sábado, 8 de fevereiro de 2014

Como Obter a Salvação?

Texto bíblico: Lucas 16.19-31
(Se desejar, acesse o texto no link Bíblia On Line, na página inicial do site)
Introdução

Onde você passará a eternidade? Essa é uma reflexão que você deve fazer o quanto antes! Você está seguro quanto à sua salvação?
O Ministério Evangelismo Explosivo nos apresenta duas perguntas que podem nos ajudar a diagnosticar o fundamento da nossa salvação.
1. Se você morresse hoje, tem certeza de que iria para o céu?
2. Se você comparecesse hoje diante de Deus e ele lhe perguntasse “por que razão deveria eu permitir a sua entrada aqui no meu céu?” O que você responderia?”
Esse tem sido um grande mistério para a humanidade ao longo dos séculos. Quantas pessoas vivem atormentadas com medo do morrer porque lhes falta esperança; lhes falta certeza da sua salvação, certeza de vida eterna!
Jesus mostra nesta parábola o que pode acontecer ao homem após a morte.
Vejamos o que diz a história.
Havia dois homens: um rico e um mendigo. O rico vivia aparentemente seguro, cheio de si, com tudo o que o dinheiro lhe podia proporcionar.
O mendigo, por outro lado, vivia na mais absoluta pobreza, e procurava comer as migalhas que caiam da mesa do rico. Essas migalhas eram jogadas na rua e Lázaro precisava competir com os cães para conseguir apanhar alguma coisa. Além disso, só vivia doente, com chagas e feridas pelo corpo. Feridas que eram lambidas pelos cães.
Os dois morreram. Podemos imaginar o enterro do rico, cheio de pompa e circunstância. Lázaro, entretanto, deve ter sido enterrado como um indigente.
A partir daqui a Bíblia apresenta o tipo de vida que espera o ser humano após a morte.
O rico morreu e foi sepultado (v. 22). Lázaro morreu, mas foi levado pelos anjos ao seio de Abraão que é aqui um símbolo do céu.
Essas são as duas únicas possibilidades após a morte: o céu e o inferno. Não existe uma terceira possibilidade. Ainda que os homens procurem inventar um terceiro lugar para a vida após a morte, a Bíblia nos apresenta apenas esses dois.
Houve uma grande diferença entre a morte daqueles dois homens. Um foi para o inferno e o outro foi para o céu.
Da mesma forma existe uma grande diferença entre a morte de quem tem Jesus e quem não tem Jesus em seu coração.
O salvo, mesmo na hora da morte, tem paz e esperança, porque sabe que sua vida está segura nas mãos de Jesus. Ele sabe que após a morte ele será levado pelos anjos de Deus ao seio de Abraão, ou seja, ao céu.
“Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, olhou firmemente para o céu e viu a glória de Deus. E viu também Jesus em pé, ao lado direito de Deus. Então disse: ‘Olhem! Eu estou vendo o céu aberto e o Filho do Homem em pé, ao lado direito de Deus’ ” (Atos 7.55-56 – NTLH).
O ser humano não pode viver sem esperança: “Se é só para esta vida que esperamos em Cristo, somos os mais miseráveis de todos os homens” (1Coríntios 15.19). “Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós” (Romanos 8.18 - ARA).
Qual é a sua esperança?
Lázaro esperava o céu. E você? Onde está a sua esperança?
É interessante notar que a condição daqueles homens se inverteu após a morte. O pobre tornou-se rico e o rico tornou-se pobre.
O rico, no inferno, podia ver a alegria de Lázaro ao ser consolado por Abraão; implorava uma gota d’água para refrescar a sua língua.
Lázaro, no céu, era consolado por Abraão.
Como tomar posse, então, da vida eterna?

1. APROVEITANDO A OPORTUNIDADE QUE DEUS DÁ.
O rico vivia em tormentos por não ter aproveitado as oportunidades concedidas por Deus para a sua salvação.
O rico pediu misericórdia (v. 24 – “Pai Abraão, tem misericórdia de mim”), mas teve o seu pedido negado, porque Jesus elimina a possibilidade de salvação após a morte.
Um outro mendigo, que também era cego, chamado Bartimeu, pediu misericórdia a Jesus e foi atendido em seu pedido (“E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele cada vez gritava mais: Filho de Davi, tem misericórdia de mim!” - Marcos 10.48 - ARA).
A sua salvação precisa ser decidida aqui e agora (v. 26). Não é algo que pode ser resolvido depois da morte, pois há um abismo que separa o céu do inferno na eternidade.
Enquanto não estamos na eternidade, precisamos entender que há um outro abismo que separa o homem de Deus. Esse abismo se chama pecado. Ele distancia o ser humano de Deus. Ele impede que as pessoas desfrutem de comunhão com Deus.
Entretanto, enquanto há vida, há solução para o pecado. Depois da morte não há mais jeito.
Jesus veio ao mundo, justamente para resolver esse problema. Ele é a ponte que Deus construiu sobre esse abismo, reconciliando o mundo com Deus. Não há como atravessar esse abismo sem passar pela ponte que é Jesus.
Há muitas pessoas tentando construir outras pontes para chegar até Deus:
- a “ponte” das boas obras;
- a “ponte” da religiosidade.
Confira os textos abaixo:
“A salvação só pode ser conseguida por meio dele. Pois não há no mundo inteiro nenhum outro que Deus tenha dado aos seres humanos, por meio do qual possamos ser salvos” (Atos 4.12 - NTLH).
“Jesus respondeu: ‘Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém pode chegar até o Pai a não ser por mim’ ” (João 14.6 - NTLH).
“Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem”(1 Timóteo 2.5 - ARA)
É impossível chegar até Deus, a não ser por meio de Jesus. Se houvesse outro meio para o homem ser salvo, Jesus não precisava ter vindo e vão teria sido todo o seu sacrifício em nosso lugar ali na cruz. Ele veio porque não havia outra maneira de providenciar a salvação.
Na cruz Jesus consumou a obra da salvação do ser humano.
Enquanto você está vivo, você tem a oportunidade de atravessar esse abismo pelo caminho da cruz de Cristo e se apropriar do perdão para os seus pecados e da sua salvação.
A vida eterna começa agora (“Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida” - João 5.24 - ARA).
Entretanto, se você deixar para depois, não haverá mais jeito. Depois da morte não há mais solução. Não há nada que o homem possa fazer para sair do inferno e ir para o céu.
O rico estava sedento, precisando de água para matar a sua sede. Se você está sedento de Deus, tem à sua disposição a água da vida que é Jesus.
Enquanto você tem vida, Deus está lhe dando oportunidade para ouvir a sua voz, arrepender-se dos seus pecados e crer em Jesus como seu único Salvador.
Agarre essa oportunidade que Deus lhe dá e tome agora a decisão de entregar a sua vida a Cristo.

2. OUVINDO A VOZ DE DEUS
V. 29 - “Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos”.
“Vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do SENHOR, que nos criou.Ele é o nosso Deus, e nós, povo do seu pasto e ovelhas de sua mão. Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o coração, como em Meribá, como no dia de Massá, no deserto” - Salmo 95.6-8 – ARA).
“Inclinai os ouvidos e vinde a mim; ouvi e a vossa alma viverá. Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto” (Isaías 55.3,6 - ARA).
É preciso parar para ouvir Deus; ouvir o que Ele tem a lhe dizer. Ouvir que, por melhor que você seja, não pode salvar a si mesmo. Ouvir que você precisa de Jesus para a sua salvação.
“Pois o salário do pecado é a morte, mas o presente gratuito de Deus é a vida eterna, que temos em união com Cristo Jesus, o nosso Senhor (Romanos 6.23 – NTLH).

3. ARREPENDENDO-SE DOS PECADOS
V. 30 – “hão de se arrepender”
Na parábola do filho pródigo registrada em Lucas 15.11-32, o filho mais novo caiu em si e reconheceu os seus erros.
Há uma diferença entre arrependimento e remorso, que é uma grande tristeza provocada por algum erro cometido. O arrependimento, entretanto, vai além da tristeza. Significa mudança de mente, mudança de atitude em relação ao pecado.
A pessoa arrependida, ao reconhecer seus pecados, procura abandoná-lo: “O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia”(Provérbios 28.13 - ARA).
Confira Lucas 18.9-14

4. CRENDO EM JESUS
V. 31 – “tão pouco acreditarão”
Quantas pessoas estão a espera de algum sinal miraculoso, de algo extraordinário para que venham a crer em Jesus como seu Salvador pessoal.
Nenhum sinal pode ser mais tremendo e extraordinário do que o próprio Filho de Deus sendo crucificado na cruz para providenciar salvação de todo aquele que nele crê. Esse é o sinal do amor e da graça de Deus.
“Pois pela graça de Deus vocês são salvos por meio da fé. Isso não vem de vocês, mas é um presente dado por Deus. A salvação não é o resultado dos esforços de vocês; portanto, ninguém pode se orgulhar de tê-la” (Efésios 2.8-9 – NTLH).
Conclusão
A morte é uma realidade da qual ninguém pode fugir. Matusalém viveu 969 anos, mas morreu.
É preciso que você esteja preparado para enfrentar essa realidade. É possível que você já tenha se preparado para muitas coisas na vida, mas não tenha ainda se preparado para o seu encontro com Deus.
“E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo” (Hebreus 9.27 - ARA).
A melhor maneira de garantir o seu futuro é vivendo o presente com Jesus. É colocando a sua vida nas mãos de Jesus hoje.
Confira a história do rico insensato em Lucas 12.15-21.
Lázaro era pobre, mas possuía uma herança maior do que qualquer outra coisa neste mundo: a salvação da sua vida.
Você quer ir para o céu? O inferno não foi preparado para o homem, mas para o diabo e seus anjos (Mateus 25.41).
Jesus é o único caminho para o céu. Comece a sua preparação para a eternidade, colocando hoje a sua vida em Suas mãos!
“Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas [...] que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, amando o SENHOR, teu Deus, dando ouvidos à sua voz e apegando-te a ele; pois disto depende a tua vida e a tua longevidade; para que habites na terra que o SENHOR, sob juramento, prometeu dar a teus pais, Abraão, Isaque e Jacó” (Deuteronômio 30.19-20 - ARA).


Nenhum comentário:

Postagem em destaque