quinta-feira, 22 de setembro de 2016

EU SERVI A CRISTO, VIVO PELA SUA ORDEM.



Tire os atavios!
"O cão late quando seu dono é atacado. Eu seria um covarde se visse a verdade divina ser atacada e continuasse calado" ...fui posto para defesa do evangelho. Filipenses 1:17b


Em êxodo capítulo 32 relata que Moisés estava  no monte em contato direto com Deus recebendo os 10 mandamentos e o povo embaixo esperando a volta do seu líder, Moisés. A Bíblia diz que o povo vendo que Moisés tardava em descer do monte acercou-se de Arão e lhe disse: “... faz-nos deuses que vão adiante de nós...” (Êxodo 32:1). Arão cedeu diante da pressão do povo e, das argolas de ouro das orelhas das mulheres foi feito o bezerro (Êxodo 32:2-4). O povo entra na orgia e passou adorar o bezerro de ouro. Moisés, ao descer do monte, aproximou-se do arraial e vendo o bezerro e as danças, lançou as tábuas da lei no bezerro de ouro e o destruiu e depois queimou os pedaços no fogo, misturou o pó e a cinza com água e deu de beber aos filhos de Israel (Êxodo 32:19 e 20). Veja bem, o povo bebeu uma sopa: cinza e pó de ouro misturado com água. Certamente essa bebida causou muita acidez no estômago dos Israelitas. Eu posso imaginar muito deles com azia e náusea. Moisés, assim procedeu porque ele queria deixar claro que o Senhor sente náusea quando alguém se envolve com ídolos, quando alguém está apegado ao supérfluo. O diabo sabia que se o bezerro fosse feito dos atavios das mulheres israelitas facilmente o povo adoraria o bezerro, pois era apegado ao ouro de suas argolas, pulseiras e colares. Hoje, muitos filhos e filhas de Deus estão tão apegados às jóias que não saem de casa sem antes colocarem seus brincos, pulseiras e colares. Deus sente náusea com esse comportamento, pois os atavios foram sinais da apostasia e da idolatria.


Em Êxodo 33:5 Deus manda que Moisés ordene ao povo tirar os atavios: “Porquanto o Senhor tinha dito a Moisés: diz aos filhos de Israel: És povo de dura cerviz; se por um momento eu subir no meio de ti, te consumirei; tira, pois, de ti os atavios, para que eu saiba o que te hei de fazer”.
Observe: Deus disse que só saberia o que fazer com o povo se cada um tirasse os atavios. Se Deus acompanhasse o povo ataviado consumiria a todos. O fruto da mensagem de Deus foi: arranca os atavios! A Bíblia diz que os filhos de Israel tiraram de si os seus atavios, aleluia! “Então os filhos de Israel tiraram de si os seus atavios desde o monte Horebe em diante” (Êxodo 33:6).
Que belo exemplo de consagração!
Que admirável esvaziamento de vaidades pessoais!
Fujam irmãos e irmãs amados, das vaidades das jóias! E observem, atentamente, esta grave advertência: “Como jóia de ouro em focinho de porca, assim é a mulher formosa que se aparta da razão” (Provérbios 11:22).
Observe a declaração do apóstolo Paulo: “Ninguém me moleste, porque eu trago no corpo as marcas de Jesus”. (Gálatas 6:17).

A marca que os crentes devem trazer não é a marca do furo da orelha, nem a marca do colar, nem a marca da pulseira, mas a marca da santidade, do fervor e do Poder de Deus!

Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa vontade;

Uns, na verdade, anunciam a Cristo por contenção, não puramente, julgando acrescentar aflição às minhas prisões.
Mas outros, por amor, sabendo que fui posto para defesa do evangelho.
Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com fingimento ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda.
Porque sei que disto me resultará salvação, pela vossa oração e pelo socorro do Espírito de Jesus Cristo,
Segundo a minha intensa expectação e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a confiança, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte.
Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.
FILIPENSES 1-17





Nenhum comentário:

Postagem em destaque