segunda-feira, 10 de março de 2014

CINCO ATITUDES DE UM VENCEDOR. EXISTEM AINDA MUITO MAIS!


Por:  Moises Sampaio
Jó 1:13-22
Jó 1:20 Então Jó se levantou, e rasgou o seu manto, e rapou a sua cabeça, e se lançou em terra, e adorou.
(Romanos 8:37) - Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.
Introdução
Objetivo: Salientar a necessidade de louvar a Deus em qualquer circunstância da vida.
Sl 56.3 - Em qualquer tempo em que eu temer, confiarei em ti.
Jô era o maior do oriente, mas em um dia veio a ser o menor.
Jô apesar de abençoado passou por quadro grandes dificuldades em um único dia:
1.O gado (500 juntas de boi) e jumentas (500) foram roubados pelos sabeus (Árabes vindo do sul) - Representa o sustento da casa de Jó, as finanças.
2.As ovelhas (7000) foram queimadas por raios (Vindos de cima e do oeste, da direção do mar) - Além de somar-se à agricultura e ao gado como sustento financeiro, as ovelhas serviam para sustento espiritual, pois com elas Jô oferecia holocausto, adorava a Deus.
3.Os camelos (3000) foram roubados pelos caldeus (bandidos que vinham da região da Mesopotâmia, ao norte)- Os camelos servião para o transporte de mercadorias e da produção agrícola, representa a mobilidade e as possibilidades de Jó encontrar uma saída para sua vida em maio à crise.
4.Os 10 filhos foram mortos por um tufão vindo do deserto (o deserto da Arábia ficava ao leste) - A intenção era dar um golpe fatal no coração do patriarca.
Características do ataque de satanás contra Jó.
1. Foi em um único dia, o ataque era fulminante.
2. Foi imediatamente surpreendente, pegou Jó despreparado.
3. Foi no sentido horário (sul, oeste, norte, leste), mas contrário a tudo quanto Jó poderia compreende.
4. Atacou as principais colunas de sustentação da vida de Jó. (Finanças/sustento, segurança, a capacidade criativa para se erguer, a esfera espiritual e familiar)
5. Satanás agiu através do mal natural (elementos da natureza) e do mal moral (os bandidos).
6. Pela natureza do ataque, percebe-se que se tratava de um acontecimento sobrenatural.
Qual será a nossa reação em meio às crises e ataques do inimigo de nossas almas? Vamos nos desesperar e agir como homens sem Deus, ou vamos mostrar que somos forjados de uma liga espiritual nas fornalhas do Espírito Santo?
AS 5 ATITUDES DE JÓ ANTE A CRISE
1. LEVANTOU-SE - Jó tomou uma atitude, não ficou parado
Será compreensível se um homem natural, ao passar por tamanha adversidade, resolver desistir de viver, passar a ser dominado pela depressão, medo, sentimento de fracasso ou dor interminável. Mas o crente deixou de ser natural no momento em que entregou sua vida a Cristo, ele é espiritual. A reação do natural nós conhecemos muito bem, mas e do espiritual qual deve ser?
Jó nos ensina que não devemos deixar que a tristeza amarre nossa vida e congele nosso coração. Devemos nos levantar e agir. Levantar significa se colocar em um plano mais elevado, erguer-se, pôr-se em pé, sair de uma posição e ir para outra em um plano mais alto. Ficar no ostraismo, sem perspectiva de vida não é a solução.
É exatamente isso que devemos fazer em meio às lutas da vida, agir, tomar uma atitude, mudar de posição, levantar-se. Não deixar que a tristeza deteriore nossa vida, que a amargura coloque suas garras sobre nossos lombos e nos leve para o banquete da autopiedade e auto comiseração.
Eu sei que sua situação trás com ela muita dor, o pranto molha teu rosto, mas levante-se! Resolva viver, o sol ainda está nascendo e brilhando lá fora, os pássaros ainda tem um belo cantar, a alegria ainda está à sua disposição. Jó se levantou para cair aos pés do Salvador, faça o mesmo.

2. RASGOU O SEU MANTO - Destituiu-se de tudo quanto confiava nesta vida.
O manto era um dos elementos que compunha o vestuário do israelita. Ele vinha por sobre a roupa, como uma especie de coberta, que durante o dia ficava em volta do pescoço e durante as noites geladas servia de cobertura e proteção. Em uma dívida, tal peça poderia ser empenhada, mas teria que ser devolvido ao cair do sol (Dt 24:13). Entendia-se que se tratava de um utensílio essencial para a sobrevivência do cidadão. Bartimeu tinha uma capa, que além de proteger, lhe conferia autorização para esmolar à porta da cidade. O próprio Jesus tinha um manto que foi arrebatado em uma jogatina durante sua crucificação.
Porém Jó o rasgou, sua tristeza era grande, sua imediata pobreza extrema, ele ia precisar da proteção de sua capa para as longas noites de solidão e frieza. Mas mostrando-se quebrantado, rejeita a única possibilidade de refúgio e abrigo da gélida noite de prova. Ele resolve romper com todo elemento que poderia tirar sua confiança e segurança do Criador.
No momento da prova, muitas vezes tentamos nos agarra a mantos e supostos salvadores da pátria na tentativa de sobrevivermos:; o gerente do banco, o especialista sobre o assunto, o “expert” nos feitiços e enganos, ou nas nossas habilidades. Procuramos aquilo que achamos que será a cobertura de proteção quando as paredes ruírem pelo vento da dificuldade.
Faça como Jó, rasgue o manto, rompa com tudo que você acredita, na esfera humana, que será o seu socorro. Prepare-se para reivindicar, na esfera sobrenatural, a ação daquele que verdadeiramente poderá ajudá-lo, Deus. Pare tudo quanto você está planejando e recorra agora ao Senhor.

3. RASPOU SUA CABEÇA - Destituiu-se de toda glória, exaltação e orgulho humanos e renovou sua aliança com Deus.
Os cabelos eram, juntamente com a barba, motivo de grande honra para um homem nos dias de Jó, um homem destituído de cabelos não era muito honrado e, por vezes, era zombado.
Os cabelos eram tidos com símbolo de honraria e compromisso (voto) com Deus, cortá-los ou raspá-los era sinal que o voto, no caso do nazireado, tinha se acabado ou que o homem se encontrava em grande tristeza a ponto de não julgar digno de ter, em si, um elemento de glória e honra. Paulo, ao descer para Jerusalém, raspa sua cabeça em demonstração de voto, compromisso, aliança com Deus para suportar as dificuldades que lhe aguardavam.
Jô raspou seu cabelo, tirou por completo todo e qualquer elemento que pudesse denotar honraria e gloria pessoal. Tirou a glória pessoal para renovar seu pacto e aliança com Deus. Não procurou se alcançar com quem não podia ajudá-lo, mas sim com aquele que era Grande e Poderoso para não largar sua mão quando a fraqueza dominasse seu ser.
Renove sua aliança com Deus, mais ainda quando a luta estiver às portas. Dê a mão para aquele que poderá te sustentar quando a gloria e honra pessoais, força e esperança quiserem abandonar o teu barco. Não confie nos teus títulos, nome, autoridade e beleza, confie no Senhor.
Conta-se de uma mulher que levou sua vida toda sem acreditar na existência de Deus e que no fim de seus dias, fora acometida de um câncer que a fez sofrer por 6 anos. No final da vida, ao ser convidada a entregar sua vida a Deus, retrucou asperamente que obteria seu socorro através da capacidade de bons médicos e de sua própria vontade de viver, não precisava de Deus algum. Muitas vezes nos encontramos assim: confiantes em nossos pensamentos e habilidades humanas, rejeitamos o estender da misericordiosa mão de Deus. A bíblia diz: (MT 23:12) - E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.Escrevendo aos gálatas Paulo assevera: Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará (GL 6:7).
Não proceda como tal mulher, confie na gloria e poder Daquele que pode mudar sua vida, reverter sua situação, mudar sua história, se preciso for, volta até o relógio. Ele, Jesus, pode mudar sua vida. Escrevendo estas linhas, sinto a presença do Espírito Santo.

4. LANÇOU-SE EM TERRA - Humilhou-se até o limite, no pó. As cinzas cobriam seu resto.
(TG 4:10) - Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará. Jó foi para as cinzas, para o pó.
Ainda era pouco para Jó o que fizera até agora. Ele procura o lixão da cidade, lugar de podridão, fedentina, contaminação, lugar onde as pessoas não querem estar, lugar de desprezo e dor. Lançar-se na terra era uma sinal de extrema dor e humilhação, Jó jogou terra e cinzas sobre sua cabeça, seu rosto ficou negro pela fuligem do sofrimento. Ficou desfigurado, não parecendo um homem normal, mas um louco. As sabedoria do homem é loucura para Deus, a loucura de Deus é sabedoria para o homem (1Co 1:25).
Quando o crente se lança em terra, a dor é grande, mas o sentimento de insignificância é maior, se sente um " NADA", chega ao limite de uma luta, à lona, o chão, o fundo do poço. O limite, muitas vezes é sujo, frio e degradante, à semelhança das cinzas, mas significa que o homem está disposto a desaparecer para ser tomado pelo Seu Senhor. A palavra diz: (SL 34:18) - Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito.
Jó sabia que um coração quebrantado move o coração de Deus e o atrai para perto de si. Toda atitude, até qui, era um sacrifício pessoal “(SL 51:17) - Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus”.
Jó não passaria desapercebido por Deus, Deus não deixou de atentar para as atitudes do seu servo fiel. Ele não vai deixar de olhar para você. Creia nisso! Torne sua dor um altar de sacrifício ao Senhor de toda terra. Transforme esse seu momento em uma ADORAÇÃO. Glória, glória, glória ao santo nome do Senhor!
Jó segurou Deus perto de si. Segure Deus também, lhe dê a mão que jamais a largará.

5. ADOROU - Mesmo em meio à prova, Jó adorou.
O diabo tinha lhe tirado todos os elementos necessários para uma perfeita adoração, Jó só ficou com as cinzas do que outrora era sua vida, mas mesmo nas cinzas, ADOROU.
O inimigo não contava com essa atitude, ele disse:" (Jó 1:11) - Mas estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema contra ti na tua face".
Jó foi tocado pelo próprio maligno. O inimigo desenhou o fim de Jó e tem desenhado também o teu fim. Mas ele está enganado.
Quando ele pensa que Jó vai maldizer a Deus, se desviar e acabar com sua vida de miséria, Jó começa a adorar. Existem momentos de dores, em nossas vidas, em que as palavras nos faltam, nossa garganta fica embargada, nossos pensamento não conseguem se expressar, nossa boca não se abre, mas nossos olhos sim.
As lágrimas começam a rolar no rosto. As lágrimas são uma prova de que o homem chegou ao seu limite. As lágrimas lavavam o rosto de Jó, ele levanta seu olhar e apresenta sua face diante de Deus. Qual pai resiste a face triste e coberta de lágrimas de um filho? Deus também não resiste.
O Espírito entra em ação, afinal seu nome é ajudador, consolador. As lágrimas começam a abrir caminho em meio às trevas para a verbalização das palavras, não segundo o pensamento humano, mas segundo o pensamento divino. As palavras se formam na mente, o corpo enrigesse, os braços se levantam, os punhos se fecham, Jó olha para Deus. Satanás está na espectativa de uma vitória esmagadora sobre Deus e sobre o pobre Jó. Jó verbaliza: "Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o SENHOR o deu, e o SENHOR o tomou: BENDITO seja o nome do SENHOR." (Jó 1:21). Deus aprova a oferta de cinza de Jó. Aleluia, receba meu irmão a tua vitória, louva a Deus em meio ao teu sofrimento, em meio às cinzas a que se resumiu sua vida, Deus recebe tua adoração. Parece que vejo, Satanás sair como um cão medroso e humilhado, com orelhas murchas e o rabo entre as pernas, olhando para a vitória de Jó e para a tua vitória.
Conclusão
O testemunho acerca de Jó foi - (Jó 1:22) - Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma. No lugar do nome de Jó, coloque o seu. Você é um vencedor, Deus te fez para vencer.
(Romanos 8:37) - Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.
O tempo da prova vai passar e o tempo da restituição virá. Espere pelo Senhor, aproveite a prova para reforçar sua aliança com Deus e adorar em meio a dor. A vitória virá do Senhor no momento oportuno, adore em todo tempo. Deus te abençoe.
Marcelo Nascimento - Mostra a Tua Força
Basta, o tempo de sofrer já terminou
Siga em frente, é a resposta de Deus hoje pra você
Pois aquele que pensou que tudo ia dar errado pra você
Perdeu mais uma vez
Está envergonhado, pois a vitória é tua
Em nome de Jesus
Pois o Deus que entregou a resposta a Daniel
Quando estava preso, na cova dos leões
É o mesmo Deus que está hoje aqui
Pra te dar vitória
Em nome do Jesus
Vai, e mostra a tua força
Vai, levante a cabeça
Vai, não tema o inimigo
Vai, Jesus está contigo
Vai, porque a vitória é tua
Vai, vencendo as barreiras
Vai, ninguém pode impedir
Vai, porque Deus te escolheu para vencer

Nenhum comentário:

Postagem em destaque