segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Céu ou Inferno?

A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte II

Levítico 18:22-24
Deus criou HOMEM e MULHER e lhes dotou de órgãos específicos e especialmente destinados à reprodução da espécie, chamados órgãos sexuais ou genitais. "Assim Deus criou o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou. MACHO e FÊMEA os criou" (Gênesis 1:27).
Homem e mulher possuem genitália apropriada à reprodução. Notem que Deus não criou meio termo, não criou um ser humano que em determinado momento pudesse assumir funções híbridas.
Deus não criou um homem com possibilidades sexuais de desempenhar o papel da mulher no ato sexual, e vice-versa. Ocorre que a natureza pecaminosa em função da queda no Éden coloca o homem em rebeldia contra Deus. Pela influência do diabo, o homem continua se rebelando contra o Criador e Sua palavra.
A homossexualidade surgiu em decorrência dessa rebeldia. Se o homem assume postura própria de mulher; se a mulher assume funções próprias do homem no ato sexual, caracteriza-se um comportamento contrário à vontade do Criador.
O homossexualismo é um problema de ordem moral e, principalmente, espiritual.
Portanto, o homossexualismo não é uma doença psicológica, mas uma doença espiritual.
Convém dizer que o diabo deseja destruir o homem, física e espiritualmente, buscando corpos para sentirem prazer.
O diabo faz isso desde o início da criação. Usou o corpo de uma serpente para se manifestar à mulher.
Ele precisou de um corpo.
O diabo precisa de corpos para realizar desejos que não pode experimentar como os prazeres do sexo, os vícios da bebida, do cigarro, da heroína, de todas as drogas.
Eles não podem sentir nada disso se não estiverem utilizando um corpo.
Eu acredito que eles têm uma grande inveja de nós, pois somos a obra prima de Deus.
Por isso os demônios lutam intensamente para se alojarem em corpos e experimentarem os sentimentos de prazer da carne.
Lamentavelmente, demônios possuindo corpos não são tão incomuns como alguns líderes evangélicos gostariam que fosse.
Sem um corpo para possuir, os espíritos imundos vagueiam por lugares áridos até encontrarem repouso.
Os demônios procuram desesperadamente um corpo e, quando saem deste, costumam procurar de volta o mesmo corpo de onde foram expulsos para ver se aquele lugar ainda está vazio.
Jesus assim nos ensinou:
“Quando o valente, bem armado, guarda a sua própria casa, ficam em segurança todos os seus bens. Sobrevindo, porém, um mais valente do que ele, vence- o, tira- lhe a armadura em que confiava e lhe divide os despojos. Quem não é por mim é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha. Quando o espírito imundo sai do homem, anda por lugares áridos, procurando repouso; e, não o achando, diz:
Voltarei para minha casa, donde saí. E, tendo voltado, a encontra varrida e ornamentada. Então, vai e leva consigo outros sete espíritos, piores do que ele, e, entrando, habitam ali; e o último estado daquele homem se torna pior do que o primeiro” (Lc 11.21-26).
Note que os demônios não encontram “repouso” em nenhum lugar, senão em um corpo.
A casa a qual Jesus se refere é o corpo, a casa do espírito.
Veja bem, quando um espírito se aloja em uma pessoa, penetra em seu corpo, não em seu espírito.
A pessoa só consegue se libertar se desejar ser liberta.
Se não tiver fé no poder de Jesus e vontade de ser liberta, ficará muito vulnerável para ser novamente possuída.
Fique sempre atento, pois a próxima vítima poderá estar sentada em sua igreja, tendo anos de membresia!
Existem pessoas endemoninhadas com anos de igreja (chegando, uns, ao extremo de tentarem se ocultar sob máscaras pseudo-pentecostais, como falar em línguas e profetizar, por exemplo).
Satanás é sujo.
Só quem tem em seu corpo o Espírito Santo está protegido
O corpo do Cristão deve ser “possuído” pelo Espírito Santo, e unicamente por ele. Assim
sendo, nosso corpo não é apenas a Casa do Espírito Santo, mas o próprio Santuário:
“Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?”
(1Co 3.16)
Quando os demônios possuem corpos, não se importam com eles, desejando utilizá-los a seu bel-prazer:
Possuem mulheres fazendo-as destruírem seus corpos ao oferecê-los à prostituição ou para possuírem os corpos daqueles que por elas são seduzidos
Possuem pessoas para usarem seus corpos no homossexualismo, afrontando o projeto de Deus.
Possuem jovens para que coloquem drogas dentro de seus corpos que irão destruindo seus neurônios, contaminando seu sangue e estragando seus pulmões pelo simples desejo de sentirem o efeito da droga
Possuem pessoas para deixá-las entrevadas em uma cama, largadas nas calçadas ou presos num manicômio
Possuem pessoas para levarem-nas para o suicídio.
Os espíritos imundos lutam desesperadamente para entrarem em um corpo e, quando estão neles, não querem sair.
Nosso Pai celestial nos fez a sua imagem e semelhança, somos espírito assim como Deus é, porém o Senhor nos deu um corpo para vivermos neste mundo e assim podemos usufruir de alguns benefícios que nem os seus anjos possuem.
Desejam um corpo onde tenham suas vontades satisfeitas.
Quando, porém, a presença de Deus se faz manifesta e em nome de Jesus se lhes é ordenado para que saiam daquele corpo, eles gritam desesperadamente para não sair, ou jogam o corpo possesso no chão, tudo para evitar o inevitável:
“Ö nome de Jesus tem poder para libertar os possessos”.
O que mais a Bíblia afirma sobre homossexualismo?
Concluiremos este assunto na próxima postagem.
Em Cristo!
A seguir: A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte III
Leia também: A relação entre o homossexualismo e os demônios – Parte I
Sobre o Autor:
CLAILTON LUIZ Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!

Nenhum comentário:

Postagem em destaque