quinta-feira, 23 de julho de 2015

Quer saber sobre uma verdadeira, marcha para o SENHOR? só na Bíblia....

A Marcha de Jericó.

vou falar hoje à noite a respeito de uma marcha muito famosa. A marcha ao redor de Jericó e quando as paredes, as muralhas, caíram. Eu acho que nós vamos ser capazes de aprender muito com esta marcha. Pois esta é uma hora de expectativa, que o seu coração entre com fé e tenha fé que o Senhor deseja vir ao encontro da sua vida, pois certamente Ele vos ama mais do que podeis reconhecer e ao abrir os seus corações serão cheios da verdadeira presença de Deus. E não tem o Senhor dito: “Perguntai a respeito dos vossos filhos e Eu os acometerei para as obras de minhas mãos”. Não deixe que nenhum obstáculo possa impedi-los. Ele tem chamado filhos para a glória e Ele está liberando Sua glória através dos filhos. Quando nós marchamos, buscando a glória do Senhor, esta glória se reflete em nós e nós seremos assim transformados de glória em glória à imagem do Senhor (2 Coríntios 3:18). Ele quer que caminhemos nessa fé, na fé que Josué exerceu com aqueles sacerdotes para a derrubada das muralhas de Jericó. Ele quer que andemos nessa fé, para que caiam todas as muralhas, todos os obstáculos e a Sua glória cubra Seus filhos sobre a terra. Amém! Agora eu acho que estamos prontos para a mensagem. Os filhos de Israel haviam vagado pelo deserto por aproximadamente 40 anos. E a hora havia chegado para eles entrarem na terra de Canaã. E eles estavam para atravessar o rio Jordão, onde o Senhor afastou as águas num poder miraculoso. Então eles ficaram ali observando a cidade de Jericó. Era uma cidade com muralhas ao redor e eles eram um povo que havia vagado pelo deserto e não sabiam nada a respeito de guerras. Mas eles haviam determinado que iriam seguir em frente, dentro da vontade do Senhor. Vamos ler o sexto capítulo de Josué. Vamos ler alguns versículos de cada vez, porque o segredo de Jericó é o nosso segredo também. Quando Deus deu a eles uma vitória, Ele nos mostrou como nós poderíamos ter a vitória. E nós precisamos saber da vitória que Deus tem para nós. Nós vamos aprender muito, somente ao ouvirmos esta história da marcha de Jericó. Vamos ler os primeiros 5 versículos: “Ora, Jericó estava rigorosamente fechada, por causa dos filhos de Israel. Ninguém saía nem entrava. Então disse o Senhor a Josué: Olha, entreguei na tua mão a Jericó, ao seu rei e aos seus valentes. Vós, todos os homens de guerra, rodeareis a cidade, cercandoa uma vez. Assim fareis por seis dias. Sete sacerdotes levarão sete trombetas de chifres de carneiros diante da arca. No sétimo dia rodeareis a cidade sete vezes, e os sacerdotes tocarão as trombetas. Tocando-se longamente as trombetas, e ouvindo vós o sonido dela, todo o povo dará um grande brado; então o muro da cidade cairá abaixo, e o povo subirá nele, cada qual em frente de si”. (Josué 6:1-5). A eles foi dito exatamente o que iria acontecer e Deus havia dito a Josué, no versículo 2: “olha, entreguei na tua mão a Jericó”. Quando eles olharam a cidade de Jericó, ela ainda não estava nas mãos deles, mas Deus havia dito que estava. Ele disse: “Olha, entreguei-a nas tuas mãos”. E é isso que o Senhor faz para nós. Ele diz assim: “Eu tenho te dado a vitória”. Nós olhamos para nossas vidas e não vemos a vitória ainda, isso significa que nós temos que apropriar. Você sabe o que nós queremos dizer quando dizemos APROPRIAR? Quando o Senhor diz que algo é nosso nós entramos e tomamos posse. Amém! Deus diz: Eu tenho te dado tudo nas tuas mãos, ao seu rei e aos seus guerreiros valentes, é isso que vocês vão fazer. Vocês vão marchar ao redor da cidade. E vocês vão A Marcha de Jericó 2 marchar ao redor dessa cidade uma vez cada dia durante seis dias, e no sétimo dia vão marchar sete vezes ao redor. Agora isto iria ser uma coisa muito interessante. Eles iriam dar a volta na cidade e alguém olha para eles e olha para a parede e diz assim: “Não está nem rachando ainda. Eu acho que não vai adiantar nada essa caminhada, nós demos a volta na cidade e não vimos nada acontecer. Os portais ainda estão fortes e as muralhas ainda estão altas, mas amanhã nós vamos dar a volta de novo”. Então, eles dão a volta no segundo dia, com vitória nos seus corações. E eles olham e observam bem as paredes e ainda, assim mesmo, não há nem um rachadinho na parede, não parece que esta caminhada está trazendo efeito nenhum e todos os dias, durante seis dias. Eles fizeram isto e aparentemente não estará fazendo nada, mas Deus sempre testa a sua fé em fazer com que você obedeça à voz Dele. E este é o primeiro passo se você vai se apropriar de uma grande bênção. Faça o que você deve fazer. Venha à igreja e adore a Deus. E se existe uma reunião em que você adora a Deus e nada acontece, volte no dia seguinte e adore a Deus de novo. Em uma dessas noites as paredes, os muros, vão cair e a vitória do Senhor vai ser sua. Você deve ser obediente. No Novo Testamento diz que a coisa que nos vale é a fé que opera através do amor (Gálatas 5:6). Então, eles tinham muita fé e começaram. No sétimo dia eles vieram para marchar sete vezes ao redor. Eu creio que esta história é simbólica. Eu creio que seis dias representam seis mil anos. E quando chegou o sétimo dia eles tinham que marchar sete vezes mais. Eu creio que este é o exemplo daquilo que nós precisamos fazer hoje. A Bíblia grava mais ou menos seis mil anos de história humana: aproximadamente quatro mil anos no Antigo Testamento e dois mil anos desde o tempo de Jesus. E nós já estamos prontos para o sétimo dia (sétimo milênio). Nós deveríamos marchar sete vezes mais do que os outros já marcharam. Nós devemos orar sete vezes mais. Nós devemos ter fé para que sete vezes mais coisas aconteçam hoje. Nós devemos caminhar com verdadeira fé. Os sacerdotes tinham as suas trombetas prontas para soprar e eu creio que o povo estava cantando. E os cananeus, o povo lá nas paredes do muro de Jericó, estavam olhando para baixo. Eles não eram capazes de entender porque aquele povo estava marchando; eles estavam marchando mais ou menos um “samba de Jericó”, ao redor da cidade, vez após vez. Eles estavam crendo em Deus. Eles sabiam que aquelas muralhas iriam cair. Eu estou aceitando isto no meu coração hoje à noite e toda semana estou pregando para mim mesmo e vocês têm recebido as migalhas. Mas eu creio que existem muralhas que estão caindo, as muralhas de limitações, coisas que têm nos impedido de recebermos o melhor que Deus tem para nos dar. Dia após dia o Senhor tem falado ao meu coração. Deus vai nos dar esta cidade. Deus vai se mover sobre este país. Nós estamos prontos para ver as mudanças ocorrerem aqui no Brasil. Vejam só no seu meio os homens, profetas e profetisas, que estão sendo levantados. E o povo está esperando que algo aconteça. Eles estão tendo fé e crendo que vão deixar as suas limitações para trás, e as muralhas vão cair, e o povo de Deus vai entrar em coisas novas, em nome do Senhor. Vamos ver agora o versículo 7. Notem que quando eles começaram a marchar: “E ordenou ao povo: Passai, e rodeai a cidade, e quem estiver armado, passe adiante da arca do Senhor.” Eles vieram para carregar a arca do Senhor. Vocês sabem alguma coisa a respeito da arca do Senhor? Vocês sabem a aparência que tinha? Era uma caixinha com menos de um metro quadrado, e tinha anjos com as suas asas por cima, tocando uma à outra. Tinha anéis dos lados desta caixa e eles passavam as asas por aqueles anéis. E os sacerdotes punham aquilo sobre os seus ombros e carregavam aquilo. Existe algo muito importante a respeito daquela arca. Aquela arca era chamada a arca da aliança, porque a aliança que Deus havia feito com o povo estava selada dentro daquela caixa. E a glória do Senhor estava ao redor daquela caixa. Era uma coisa perigosa tocar nela. Era por esta razão que eles a carregavam com varas. Mais tarde um homem de nome Uzá tocou a arca e morreu (2 Samuel 16:3-7). Porque aquela arca representava a glória e a presença do Senhor. Eles vão marchar ao redor de Jericó, mas em primeiro lugar vai a arca da aliança e eles vão vir atrás cantando, crendo e tendo fé em Deus. Em outras palavras, eles iam levar a presença e a glória do Senhor em primeiro lugar. Eles não iam vir de encontro com o inimigo na sua própria força. E a primeira coisa que o inimigo tinha que enfrentar era a presença de Deus. A Marcha de Jericó 3 E aqui está um grande segredo, nós vamos entrar na batalha, mas vai ser o Senhor que vai à nossa frente, e o Senhor vai nos dar a vitória. Nós somente vamos juntos para ser aqueles que vão gritar. O Senhor vai ganhar a vitória e nós vamos nos apossar do que sobrar. Em 1 Coríntios 15:57 nós vemos estas palavras: “Graças sejam dadas ao Senhor que nos dá a vitória, através do Senhor Jesus Cristo”. É Ele quem nos dá a vitória. Eu estou contente porque não preciso lutar contra o diabo e vencê-lo. Como é que eu sou capaz de vencer o diabo? Pelo sangue do Cordeiro. Eu não faço isso pela minha própria força, mas sim pela minha palavra do testemunho e pelo sangue do Cordeiro (Apocalipse 12:11). Existem pessoas que dizem: “Ah! Eu preciso entrar na batalha e ganhar a batalha sobre o inimigo”. Você não ganha a vitória sozinho, porque Jesus já ganhou a batalha; porque Jesus já ganhou a vitória, e Ele está te estendendo, Ele está te dando a vitória. E o quê que você faz? Você vai crer assim como foi com Jericó. Deus disse: “Vejam que eu tenho dado Jericó em suas mãos”. E Deus está nos dizendo a mesma coisa: Olha, Eu já te dei a vitória, Eu estou te dando toda bênção, Eu estou te dando todas estas promessas (Efésios 1:3; 2 Pedro 1:3, 4). Eu tenho te dado meu nome precioso. Eu tenho derramado meu sangue precioso em seu favor. Na cruz Ele clamou: “Está terminado”. Está terminado. Já foi tudo feito. Deus já tem dado a você. Então, o quê é que nós podemos fazer? Nós começamos a marchar. Nós rodeamos a cidade. Nós olhamos e dizemos: O Senhor tem me dado isto em minhas mãos. Não me importa a aparência, a verdade é o que Deus diz. Não é a aparência externa das coisas, mas o que Deus proclama, esta é a verdade. Mesmo que não pareça que a vitória esteja presente Ele já te deu. Já é sua. Então você começa a sua marcha de fé. Deus vai nos mostrar COMO APROPRIARMOS. Você crê que isto é verdade? Ele vai nos ensinar a apropriar das coisas e eu acho que nós ainda não sabemos bem como fazer isto. Nós somente recebemos uma pequena porção daquilo que Deus tem para nós. Porque nós ainda não aprendemos a fazer aquela marcha de Jericó. Aquela coisa de persistência, dia após dia, nós simplesmente não vamos parar enquanto Deus não nos der a resposta, nós vamos crer. Você deve fazer isto em favor da sua família também. A cada dia tome posse; aproprie eles para Deus. Também faça a mesma coisas com relação a estas outras pessoas que você conhece e que deveriam estar caminhando com Deus. Apropriem as suas vidas todos os dias. Existem muitas pessoas que Deus vai devolver e dar em suas mãos, não quinze ou vinte pessoas, mil e duzentas, mas Deus tem muitos, na vida dos quais Ele vai operar e todos devem juntar a sua fé para libertar aquele povo para o Senhor. Tenham fé. Nós não precisamos lutar na carne, mas nós lutamos no espírito, nós libertamos as coisas, em nome do Senhor e o que nós libertamos na terra será libertado no céu. O que nós amarrarmos na terra será amarrado nos céus (Mateus 16:19). Este versículo tem sido citado, mas nós vamos trazer este versículo à ação. A Palavra de Deus é como dinamite, e o povo olha para a Palavra de Deus e diz: “Ah! Isso é maravilhoso”. Mas nós vamos acender um pavio. Nós vamos fazer com que o poder exploda e venha à luz. Cada promessa está cheia de poder e é como uma bomba atômica. E quando esta bomba explode você então reconhece como é uma coisa tremenda. O povo não está recebendo o poder da Palavra, porque não é o quanto você lê das Escrituras, é o que você crê naquilo que você lê. Um versículozinho, pequenininho, seria capaz de explodir um país. A Palavra de Deus é viva e poderosa, mais afiada do que uma espada de dois gumes e é por esta razão que nós precisamos vir e reconhecer a nossa incredulidade. Nós não podemos estar desencorajados, cheios de dúvidas, nós precisamos unir a nossa fé e marcharmos, então as muralhas vão cair e a vitória vai ser nossa, porque o Senhor nos dá a vitória. Todas as coisas da nossa vida têm que ceder, para que nós tenhamos a vitória de Jesus. Nós vamos ser uma nova criação. Todas as coisas velhas passaram, eis que o Senhor cria todas as coisas novas. Deixe-me falar de mais uma coisa. Até esse ponto nós temos falado em coisas gerais, mas agora nós precisamos compreender e entender que a fé sempre tem um ponto de focalização. Você crê que isso é verdade? E você vai caçar - parece que eles não têm muita caça aqui no Brasil. Nos Estados Unidos, quando eles vão caçar, eles precisam decidir que tipo de arma eles vão usar. Se vocês virem algo que querem atirar e está muito distante, e você está armado com uma cartucheira, com chumbinhos, você dá os tiros e A Marcha de Jericó 4 aqueles chumbinhos espalham e você então não é capaz de atingir o animal. Mas se você tem o rifle com uma lente de aumento, telescópica, você pode estar muito distante, mira cuidadosamente, puxa o gatilho e a munição não espalha, ela vai diretamente no alvo. E é isso que você tem que fazer se você quer resultados. Você tem que mirar cuidadosamente, você precisa crer. A Bíblia diz que o que desejares quando orar, crendo que já recebestes e receberá (Mateus 11:24). Você precisa decidir na coisa pela qual você vai crer. Você tem que ser definido e específico naquilo que você pede. Muitas pessoas me dizem: “Abençoe-me”. Mas precisa ter no seu coração bem definido o tipo de bênção que você precisa. Seja definido naquilo que você está pedindo, mire bem no alvo porque é isso exatamente o que eles fizeram em Jericó. Eles não diziam: “Oh! Senhor dê-nos toda terra de Canaã”. Eles estavam simplesmente marchando ao redor de uma cidadezinha e eles iam ter fé e crer que aquela cidade iria cair. Eles não iriam se preocupar com as outras cidades; eles iam pegar uma cidade de cada vez e eles tinham que ser muito definidos naquilo que iriam fazer. Eles precisavam ter um alvo. Agora, qual é o seu alvo? O que você está pedindo da parte de Deus? Você pode dizer: “Ah! Eu orei, mas eu não estou pedindo em favor de nada específico”. Mas peça. Jesus disse aos discípulos: “Até hoje não tendes pedido nada. Agora peça para que possa ser atendido, para que seu gozo seja completo” (João 16:24). Amém! Você precisa decidir o que vai pedir e depois começar a marchar ao redor. Todos os dias marchar ao redor e olhar e você vai dizer então: “Eu vou me apropriar. Deus vai me dar isso. Eu vou tomar posse, em nome do Senhor, este é o meu alvo e estou mirando toda a minha fé em uma coisa e eu vou ter aquilo. Eu vou ter aquilo. Eu vou ter a resposta”. Este é o caminho da fé. Jesus perguntou a uma pessoa enferma: “O que queres que Eu faça?” (Lucas 18:41). Agora o que é que você quer que Deus faça por você. Você tem uma lista? Tem? Você sabe o que quer? Você está pedindo que Deus abençoe esta igreja? Então ore em favor disso todos os dias. Diga: “Senhor, manda uma bênção tal que não vai haver lugar para acomodar o povo”. Ore em favor das finanças. Ore em favor das pessoas que vão receber as ministrações aqui. Vá atrás disso. Eu estou sentindo isso se mover dentro do meu espírito. Eu quero que a minha fé estenda-se e olhe para o Senhor, para que não haja nem uma sombra de dúvida. Jesus perguntou: “O que queres que Eu faça para ti?” E o homem disse: “Que eu veja”. Ele sabia exatamente o que queria. Vocês se lembram da história do cego de Jericó, quando o cego estava gritando com toda a sua voz: “Jesus, Filho de Davi tenha misericórdia de mim.” (Lucas 18:35-43). E o povo estava dizendo: “Fique quieto, fique quieto, Jesus está pregando, fique quieto, não fale tão alto”, mas ele continuava a gritar: “Jesus, Filho de Davi tem misericórdia de mim”, e Jesus o curou. Sabe por quê? A mesma coisa aconteceu em Jericó, com o povo de Israel. Porque eles sabiam exatamente o que queriam e continuou a marchar ao redor da Jericó até que conseguiram. É assim que nós também fazemos. Nós vamos ter fé, nós vamos marchar ao redor de Jericó, a “marcha do samba”. Nós vamos cantar os louvores do Senhor e as paredes vão cair. Eu acho que você pode decidir a coisa pela qual você vai crer. Hoje nós fomos ver o “Cristo Redentor” aqui no Rio de Janeiro. Todos que vêm ao Brasil precisam visitar o Corcovado. Eu fui tirar uma fotografia, e coloquei a máquina de um jeito que e fotografia saiu com os braços cortados. Eu virei a máquina fotográfica do outro jeito e somente consegui tirar a metade do Cristo. Eu fiquei muito agradecido porque eu tenho um Cristo inteiro dentro de mim. Quando eu estava olhando para aquilo, as nuvens o cobriram e eu disse: estou bem alegre porque Deus é capaz de me ver e nenhuma nuvem está nos separando. De repente eu não podia mais nem ver a face do Cristo Redentor, por causa das nuvens. Eu estou contente e alegre porque o Senhor não é assim. Eu creio que o Senhor está olhando diretamente no meu coração. Ele está pronto para nos dar qualquer coisa. Ele está nos observando a cada minuto. Nós pertencemos a Ele, nós somos Seus filhos, nós somos ovelhas do Seu pastoreio. O gado sobre mil montes é dEle. Todas as coisas pertencem ao Senhor, toda autoridade no céu e na terra (Mateus 28:18). Nós simplesmente precisamos crer que as bênçãos são nossas, se nós simplesmente pudéssemos recebê-las. Nós não devemos ter dúvidas e descrenças em A Marcha de Jericó 5 nossos corações. Eu estou dizendo a verdade, estou crendo em favor de coisas maiores da parte de Deus. Este é o dia em que o Senhor vai fazer isto. E o que nós temos que fazer é simplesmente crer em Deus, focalizar no alvo, dar a volta com fé, apropriar da resposta e ela vai ser nossa. Eu creio nisto! Amém!

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

UM OBREIRO SEM APROVAÇÃO DE DEUS, É COMO UMA OVELHA SEM REBANHO.