escrituras, cantavam hinos e salmos e alegremente louvavam ao Senhor (Efésios 5:18-20, Colossenses 3:
16-17).
2) ECLESIOLOGIA: DOUTRINA DA IGREJA:
Não é o judaísmo ampliado, mas o “sinal” do Reino Divino.
A verdadeira Igreja de Jesus Cristo são os corações humildes dos servos fiéis e adoradores, que
aguardam sua vinda.
3) NATUREZA DE IGREJA:
Projeto de Jesus para a sociedade; parte do Reino de Deus e não é organização ou governo, mas
viva e espiritual.
4) A INSTITUIÇAO E OS CRISTAOS:
QUANTO À INSTITUIÇÃO:
Palavra grega: “EKKLESIA”, significa uma assembléia de chamados para fora. Este termo se aplica a:
a) todo o corpo de cristãos de uma sociedade (At.11:22;13:1);
b) uma congregação (1Co.1:2; 1Co.14:19,35;Rm.16:5);
c) todo o corpo de crentes na terra (Ef.5:32);
d) A assembléia do povo de Israel (At.7:38);
OBSERVAÇÃO: O Templo difere de denominação, que difere de membrezia, que é diferente de
Corpo de Cristo, que é o grupo dos regenerados.
QUANTO AOS SEGUIDORES: Outros nomes:
a)Irmãos:A igreja é uma fraternidade ou comunhão espiritual, devendo ser abolidas as divisões que
separam a humanidade.
Ex: ”Nem grego nem judeu”-mais profunda das divisôes religiosas;
“Nem grego nem bárbaro”-mais profunda das divisões culturais;
“Nem servo nem livre”-mais profunda das divisões socio-econômicas;
20
““ Nem macho nem fêmea “-mais profunda de todas as divisões humanas vencidas”, conforme
(1Co.14:26; Cl.3:11; Gl.3:28).
b)Crentes-Porque na sua doutrina a característica é a fé no Senhor Jesus, conforme (1 Co.1:21;
Gl.3:22; 1Tm.6:2);
c)Santos-(consagrados ou piedosos) porque estão separados do mundo e dedicados a Deus,
conforme (Rm.1:7;1Co.7:14; Ef.3:8);
d)Os eleitos ou escolhidos porque Deus os escolheu para um ministério importante e um destino
glorioso, conforme (Cl.3:21; Rm.11:7;Mc.13:20);
e)Discípulos-Aprendizes-sob preparação espiritual com instrutores inspirados por Cristo,
conforme(Mt.5:1;At.21:4;Jo.21:8);
f)Cristãos-porque a sua religião gira em torno da Pessoa de Cristo, conforme (At.11:26);
g)Os do Caminho: Nos dias primitivos porque viviam de acordo com uma maneira especial de
viver(At.9:2).
h)Da seita(dos nazarenos)- porque somos seguidores de Jesus Cristo de Nazaré, conforme
(At.24:5).
OBS: Nome “Católico” é uma transliteração do termo grego Kathólicos, que significa universal ou
geral.
No século II D.C., essa palavra tornou-se sinônimo de ortodoxo, ou seja, a igreja que mantinha a
doutrina verdadeira, em contraste com heresias da época.
Durante a Reforma Protestante, a palavra veio a designar as igrejas que aderiram ao papado.
Foi durante a cristianização do império romano, quando surgiu um clero formal e oficial, que a igreja
se institucionalizou.
Conforme Cipriano (258 D.C.)
A igreja era uma “instituição salvadora”.
A Igreja Cristã é espiritual e fiel.
5) ILUSTRAÇÕES DA IGREJA:
a)Corpo de Cristo:
Cristo: Está presente no mundo por meio da igreja, o qual é seu corpo.
A vida de Jesus continua a ter expressão por meio dos seus discípulos como se evidencia no livro de
Atos dos Apóstolos e pela subsequente história da lgreja. (Jo.20:21).
Jesus é conhecido no mundo mediante os que tomam o seu nome e participam de sua vida. Na
medida em que a igreja tem contato com Cristo, seu cabeça, assim tem participado de sua vida e
experiências.
Tal qual Jesus, a igreja foi ungida, ameaçada, perseguida, mas ressuscita indestrutivelmente
(Cl.1:24).
O corpo de Cristo é composto de almas nascidas de novo (1Co.12:13). O cristão não é meramente
seguidor de Cristo, mas membro de Cristo e membros uns dos outros.
b) Templo de Deus: (1Pe.2:5-6):
Templo é um lugar em que Deus, que habita em toda parte, se localiza a si mesmo em determinado
lugar, onde o seu povo o possa achar “em casa, referencial de fé.”
Assim como Deus morou no tabernáculo e no templo, assim vive, por seu Espírito na lgreja (Pessoas
transformadas e não na denominação).
Neste templo espiritual, os cristãos, como sacerdotes oferecem sacrifícios espirituais, sacrifícios de
oração, louvor e boas obras cristãs. (Ef.2:21,22; 1Co.3:16,17).
c) Noiva de Cristo:
Ilustração usada tanto no Antigo Testamento quanto no Novo testamento, descrevendo a união e
comunhão de Deus com seu povo. (2Co.11:2; Ef.5:25-27; Ap.19:7; 21:2; 22:17).
21
6) FUNDAÇÃO DA IGREJA:
a)Profeticamente:
Assim como Israel foi uma nação chamada dentre outras para servir a Deus, na tradução do Antigo
testamento para o Grego, a palavra congregação (de Israel) foi traduzida para “ekklesia” (igreja), que
continuaria sua obra na terra (Mt.16:18).
b)Historicamente:
Surgida no dia de Pentecostes pela unção do Espírito Santo, como retorno da shekinah, a Glória
manifestada no tabernáculo, onde a obra foi feita pelo Espírito, operando mediante os apóstolos, que
lançaram os fundamentos e edificaram a igreja por sua pregação, ensino e organização. (Ef.2:20).
7) MEMBROS DA IGREJA:
Condições:
a)Fé implícita no Evangelho e confiança sincera e de coração em Cristo como único e divino salvador
(At.16:31);
b)submeter-se ao batismo nas águas como testemunho simbólico da fé em Cristo (Cl.2:12;1Pe.3:21);
c)confessar verbalmente esta fé (Rm.10:9,10; Mt.3:6;1 Jo.1:9).
Entrar na Igreja não é questão de unir-se à organização, mas tornar-se membro de Cristo.
Atualmente, a igreja tem aumentado em número e popularidade, com batismo e catequese (ensino),
mas poucos se convertem, ou seja, poucas pessoas são verdadeiramente cristãs de coração, assim,
existem cristãos verdadeiros em meio a cristãos de nome.
Devemos distinguir a igreja invisível (composta dos verdadeiros cristãos de todas as denominações,
cujos nomes estão escritos no livro da vida (Fl.4:3;Ap.3:5), da igreja visível (composta de todos os que
professam ser cristãos, cujos nomes estão escritos no rol de membros (Mt.13:36-43; 47-49; 2Tm.2:19-21).
8) OBRAS DA IGREJA:
a) Pregar a Salvação a toda criatura (Mt.28:19,20) e explanar o plano de salvação tal qual é ensinado
nas escrituras. Cristo tornou acessível à salvação para provê-Ia; a igreja deve torná-la real por proclamá-
Ia.
b)Prover meios de adoração Assim como Israel possuia um sistema de adoração divinamente
estabelecido, a igreja deve ser uma casa de oração para todos os povos, onde Deus é cultuado em
adoração, oração e testemunho.
c)Prover comunhão religiosa:O homem é um ser social e anela por comunhão e amizade, por isso
precisa se congregar com os que participam da mesma realidade espiritual.
A igreja provê uma comunhão baseada na paternidade de Deus e no fato de ser Jesus o Senhor de
todos, nesta fraternidade de experiência espiritual comum, livrando-os da solidão e desamparo pela
solidariedade, no calor do amor da comunhão.
d)Sustentar uma norma de conduta moral:A igreja é a “luz do mundo”, significando afastar a falta de
entendimento da ignorância moral; é o “sal da terra”, que preserva da podridão da corrupção moral. A
igreja deve ensinaras homens a viverem bem e se prepararem para a morte.
e)Deve proclamar o plano de Deus para regulamentar todas as esferas da vida e sua atividade,
contra as tendências de corrupção social, admoestando contra os perigos malignos.

Entre em demissão com a palavra do céu e Deus te ensinará o que convém a ele. Amém  

Nenhum comentário:

Postagem em destaque