quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Esse é um incentivo, a você ler mais a Bíblia, para entender melhor, suas duvidas. Amém

 Jesus Cristo: A Verdadeira História

(YHWH) do Velho Testamento.
Quando Jesus foi preso, o Seu uso do mesmo termo teve um efeito
electrificante nos que o prendiam. “Quando, pois, lhes disse: ‘Sou eu’,
recuaram, e caíram por terra” (João 18:6). De notar que os tradutores
no seu esforço em tornar a resposta de Jesus mais compreensiva
e gramaticalmente correcta, obscurecem o facto de que Ele mais
provavelmente reclamou outra vez ser o “EU SOU” das Escrituras do
Velho Testamento.

“Eu e Meu Pai somos um”

Os Judeus confrontaram Jesus numa outra ocasião, perguntando-Lhe:
“Até quando terás a nossa alma suspensa? Se tu és o Cristo [o Messias
profetizado], dize-no-lo abertamente” (João 10:24). A resposta de Jesus é
bastante reveladora: “Já vo-lo tenho dito, e não o credes” (versículo 25).
Ele, com efeito, já tinha confirmado a Sua identidade divina numa prévia
ocasião (João 5:17-18).
Jesus diz ainda: “As obras que eu faço, em nome de meu Pai, essas
testificam de mim” (João 10:25). As obras que Ele fizera foram milagres
que só Deus poderia fazer. Eles não podiam refutar as miraculosas obras
que Jesus fez.
Em Isaías 42:8 este mesmo Ser diz: “Eu sou o Senhor [YHWH]; este é o
meu nome; a minha glória, pois, a outrém não darei, nem o meu louvor às
imagens de escultura.” Dois capítulos à frente diz: “Assim diz o Senhor
[YHWH], Rei de Israel, e seu Redentor, o Senhor dos Exércitos: Eu sou
o Primeiro, e eu sou o Último, e fora de Mim não há Deus” (Isaías 44:6).
Para os Judeus não havia dúvida sobre Quem Jesus dizia ser. Ele disse
que Ele era Aquele que a nação de Israel tinha por ser o verdadeiro Deus.
Jesus ao dizer que era o “EU SOU,” estava dizendo que era o Deus a quem
os Hebreus conheciam por YHWH. Este nome era considerado tão santo
que um Judeu devoto nem o pronunciaria. Este era um nome especial de
Deus, que pode só fazer refência ao verdadeiro Deus.
O Dr. Norman Geisler, no seu livro Christian Apologetics (Apologias
Cristãs), conclui: “Em virtude do facto de que Jeová, do Velho Testamento
Judaico, não daria o seu nome, honra, ou glória a alguém, não é de
admirar que as palavras e feitos de Jesus de Nazaré levassem os Judeus
do primeiro século a atirarem pedras e a gritarem: “blasfémia!” O que o
Jeová do Velho Testamento dizia ser, o próprio Jesus de Nazaré também o
dizia . . .” (2002, pg. 331).

Jesus identificado com YHWH

O Dr. Geisler continua a referir algumas passagens em que Jesus
se iguala a Si mesmo com o YHWH do Velho Testamento. Vejamos
algumas delas.
Jesus disse de Si mesmo: “Eu sou o bom Pastor” (João 10:11).
David, no primeiro versículo do famoso Salmo 23, declarou:
“O Senhor [YHWH] é o meu pastor...” Jesus invocou ser juiz
de todos os homens e nações (João 5:22, 27). Contudo Joel 3:12
diz: “eu, o Deus Eterno [YHWH], vou julgar todas as nações vizinhas”
(BLH).
Jesus disse: “Eu sou a luz do mundo” (João 8:12). Isaías 60:19
diz: “. . . o Senhor será a tua luz perpétua, e o teu Deus a tua glória.”
Também David em Salmos 27:1 diz: “O Senhor (YHWH) é a
minha luz . . .”
Em oração Jesus pediu ao Pai para compartilhar da Sua eterna glória:
“E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que
tinha contigo antes que o mundo existisse” (João 17:5). Porém Isaías 42:8
diz: “Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrém
não darei . . .”
Jesus falou d’Ele próprio como o noivo vindouro (Mateus 25:1), o
que é exactamente como YHWH é caracterizado em Isaías 62:5 e em
Oseias 2:16.
Em Apocalipse 1:17 Jesus diz que Ele é o primeiro e o último, o que é
idêntico ao que YHWH diz d’Ele mesmo em Isaías 44:6: “Eu sou o Primeiro,
e eu sou o Último.”
Não há dúvida de que Jesus entendeu ser Ele próprio o Senhor,

Jesus Cristo:‘A Rocha’ do Antigo Testamento

O apóstolo Paulo afirma que
o Deus que os Israelitas
conheciam do Velho Testamento―
aquele a quem eles viam
como a sua ‘Rocha’ da força
(ver Deuteronómio 32:4; Salmos
18:2)―era aquele que nós
conhecemos por Jesus Cristo.
Notemos o que Paulo escreveu
em 1 Coríntios 10:1-4:
“...os nossos antepassados....
foram protegidos pela nuvem e
passaram pelo mar Vermelho.
Como seguidores de Moisés,
eles foram batizados na nuvem
e no mar. Todos comeram da
mesma comida espiritual e beberam
da mesma bebida espiritual.
Pois bebiam daquela Rocha espiritual
que ia com eles; e a Rocha
era Cristo” (BLH).
Jesus foi quem falou com
Moisés e lhe disse para voltar
para o Egipto para trazer os
Israelitas para a liberdade. Jesus
Era o Senhor (YHWH) que fez
com que as pragas viessem
sobre o Egipto. Ele foi o Deus
que conduziu os Israelitas para
fora do Egipto nas viagens (no
deserto) durante 40 anos. Foi
Ele quem deu as leis a Moisés
e quem falou regularmente a
Moisés. Ele foi o Senhor que
lidou com Israel ao longo da sua
história nacional.
Sim, por muito espantoso que
isso pareça, Jesus Cristo é o
Senhor (YHWH) tantas vezes
referido no Velho Testamento.


Nenhum comentário:

Postagem em destaque