terça-feira, 26 de setembro de 2017

Juntos somos mais fortes ūüí™

https://chat.whatsapp.com/9LuI4n5PDoeKLpeA9YBSiN

Grupo do Evangelista Manoel Moura-Bahia\Brasil-Luis Eduardo Magalhães

Nenhum coment√°rio:

Postagem em destaque

“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ningu√©m vem ao Pai, sen√£o por mim.” Poucas palavras na B√≠blia s√£o t√£o claras, mas ao mesmo desobedecidas justamente por pessoas que afirmam ser crist√£s, como a que ensina que a √ļnica possibilidade de chegarmos a Deus √© por meio do Seu filho Jesus Cristo. √önica. E olha que a B√≠blia traz isso na boca do pr√≥prio Jesus. Lembremos o que est√° em Jo√£o 14:6: “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ningu√©m vem ao Pai, se n√£o por mim.” H√° quem leia a passagem, a ache correta, concorde, proclame que faz justamente isso na sua vida por ser crist√£o, mas quando indagado por sua f√© em outros personagens b√≠blicos afirmam que pedem para que estes “intercedam” por ele para chegar a Deus. Sem no√ß√£o do que diz a palavra de Deus, acham que n√£o est√£o desobedecendo e, portanto, n√£o est√£o fazendo nada errado. Ledo engano. Salientando que n√£o se quer aqui atacar ou diminuir a miss√£o dada por Deus a Maria, a m√£e de Jesus, ou a nenhum personagem b√≠blico, a frase citada entre aspas deve ser de longe o maior exemplo de quando uma pessoa diz ser fiel √† palavra de Deus, mas a distorce completamente. Percebam que, ao usar a express√£o “o caminho”, Jesus n√£o deixou o ensinamento de que devemos ter quem interceda por n√≥s. Ele diz claramente que est√° nos dando um presente maravilhoso: pela nossa f√© chegarmos ao Pai pelo √ļnico caminho que √© ele, Jesus. Ponto final. A gram√°tica nos ajuda a entender a frase. Se Jesus tivesse dito “um caminho” e n√£o “o caminho”, a√≠, sim, poder√≠amos ter op√ß√Ķes. Perceba, internauta, que h√° mais de um caminho para se chegar √† praia, ao centro… Mas imagine, por exemplo, um apartamento no 10¬ļ andar com apenas uma porta. Ser√° que esta porta √© o caminho para o elevador ou um caminho? Algu√©m arriscaria pular a janela para chegar ao elevador ou s√≥ restaria uma √ļnica possibilidade: a porta? Para chegarmos a Deus, Jesus √© essa √ļnica porta. Qualquer outro caminho representa o perigo da janela. E note-se que a B√≠blica √© did√°tica. N√£o h√° passagem nenhuma falando em usar outro caminho para se chegar a Deus, exceto Jesus. Os que usam Maria, por exemplo, o fazem por conta pr√≥pria. N√£o tem respaldo b√≠blico. Percebam que isso n√£o sonega, como por ignor√Ęncia teol√≥gica alguns acreditam, o importante papel que Deus reservou a Maria. A B√≠blia, em Jo√£o 1:1, diz que “No princ√≠pio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.” Mais adiante um pouquinho, no mesmo livro, l√™-se: “E o Verbo se fez carne, e habitou entre n√≥s, e vimos a sua gl√≥ria, como a gl√≥ria do unig√™nito do Pai, cheio de gra√ßa e de verdade (Jo√£o 1:14). Ou seja, est√° cristalino que Jesus veio √† terra para cumprir a miss√£o de salvar a humanidade das garras de satan√°s. E no plano de Deus para o verbo se fazer carne era preciso nascer igual a todos n√≥s – inclusive para nos deixar a li√ß√£o que qualquer pessoa de carne e osso que tenha f√© em Deus √© capaz de superar as adversidades impostas pelo inimigo e conseguir a salva√ß√£o. Assim, Deus escolheu Maria. Evidente que pelo m√©rito dela. Deus n√£o escolheria qualquer uma para trazer o Seu filho ao mundo. Mas optou uma mulher tamb√©m de carne e osso como todos n√≥s. A partir do momento em que Jesus come√ßou o seu minist√©rio, era ele e o Pai. S√≥ ele e o Pai. Uma decis√£o de Deus, e que quem tem f√© Nele n√£o discute. Prestem aten√ß√£o a estas palavras de Jesus: “E, faltando vinho, a m√£e de Jesus lhe disse: N√£o t√™m vinho. Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda n√£o √© chegada a minha hora (Jo√£o 2:3-4). Percebam que, para quem n√£o vive a f√© na palavra de Deus, n√£o entende que Jesus √©, de fato, o √ļnico caminho para se chegar a Deus, as palavras soam r√≠spidas – sobretudo dirigidas √† pr√≥pria m√£e. Todavia uma reflex√£o com o aux√≠lio de outras passagens b√≠blicas joga luz no fato de Jesus ter uma miss√£o dada por Deus, e somente Deus poderia colocar no seu cora√ß√£o o que fazer, como fazer e quando fazer. Ali√°s, a pr√≥pria Maria, que nunca disse a ningu√©m que seria um caminho para Deus, ao menos n√£o existe isso na B√≠blia, testemunhou esta alian√ßa Deus x Jesus. “Sua m√£e disse aos serventes: Fazei tudo quanto ele vos disser” (Jo√£o 2:5). Portanto, est√° evidente que tanto Jesus quanto Maria, assim como todos n√≥s, temos miss√Ķes dadas por Deus. Miss√Ķes distintas. A partir do momento em que se pauta a vida na obedi√™ncia √† palavra de Deus, na f√© na B√≠blia, deixando ensinamentos religiosos √† parte (B√≠blia √© b√≠blia. Religi√£o √© religi√£o), entende-se isso e a frase que serve de t√≠tulo para este texto claramente. Mas, como diz Jesus, quem tem ouvidos que ou√ßa. Deus no comando.