sexta-feira, 31 de dezembro de 2021

Partes da vida de Abraão A expressão "filho do homem" ocorre várias vezes na Bíblia para designar a raça humana. Mas "Filho do homem" era também o título que Jesus Cristo mais vezes usou para referir-se a si mesmo. O termo se refere à humanidade de Jesus, mas não só. Usando esse termo Jesus estava se identificando com a figura descrita na profecia de Daniel (Daniel 7:13-14), alguém semelhante a um filho do homem, vindo dos céus, a quem foi dado o domínio eterno. Ao dizer que era o Filho do homem, Jesus estava dizendo que era o Messias. Filho do homem na Bíblia Ele respondeu: "Aquele que semeou a boa semente é o Filho do homem. Mateus 13:37

Falando de Gênesis Bíblia Não será mais cha­mado Abrão; seu nome será Abraão, porque eu o constituí pai de muitas nações. Gênesis 17:5

Ajuda a Próximo conforme Ordem de Deus Mateus 22-34/40 Esses são os dois maiores mandamentos da Bíblia: amar o próximo e amar a Deus! A passagem sobre amar o próximo encontra-se em Mateus 22:34-40. Neste trecho, Jesus foi questionado sobre qual seria o maior mandamento da Lei: "Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?" (Mateus 22:36). Jesus respondeu: "Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento" (Mateus 22:37). Jesus continua e diz outro mandamento: "Ame o seu próximo como a si mesmo" (Mateus 22:39). Jesus resumiu os 10 mandamentos da Lei (Êxodo 20:1-17), em dois grandes mandamentos. Obedecendo esses dois mandamentos do Novo testamento, consequentemente, estará obedecendo os mandamentos do Antigo Testamento. Quando escolhemos amar o próximo na mesma medida que amamos nós mesmos, independentemente se o outro ama ou não, estou cumprindo e obedecendo ao mandamento de Jesus. Não há amor igual ao de Deus! Ele nos amou primeiro, sendo nós ainda pecadores. Apenas o amor do Senhor pode mudar vidas completamente. É este amor incondicional que devemos ter pelo próximo! Amar ao próximo como a ti mesmo na Bíblia Ao ouvirem dizer que Jesus havia deixado os saduceus sem resposta, os fariseus se reuniram. Um deles, perito na lei, o pôs à prova com esta pergunta: "Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?" Respondeu Jesus: " 'Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento'. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: 'Ame o seu próximo como a si mesmo'. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas". Mateus 22:34-40 Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças'. O segundo é este: 'Ame o seu próximo como a si mesmo'. Não existe mandamento maior do que estes". Marcos 12:30-31

Esses são os dois maiores mandamentos da Bíblia: amar o próximo e amar a Deus! A passagem sobre amar o próximo encontra-se em Mateus 22:34-40. Neste trecho, Jesus foi questionado sobre qual seria o maior mandamento da Lei: "Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?" (Mateus 22:36). Jesus respondeu: "Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento" (Mateus 22:37). Jesus continua e diz outro mandamento: "Ame o seu próximo como a si mesmo" (Mateus 22:39). Jesus resumiu os 10 mandamentos da Lei (Êxodo 20:1-17), em dois grandes mandamentos. Obedecendo esses dois mandamentos do Novo testamento, consequentemente, estará obedecendo os mandamentos do Antigo Testamento. Quando escolhemos amar o próximo na mesma medida que amamos nós mesmos, independentemente se o outro ama ou não, estou cumprindo e obedecendo ao mandamento de Jesus. Não há amor igual ao de Deus! Ele nos amou primeiro, sendo nós ainda pecadores. Apenas o amor do Senhor pode mudar vidas completamente. É este amor incondicional que devemos ter pelo próximo! Amar ao próximo como a ti mesmo na Bíblia Ao ouvirem dizer que Jesus havia deixado os saduceus sem resposta, os fariseus se reuniram. Um deles, perito na lei, o pôs à prova com esta pergunta: "Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?" Respondeu Jesus: " 'Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento'. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: 'Ame o seu próximo como a si mesmo'. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas". Mateus 22:34-40 Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças'. O segundo é este: 'Ame o seu próximo como a si mesmo'. Não existe mandamento maior do que estes". Marcos 12:30-31





 

Esses são os dois maiores mandamentos da Bíblia: amar o próximo e amar a Deus! A passagem sobre amar o próximo encontra-se em Mateus 22:34-40. Neste trecho, Jesus foi questionado sobre qual seria o maior mandamento da Lei: "Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?" (Mateus 22:36). Jesus respondeu: "Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento" (Mateus 22:37). Jesus continua e diz outro mandamento: "Ame o seu próximo como a si mesmo" (Mateus 22:39). Jesus resumiu os 10 mandamentos da Lei (Êxodo 20:1-17), em dois grandes mandamentos. Obedecendo esses dois mandamentos do Novo testamento, consequentemente, estará obedecendo os mandamentos do Antigo Testamento. Quando escolhemos amar o próximo na mesma medida que amamos nós mesmos, independentemente se o outro ama ou não, estou cumprindo e obedecendo ao mandamento de Jesus. Não há amor igual ao de Deus! Ele nos amou primeiro, sendo nós ainda pecadores. Apenas o amor do Senhor pode mudar vidas completamente. É este amor incondicional que devemos ter pelo próximo! Amar ao próximo como a ti mesmo na Bíblia Ao ouvirem dizer que Jesus havia deixado os saduceus sem resposta, os fariseus se reuniram. Um deles, perito na lei, o pôs à prova com esta pergunta: "Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?" Respondeu Jesus: " 'Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento'. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: 'Ame o seu próximo como a si mesmo'. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas". Mateus 22:34-40 Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças'. O segundo é este: 'Ame o seu próximo como a si mesmo'. Não existe mandamento maior do que estes". Marcos 12:30-31


 

quinta-feira, 30 de dezembro de 2021

47° Edição do REINO hoje tema Coragem Deuteronômio 31-6 A maior coragem se revela quando a nossa fé está em Deus e sentimos a Sua presença. Porque mesmo que se levante um exército contra nós, sabemos que o nosso Deus é mais forte e nos dará a vitória! Leia estes versículos e chegue mais perto de Deus ainda hoje. Se precisar mais coragem para enfrentar alguma situação difícil, peça e confie no Senhor, e Ele responderá! Coragem na Bíblia Sejam fortes e corajosos. Não tenham medo nem fiquem apavorados por causa delas, pois o Senhor, o seu Deus, vai com vocês; nunca os deixará, nunca os abandonará". Deuteronômio 31:6 Não fui eu que ordenei a você? Seja forte e corajoso! Não se apavore nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar". Josué 1:9 Tudo posso naquele que me fortalece. Filipenses 4:13 Espere no Senhor. Seja forte! Coragem! Espere no Senhor. Salmos 27:14 Não tenha medo, pois eu estou com você, do oriente trarei seus filhos e do ocidente ajuntarei você. Isaías 43:5 E acrescentou: "Seja forte e corajoso! Mãos ao trabalho! Não tenha medo nem desanime, pois Deus, o Senhor, o meu Deus, está com você. Ele não o deixará nem o abandonará até que se termine toda a construção do templo do Senhor. 1 Crônicas 28:20 O Senhor é a minha luz e a minha salvação; de quem terei temor? O Senhor é o meu forte refúgio; de quem terei medo? Salmos 27:1 Mas eu, quando estiver com medo, confiarei em ti. Em Deus, cuja palavra eu louvo, em Deus eu confio e não temerei. Que poderá fazer-me o simples mortal? Salmos 56:3-4 Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa. Isaías 41:10 Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temerem, mas receberam o Espírito que os torna filhos por adoção, por meio do qual clamamos: "Aba, Pai". Romanos 8:15 "Não tenha medo; você não sofrerá vergonha. Não tema o constrangimento; você não será humilhada. Você esquecerá a vergonha de sua juventude e não se lembrará mais da humilhação de sua viuvez. Isaías 54:4

quarta-feira, 29 de dezembro de 2021

46° Edição do REINO hoje tema O que é a justiça de Deus Gênesis 18-25 O Que é a Justiça de Deus? O Significado da Justiça Divina A justiça de Deus é o Seu atributo que significa que Ele é perfeitamente justo. Não há qualquer injustiça em Deus e em seus feitos, pois Ele é plenamente correto e íntegro. O próprio Deus é o padrão final do que é justo e certo, e Ele sempre age de acordo com esse padrão. Justiça é aquilo que está em conformidade com o que é reto; é a qualidade do que está de acordo com o cumprimento da lei. No estudo bíblico-teológico, frequentemente o atributo da justiça de Deus é também chamado de “retidão de Deus”. O ensino bíblico sobre a justiça divina é muito claro, assim como também o é o ensino a respeito dos demais atributos de Deus. Por toda a Bíblia há inúmeras passagens que mostram a indignação divina diante do pecado do homem e a punição da injustiça. Os aspectos da justiça de Deus Muitas vezes os estudiosos falam da justiça de Deus em dois aspectos diferentes, mas diretamente interligados. O primeiro é chamado de “justiça interna”, e diz respeito a quem Deus é. Em seu próprio caráter Deus é absolutamente justo, ou seja, Ele não é justo meramente porque pratica a justiça, mas Ele pratica a justiça porque em si mesmo Ele é justo. Já o segundo aspecto é chamado de “justiça externa”, e diz respeito ao que Deus faz. Por ser justo, Ele só faz o que é reto. Então sendo inteiramente justo, Deus manifesta Sua justiça em Seu governo do mundo, impondo às suas criaturas uma exigência moral de acordo com a retidão da Sua vontade. Relacionado a isso, a teologia também fala da justiça de Deus no sentido distributivo. Deus aplica Sua lei de forma justa e imparcial, recompensando o justo e punindo o injusto. Deus recompensa homens e anjos que andam em retidão. Esse ato de Deus recompensar os obedientes é chamado de “justiça remunerativa”. Mas considerando que ninguém, por seus próprios méritos, é capaz de ser absolutamente justo diante do padrão moral de Deus, a justiça remunerativa é também uma expressão do amor divino (cf. Lucas 17:10; 1 Coríntios 4:7). Como explica Louis Berkhof, as recompensas que Deus concede às Suas criaturas são frutos da Sua graça e resultam de uma relação pactual estabelecida por Ele (Teologia Sistemática, 1949). Por um lado, intrinsecamente o homem não merece a recompensa que recebe de Deus, mas por outro ele é sempre merecedor do castigo que recebe. Então se a justiça remunerativa trata das recompensas para os justos, a justiça retributiva trata da punição aos injustos. Por ser justo, Deus castiga àqueles que andam na transgressão da Sua lei (Romanos 1:32; 12:19; 2 Tessalonicenses 1). A justiça divina exige que o pecado seja punido, pois se não fosse assim, então não haveria justiça. Se a justiça remunerativa expressa o amor divino, a justiça retributiva expressa a ira divina. A justiça de Deus na Bíblia Logo no primeiro livro bíblico vemos a manifestação da justiça de Deus em alguns eventos emblemáticos como na maldição após a Queda (Gênesis 3); no dilúvio (Gênesis 6-9); e na destruição das cidades de Sodoma e Gomorra (Gênesis 18). Ainda no livro de Gênesis encontramos a enfática declaração de Abraão sobre a justiça de Deus. No contexto do derramamento do juízo de Deus sobre Sodoma, Abraão argumenta que jamais Deus trataria de igual forma o justo e o ímpio, pois isso resultaria numa injustiça. Então na sequência ele diz: “Não faria justiça o Juiz de toda a terra?” (Gênesis 18:25). Também no Pentateuco Deus é chamado de justo repetidas vezes, enfatizando o fato de que Ele é fiel, reto e não comete erros (Êxodo 9:27; Deuteronômio 32:4). Essa verdade se estende pelos livros históricos, poéticos e proféticos do Antigo Testamento. Inclusive, no livro de Salmos o ensino bíblico explica que a justiça de Deus é manifestada em toda parte e também é a causa da preservação dos homens e dos animais (Salmo 36:6). Através do profeta Isaías, o próprio Deus fala sobre Sua justiça: “[…] Eu sou o Senhor, que falo a justiça e anuncio coisas retas” (Isaías 45:19). Perfeito em Sua retidão, Deus não precisa dar qualquer satisfação ao homem sobre Sua justiça, e todo questionamento do homem nesse sentido é uma tentativa louca de colocar em dúvida a justiça de Deus (cf. Jó 40:8). No Novo Testamento esse mesmo princípio é mantido, onde fica claro que Deus é o Criador e o homem é a criatura que não tem o direito de questionar os padrões divinos (Romanos 9:14-22). Mas sem dúvida a maior conexão acerca da justiça de Deus no Antigo e no Novo Testamento encontra-se na pessoa de Cristo. No Antigo Testamento Cristo é o Renovo Justo prometido por Deus (cf. Jeremias 23; Zacarias 9:9); Ele é o Juiz anunciado que haveria de julgar não pelo que os olhos vêem, mas pela reta justiça (cf. Isaías 11:3-5). O amor e a justiça de Deus Algumas pessoas pensam que há uma tensão entre o amor e a justiça de Deus. Elas dizem que o atributo da justiça revela um Deus severo e irado que não combina com o atributo do amor que revela um Deus misericordioso e longânimo. Inclusive, muitas dessas pessoas acabam criando para si a imagem de um deus cuja justiça é negligenciada em favor do amor. Mas definitivamente esse não é o Deus da Bíblia. Obviamente não há qualquer incompatibilidade entre a justiça e o amor de Deus. Em primeiro lugar, o castigo divino pelo pecado não é uma arbitrariedade por parte de Deus, mas é uma preservação de Sua justiça. Se Deus deixasse o pecado impune Ele não seria justo, e se Ele não fosse justo Ele também não seria verdadeiramente amoroso, pois que garantia haveria no amor de um ser injusto? Em segundo lugar, Deus não é uma soma de atributos, como se fosse metade justiça e metade amor. Deus é um ser uno; Ele é totalmente amor e totalmente justiça, e seus atributos definem uns aos outros. Dessa forma, Deus é amorosamente justo e justamente amoroso. Então a justiça de Deus é expressa em Seu amor, bem como o amor de Deus é expresso em Sua justiça. Isso fica claro quando olhamos para Cristo. O apóstolo Paulo explica Deus enviou a Cristo “como sacrifício para a propiciação mediante a fé, pelo seu sangue, demonstrando a sua justiça” (Romanos 3:25). Cristo e a justiça divina As pessoas frequentemente olham para Cristo e enxergam apenas o amor de Deus, quando também deveriam enxergar a Sua justiça. Em Cristo vemos que Deus é tão amoroso a ponto de entregar seu próprio Filho para morrer por pecadores; ao mesmo tempo em que vemos que Ele é tão justo a ponto de não poupar nem mesmo o seu próprio Filho que assumiu o lugar dos pecadores. Portanto, como diz H. Bavink em sua Dogmática Reformada, a manifestação da justiça de Deus é simultaneamente a manifestação de Sua graça (cf. Salmo 116:5). Então até mesmo o perdão de pecados é devido à justiça divina (1 João 1:9). Além do mais, pelos méritos de Cristo os redimidos são justificados pela justiça de Deus e colocados numa posição de honra e bem-aventurança na família celestial. Por tudo isso a justiça de Deus jamais deve ser um motivo de descontentamento para os crentes, mas um motivo de conforto e gratidão. Se Deus não fosse justo, não teríamos qualquer base para confiar n’Ele, e não haveria qualquer esperança de que o bem triunfará por toda a eternidade. Mas a boa notícia é que Deus é perfeitamente reto, e todos os seus caminhos são justos (Deuteronômio 32:4). Então louvemos ao Senhor todos os dias por Sua justiça perfeita; e que jamais esqueçamos que a vontade de Deus para nós é que também sejamos justos (Miqueias 6:8).

terça-feira, 28 de dezembro de 2021

45° Edição do REINO hoje tema O Sofrimento Jô 4: O Sofrimento Jó capítulo 4 Ninguém gosta de sofrer. O sofrimento é o resultado do pecado no mundo. Um dia, quando Jesus voltar, todo sofrimento acabará. Nem todo o sofrimento é causado por nosso próprio pecado. Todos passamos por sofrimento que não entendemos. Mas Deus promete nunca nos abandonar. Deus ajuda quem confia nele a superar o sofrimento. Deus tem poder para livrar. A Bíblia avisa que vamos sofrer por seguir Jesus. Mas Deus pode transformar até nosso sofrimento em bênção! Quem se mantém fiel a Deus e não desiste no sofrimento será recompensado na eternidade. Sofrimento na Bíblia Considero que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada. Romanos 8:18 pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles. 2 Coríntios 4:17 Este é o meu consolo no meu sofrimento: A tua promessa dá-me vida. Salmos 119:50 Porque é louvável que, por motivo de sua consciência para com Deus, alguém suporte aflições sofrendo injustamente. Pois que vantagem há em suportar açoites recebidos por terem cometido o mal? Mas, se vocês suportam o sofrimento por terem feito o bem, isso é louvável diante de Deus. Para isso vocês foram chamados, pois também Cristo sofreu no lugar de vocês, deixando exemplo, para que sigam os seus passos. "Ele não cometeu pecado algum, e nenhum engano foi encontrado em sua boca." Quando insultado, não revidava; quando sofria, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga com justiça. Ele mesmo levou em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, a fim de que morrêssemos para os pecados e vivêssemos para a justiça; por suas feridas vocês foram curados. 1 Pedro 2:19-24 Porque, tendo em vista o que ele mesmo sofreu quando tentado, ele é capaz de socorrer aqueles que também estão sendo tentados. Hebreus 2:18 Mas você tem seguido de perto o meu ensino, a minha conduta, o meu propósito, a minha fé, a minha paciência, o meu amor, a minha perseverança, as perseguições e os sofrimentos que enfrentei, coisas que me aconteceram em Antioquia, Icônio e Listra. Quanta perseguição suportei! Mas, de todas essas coisas o Senhor me livrou! 2 Timóteo 3:10-11 Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. Tiago 1:2-3 Resistam-lhe, permanecendo firmes na fé, sabendo que os irmãos que vocês têm em todo o mundo estão passando pelos mesmos sofrimentos. 1 Pedro 5:9 Em Jó 4 vemos que Elifaz, um dos três amigos de Jó, tendo ouvido suas palavras se propõe a aconselhá-lo. A princípio, Elifaz começa falando sobre quem era Jó, e como seu comportamento era uma referência para todos os que o conheciam. Com isso, ele faz três afirmações: 1. Que o bom e inocente não sofre; 2. O sofrimento é para aqueles que vivem no pecado; 3. Jó estava colhendo o fruto de suas ações; É interessante notar, que Elifaz acredita que suas palavras são inspiradas por Deus (v.12-16). Antes de prosseguir, precisamos ter em mente que Elifaz não está de todo errado. Muito sofrimento tem afligido os seres humanos por causa dos seus próprios pecados, mas essa não é uma verdade universal e absoluta. Muitos homens e mulheres que amam a Deus, enfrentam enfermidades, desastres, mortes repentinas e turbulências em suas vidas, sem esperar por aquilo. Outra ponto muito importante a ser considerado é a visão de Deus. Enquanto os seres humanos discutiam as possíveis causas, o Senhor a conhecia perfeitamente. Enquanto os amigos de Jó o acusavam, seu Deus o via como inocente. Mesmo quando não temos resposta, o Senhor tem, e uma hora ou outra, Ele falará conosco. Esboço de Jó 4: 4.1 – 6: As palavras de Elifaz 4.7 – 11: O pensamento de Elifaz 4.12 – 21: “Creio assim…” Jó 4.1 – 6: As palavras de Elifaz 1 Então respondeu Elifaz, de Temã: 2 Se alguém se aventurara dizer-lhe uma palavra, você ficará impaciente? Mas quem pode refrear as palavras? 3 Pense bem! Você ensinou a tantos; fortaleceu mãos fracas. 4 Suas palavras davam firmeza aos que tropeçavam; você fortaleceu joelhos vacilantes. 5 Mas agora que se vê em dificuldade, você desanima; quando você é atingido, fica prostrado. 6 Sua vida piedosa não lhe inspira confiança? E o seu procedimento irrepreensível não lhe dá esperança? Jó 4.7 – 11: O pensamento de Elifaz 7 Reflita agora: Qual foi o inocente que chegou a perecer? Onde os íntegros sofreram destruição? 8 Pelo que tenho observado, quem cultiva o mal e semeia maldade, isso também colherá. 9 Pelo sopro de Deus são destruídos; pelo vento de sua ira eles perecem. 10 Os leões podem rugir e rosnar, mas até os dentes dos leões fortes se quebram. 11 O leão morre por falta de presa, e os filhotes da leoa se dispersam. Jó 4.12 – 21: “Creio assim…” 12 Disseram-me uma palavra em segredo, da qual os meus ouvidos captaram um murmúrio. 13 Em meio a sonhos perturbadores da noite, quando cai sono profundo sobre os homens, 14 temor e tremor se apoderaram de mime fizeram estremecer todos os meus ossos. 15 Um espírito roçou o meu rosto, e os pelos do meu corpo se arrepiaram. 16 Ele parou, mas não pude identificá-lo. Um vulto se pôs diante dos meus olhos, e ouvi uma voz suave, que dizia: 17 “Poderá algum mortal ser mais justo que Deus? Poderá algum homem ser mais puro que o seu Criador? 18 Se Deus não confia em seus servos, se vê erro em seus anjos e os acusa, 19 quanto mais nos que moram em casas de barro, cujos alicerces estão no pó! São mais facilmente esmagados que uma traça! 20 Entre o alvorecer e o crepúsculo são despedaçados; perecem para sempre, sem ao menos serem notados. 21 Não é certo que as cordas de suas tendas são arrancadas, e eles morrem sem sabedoria? ”

segunda-feira, 27 de dezembro de 2021

44° Edição do REINO hoje tema Polícia na Luz da Bíblia 1-Pedro 2/17 O dever dos líderes políticos é defender a justiça e o bem, ajudando os mais necessitados, mantendo a ordem e punindo o crime. Quando os políticos temem a Deus e fazem o que é correto, a nação é abençoada. No entanto, muitos políticos (e muitas nações) não temem a Deus. A Bíblia diz que o pecado traz instabilidade política e leva ao castigo. Governantes injustos um dia terão de enfrentar a justiça de Deus e a nação que se entrega ao pecado receberá o que merece. Mas quando um povo se volta para Deus, ele restaura a nação. O cristão tem o dever de obedecer à lei e respeitar os líderes. Também é importante orar pelos políticos, para que tenham sabedoria e não nos causem problemas. Mas sua primeira lealdade é para com Deus. Se é preciso escolher entre obedecer a Deus e obedecer à lei do país, a Lei de Deus é mais importante. Política na Bíblia A política é algo mal interpretada pelos homens, quando eles se acham no direto de parar a vida de alguém com leis mal feitas, mais pior de tudo é o povo não buscar conhecimento e ter sua vida destorcida, e vergonhosa, falta, graça, falta conhecimento, falta respeito e falta coragem para desfazer as obras da carne em suas vidas, e muitos líderes políticos estão com sua alma vendida, sabendo que tudo isso foi por dinheiro, ganância, egoísmo, Tratem a todos com o devido respeito: amem os irmãos, temam a Deus e honrem o rei. 1 Pedro 2:17 Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas. Portanto, aquele que se rebela contra a autoridade está se opondo contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos. Pois os governantes não devem ser temidos, a não ser por aqueles que praticam o mal. Você quer viver livre do medo da autoridade? Pratique o bem, e ela o enaltecerá. Pois é serva de Deus para o seu bem. Mas, se você praticar o mal, tenha medo, pois ela não porta a espada sem motivo. É serva de Deus, agente da justiça para punir quem pratica o mal. Portanto, é necessário que sejamos submissos às autoridades, não apenas por causa da possibilidade de uma punição, mas também por questão de consciência. É por isso também que vocês pagam imposto, pois as autoridades estão a serviço de Deus, sempre dedicadas a esse trabalho. Deem a cada um o que lhe é devido: se imposto, imposto; se tributo, tributo; se temor, temor; se honra, honra. Romanos 13:1-7 Pedro e os outros apóstolos responderam: "É preciso obedecer antes a Deus do que aos homens! Atos dos Apóstolos 5:29 Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens; pelos reis e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranquila e pacífica, com toda a piedade e dignidade. 1 Timóteo 2:1-2 Dize-nos, pois: Qual é a tua opinião? É certo pagar imposto a César ou não?" Mas Jesus, percebendo a má intenção deles, perguntou: "Hipócritas! Por que vocês estão me pondo à prova? Mostrem-me a moeda usada para pagar o imposto". Eles lhe mostraram um denário, e ele lhes perguntou: "De quem é esta imagem e esta inscrição?" "De César", responderam eles. E ele lhes disse: "Então, deem a César o que é de César e a Deus o que é de Deus". Mateus 22:17-21 Como é feliz a nação que tem o Senhor como Deus, o povo que ele escolheu para lhe pertencer! Salmos 33:12 Então, Jesus aproximou-se deles e disse: "Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra. Mateus 28:18 A nossa cidadania, porém, está nos céus, de onde esperamos ansiosamente o Salvador, o Senhor Jesus Cristo. Filipenses 3:20 Por meu intermédio os reis governam, e as autoridades exercem a justiça; também por meu intermédio governam os nobres, todos os juízes da terra. Provérbios 8:15-16 "Não blasfemem contra Deus nem amaldiçoem uma autoridade do seu povo. Êxodo 22:28 Como um leão que ruge ou um urso feroz é o ímpio que governa um povo necessitado. Provérbios 28:15

sexta-feira, 24 de dezembro de 2021

43° Edição do REINO hoje tema Natal Isaías 7:14 O Natal deve ser muito mais do que dar e receber presentes. Deve ser um tempo em que estamos gratos pela vinda do Salvador Jesus ao mundo. Jesus nasceu de uma forma simples, teve uma manjedoura como berço, mostrando a importância da humildade. No Natal devemos dar valor àquele que viveu, morreu e ressuscitou com o propósito de salvar os que acreditam do pecado e da morte eterna: Jesus Cristo. Natal na Bíblia Por isso o Senhor mesmo dará a vocês um sinal: a virgem ficará grávida, dará à luz um filho e o chamará Emanuel. Isaías 7:14 Compartilhar Enviar Tweetar Email Ela dará à luz um filho, e você deverá dar-lhe o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados". Tudo isso aconteceu para que se cumprisse o que o Senhor dissera pelo profeta: "A virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e o chamarão Emanuel", que significa "Deus conosco". Mateus 1:21-23 Quando tornaram a ver a estrela, encheram-se de júbilo. Mateus 2:10 Isto servirá de sinal para vocês: encontrarão o bebê envolto em panos e deitado numa manjedoura". Lucas 2:12 Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Podero¬so, Pai Eterno, Príncipe da Paz. Isaías 9:6 Alegre-se muito, cidade de Sião! Exulte, Jerusalém! Eis que o seu rei vem a você, justo e vitorioso, humilde e montado num jumento, um jumentinho, cria de jumenta. Zacarias 9:9 Um ramo surgirá do tronco de Jessé, e das suas raízes brotará um renovo. Isaías 11:1 Mas o anjo lhe disse: "Não tenha medo, Maria; você foi agraciada por Deus! Você ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Jesus. Lucas 1:30-31 O anjo respondeu: "O Espírito Santo virá sobre você, e o poder do Altíssimo a cobrirá com a sua sombra. Assim, aquele que há de nascer será chamado Santo, Filho de Deus. Lucas 1:35 Quando os anjos os deixaram e foram para os céus, os pastores disseram uns aos outros: "Vamos a Belém, e vejamos isso que aconteceu, e que o Senhor nos deu a conhecer". Então correram para lá e encontraram Maria e José e o bebê deitado na manjedoura. Depois de o verem, contaram a todos o que lhes fora dito a respeito daquele menino, e todos os que ouviram o que os pastores diziam ficaram admirados. Maria, porém, guardava todas essas coisas e sobre elas refletia em seu coração. Os pastores voltaram glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham visto e ouvido, como lhes fora dito. Lucas 2:15-20 O Verdadeiro Significado do Natal Para os Cristãos É fundamental que saibamos o verdadeiro significado do Natal para os cristãos, pois é parte fundamental da nossa fé. Preciso confessar que o Natal é a minha época preferida do ano. As famílias se aproximam, as casas ficam cheias, as mesas fartas e o mundo fica colorido. Mas o mais importante é o significado do Natal que enche o meu coração. Nele uma grande parcela do mundo, comemora o nascimento de Jesus, o Filho de Deus. É fato, que em nossos dias a atenção tem sido dividida com o Papai Noel, suas renas e os gnomos. Mas eles são, lenda! Ao contrário de Jesus Cristo, que é completamente real. A Origem da Tradição Natalina O Natal não foi sempre assim, cheio de coisas legais e coloridas. Ele começou a ser comemorado oficialmente por volta do século IV e foi instituído pela liderança católica para substituir o festival que celebrava o deus Sol, no solstício de inverno. Desde então, que a data celebra o nascimento do Filho de Deus. O Nascimento de Jesus é o verdadeiro Natal Desde os tempos antigos que o Senhor Deus prometeu que enviaria um Salvador do mundo (Isaías 9:6-7). Alguém que promovesse a reaproximação entre Deus e o ser humano, visto que a nossa comunhão natural com o Criador foi perdida no Éden, após o erro de Adão e Eva. A cidade onde isso deveria acontecer era Belém-Efrata. De acordo com a profecia, dela sairia o Rei Eterno do povo de Deus. O que de fato aconteceu, quando José e Maria voltaram de Nazaré para sua cidade natal (Belém). Maria que estava grávida entrou em trabalho de parto. Não tendo hospedaria disponível, eles se acomodaram em uma manjedoura, e ali Maria deu à luz a Jesus Cristo. Os Reis Magos Guiados por uma estrela, três reis magos vieram do Ocidente para reverenciar Jesus. Quando a estrela finalmente parou de si movimentar, eles identificaram o lugar em que Jesus estava, e entraram. Quando viram o menino, eles se prostraram e adoraram ao Senhor e o presentearam com: ouro, incenso e mirra (Lucas 2:9-11). A atitude dos reis magos é belíssima, e deve ser a nossa, não apenas no Natal, mas todos os dias da nossa vida. Quando eles encontraram Jesus, também havia muitas distrações. Mas para eles o Filho de Deus era onde o foco deles deveria estar. Em nossos dias, somos tentados a dar glória a Noel e sua fantasia. Mas podemos resistir, e adorar ao verdadeiro Deus que nos abençoa e muda a nossa vida. Os Pastores de Belém Enquanto Jesus estava nascendo na manjedoura, havia pastores de ovelhas cuidando de rebanhos (Lucas 2:1). De repente, eles foram surpreendidos por uma luz gloriosa e uma voz angelical que lhes deu a boa notícia do nascimento do Messias e as instruções de como encontrá-lo. Antes que eles partissem, um grande e maravilhoso coral de anjos apareceu e começou a louvar a Deus por causa do nascimento de Jesus. Eles davam “Glória a Deus e declaravam paz aos homens na Terra”. (Lucas 2:11-14) Ao ver tudo aquilo, eles tomaram uma decisão: “vamos a Belém visitar o menino!”. E correram para lá imediatamente. Ao encontrar o lugar em que Jesus estava, eles maravilhados, contaram sobre como Deus os havia encontrado e dito sobre o nascimento de Seu Filho. Em nossos dias, Deus de muitas maneiras nos cerca com a intenção de chamar a nossa atenção e nos direcionar para o encontro de Jesus. Os pastores tinham escolha? Sim, claro! Eles poderiam pensar – Que “doidera” hein! Vou lá em Belém nada. É muito longe. Esses anjos escandalosos me encheram de medo. Vou ficar aqui mesmo. Não foi isso que eles fizeram. Eles seguiram a direção de Deus. O verdadeiro significado do Natal para os cristãos, está em ir ao encontro do conhecimento de Cristo. É celebrar a encarnação do Filho de Deus. Para as pessoas que creem assim, haverá paz! Os Símbolos do Natal Em nossos dias, alguns cristãos consideram o Natal uma festa pagã, e não cristã por causa dos símbolos que são utilizados. Histórica e teologicamente falando, não há argumentos que defendam ou proíbam um cristão de celebrar a data. É algo que está mais relacionado a consciência de cada um. Sobre assuntos dessa natureza, o apóstolo Paulo nos aconselha em Romanos 14, a agir de acordo com a nossa fé e a sinceridade do nosso culto. Particularmente, eu sigo a sintonia da tradição de que o Natal é uma data cristã que celebra o nascimento de Jesus e é uma oportunidade maravilhosa de compartilhar o conhecimento da revelação de Deus através de Seu Filho, com as pessoas que ainda não o conhecem. Sendo assim, o sentido do Natal para o cristão pode ser resumido em alguns de seus símbolos: 1. A estrela – representa a estrela que guiou os reis magos até Belém; 2. Os presentes – O ouro, o incenso e a mirra entregue a José e Maria como presente para Jesus; 3. O presépio – uma ilustração da manjedoura, do menino da promessa, dos reis e dos pastores; 4. A árvore – Jesus como a videira verdadeira, aquele sobre quem todos os seus irmãos se ajuntam; 5. As luzes – Jesus como a luz do mundo; 6. A ceia – Jesus como o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Conclusão O Natal terá o sentido que você determinar. É um tema não abordado na Bíblia, no sentido que conhecemos hoje. A data nasceu do desenvolvimento da humanidade e da comunhão da Igreja de Jesus. Há quem defenda de maneira enérgica, que o significado do Natal é completamente pagão e não glorifica a Deus, pois Jesus não nasceu em 25 de dezembro. E há quem acredite, assim como eu, que a data é uma celebração do nascimento do Filho de Deus, e a maior dádiva do Senhor aos homens. Dessa forma, fica a seu critério celebrar ou não. Contudo, não julgue quem pensa diferente (Romanos 14), procure conhecer suas motivações. Deus abençoe! E que sua vida seja sempre um FELIZ NATAL! https://www.evangelistamanoelmoura.gratis/




 

quinta-feira, 23 de dezembro de 2021

42° Edição do REINO hoje tema A verdade FESTA Isaías 25:6 O povo de Deus é um povo festivo pois Deus é Deus de festas. Na Bíblia aparecem inúmeras referências de festas celebradas pelo povo de Israel, instituídas por Deus. Eram festas solenes fixadas para serem feitas de tempos em tempos, como memorial e celebração perante o Senhor: Festa da Páscoa (Êxodo 12:11-14) Festa da Colheita Festa dos pães ázimos (2 Crônicas 30:13) Festa dos Tabernáculos ou das Cabanas (Deuteronômio 16:13-15) Festa das Semanas (Deuteronômio 16:9-11) Outras festas eram pontuais, como as festas nupciais e outros banquetes dados em comemoração por algum acontecimento marcante, como por exemplo na parábola do filho pródigo. O primeiro milagre descrito de Jesus na Bíblia aconteceu numa festa de casamento em Caná da Galiléia. Ali Jesus transformou água em vinho, livrando os anfitriões e convidados de um constrangimento enorme (João 2:11). Também o maior milagre, a morte e ressurreição de Jesus Cristo aconteceu durante a festa da Páscoa. É Ele o nosso cordeiro pascal (1 Coríntios 5:7-8). As festas são momentos de Alegria (Lucas 15:7) e quando Jesus está presente podemos desfrutar verdadeiramente de momentos prazerosos diante do Senhor! As festas também envolvem trabalho, serviço e aceitação do convite (Mateus 22:2-14). A Bíblia nos fala de uma festa maravilhosa que irá acontecer no Céu, um banquete incomparável que está sendo preparado para a Igreja do Senhor. São as bodas do Cordeiro, ou banquete de casamento de Cristo e Sua noiva, a Igreja (Apocalipse19:7). Festa na Bíblia Neste monte o Senhor dos Exércitos preparará um farto banquete para todos os povos, um banquete de vinho envelhecido, com carnes suculentas e o melhor vinho. Isaías 25:6 Ao comerem, estejam pron­tos para sair: cinto no lugar, sandá­lias nos pés e cajado na mão. Comam apres­sa­damente. Esta é a Páscoa do Senhor. "Naquela mesma noite passarei pelo Egito e matarei todos os primogênitos, tanto dos homens como dos animais, e executarei juízo sobre todos os deuses do Egito. Eu sou o Senhor! O sangue será um sinal para indicar as casas em que vocês estiverem; quando eu vir o sangue, passarei adiante. A praga de destrui­ção não os atingirá quando eu ferir o Egito. "Este dia será um memorial que vocês e todos os seus descendentes celebrarão como festa ao Senhor. Celebrem-no como decreto perpétuo. Êxodo 12:11-14 Uma imensa multidão reuniu-se em Jerusalém no segundo mês, para celebrar a festa dos pães sem fermento. 2 Crônicas 30:13 "Contem sete semanas a partir da época em que vocês começarem a colheita do cereal. Celebrem então a festa das semanas ao Senhor, o seu Deus, e tragam uma oferta voluntária conforme as bênçãos recebidas do Senhor, o seu Deus. E alegrem-se perante o Senhor, o seu Deus, no local que ele escolher para habitação do seu Nome, junto com os seus filhos e as suas filhas, os seus servos e as suas servas, os levitas que vivem na sua cidade, os estrangeiros, os órfãos e as viúvas que vivem com vocês. Deuteronômio 16:9-11 E Moisés lhes ordenou: "Ao final de cada sete anos, no ano do cancelamento das dívidas, durante a festa das cabanas, quando todo o Israel vier apresentar-se ao Senhor, o seu Deus, no local que ele escolher, vocês lerão esta lei perante eles para que a escutem. Reúnam o povo, homens, mulheres e crianças, e os estrangeiros que morarem nas suas cidades, para que ouçam e aprendam a temer o Senhor, o seu Deus, e sigam fielmente todas as palavras desta lei. Deuteronômio 31:10-12 Vão vocês à festa; eu ainda não subirei a esta festa, porque para mim ainda não chegou o tempo apropriado". João 7:8 Estava próxima a festa judaica da Páscoa. João 6:4 Livrem-se do fermento velho, para que sejam massa nova e sem fermento, como realmente são. Pois Cristo, nosso Cordeiro pascal, foi sacrificado. Por isso, celebremos a festa, não com o fermento velho nem com o fermento da maldade e da perversidade, mas com os pães sem fermento, os pães da sinceridade e da verdade. 1 Coríntios 5:7-8

quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

41° Edição do REINO hoje tema Livro da Vida Apocalipse 20:11-15 • Vida Eterna • Versículos sobre Vida • Versículos sobre oportunidades na vida • Estilo de Vida • Vida Nova • Versículos sobre o pão da vida • Livro da Vida Deus nos conhece e se lembra de tudo que fizemos. É como se ele tivesse um grande livro onde registra todas as nossas ações. Nada está escondido de Deus e ele não se esquece de nada. O livro da vida representa a lista de todas as pessoas que vão para o Céu. Todos que têm seu nome escrito no livro da vida terão a vida eterna. Mas quem não tiver seu nome no livro irá para o lago de fogo. Para ter seu nome no livro da vida é preciso se arrepender do pecado, aceitando Jesus como seu salvador. Deus recompensará quem é fiel até o fim com a vida eterna. Livro da Vida na Bíblia Depois vi um grande trono branco e aquele que nele estava assentado. A terra e o céu fugiram da sua presença, e não se encontrou lugar para eles. Vi também os mortos, grandes e pequenos, em pé diante do trono, e livros foram abertos. Outro livro foi aberto, o livro da vida. Os mortos foram julgados de acordo com o que tinham feito, segundo o que estava registrado nos livros. O mar entregou os mortos que nele havia, e a morte e o Hades entregaram os mortos que neles havia; e cada um foi julgado de acordo com o que tinha feito. Então a morte e o Hades foram lançados no lago de fogo. O lago de fogo é a segunda morte. Aqueles cujos nomes não foram encontrados no livro da vida foram lançados no lago de fogo. Apocalipse 20:11-15 O vencedor será igualmente vestido de branco. Jamais apagarei o seu nome do livro da vida, mas o reconhecerei diante do meu Pai e dos seus anjos. Apocalipse 3:5 "Naquela ocasião Miguel, o grande príncipe que protege o seu povo, se levantará. Haverá um tempo de angústia como nunca houve desde o início das nações até então. Mas naquela ocasião o seu povo, todo aquele cujo nome está escrito no livro, será liberto. Multidões que dormem no pó da terra acorda¬rão: uns para a vida eterna, outros para a vergo¬nha, para o desprezo eterno. Daniel 12:1-2 Nela jamais entrará algo impuro, nem ninguém que pratique o que é vergonhoso ou enganoso, mas unicamente aqueles cujos nomes estão escritos no livro da vida do Cordeiro. Apocalipse 21:27 Mas agora, eu te rogo, perdoa-lhes o pecado; se não, risca-me do teu livro que escreveste". Respondeu o Senhor a Moisés: "Ris¬carei do meu livro todo aquele que pecar contra mim. Êxodo 32:32-33 Depois, aqueles que temiam o Se¬nhor conversaram uns com os outros, e o Senhor os ouviu com atenção. Foi escrito um livro como memorial na sua presença acerca dos que temiam o Senhor e honravam o seu nome. Malaquias 3:16 Contudo, alegrem-se, não porque os espíritos se submetem a vocês, mas porque seus nomes estão escritos nos céus". Lucas 10:20 Sim, e peço a você, leal companheiro de jugo, que as ajude; pois lutaram ao meu lado na causa do evangelho, com Clemente e meus demais cooperadores. Os seus nomes estão no livro da vida. Filipenses 4:3 Todos os habitantes da terra adorarão a besta, a saber, todos aqueles que não tiveram seus nomes escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a criação do mundo. Apocalipse 13:8 A besta que você viu, era e já não é. Ela está para subir do Abismo e caminha para a perdição. Os habitantes da terra, cujos nomes não foram escritos no livro da vida desde a criação do mundo, ficarão admirados quando virem a besta, porque ela era, agora não é, e entretanto virá. Apocalipse 17:8

terça-feira, 21 de dezembro de 2021

40° Edição do REINO hoje tema O poder da Palavra Hebreus 4-12 Nossas palavras têm muito poder. Por sua palavra, Deus criou tudo que existe e suas palavras sempre se cumprem. A palavra de Deus é viva e cheia de poder. Jesus é a Palavra de Deus. Nossas palavras afetam nossas vidas e têm poder até sobre a vida e a morte! A boca fala do que está dentro do coração. Com nossas palavras podemos nos condenar ou confessar Jesus como nosso salvador. Por isso, precisamos aprender a ter muito cuidado com nossas palavras. Poder da palavra na Bíblia Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra até o ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e as intenções do coração. Hebreus 4:12 Do fruto da boca enche-se o estômago do homem; o produto dos lábios o satisfaz. A língua tem poder sobre a vida e sobre a morte; os que gostam de usá-la comerão do seu fruto. Provérbios 18:20-21 Todos tropeçamos de muitas maneiras. Se alguém não tropeça no falar, tal homem é perfeito, sendo também capaz de dominar todo o seu corpo. Tiago 3:2 Quando colocamos freios na boca dos cavalos para que eles nos obedeçam, podemos controlar o animal todo. Tomem também como exemplo os navios; embora sejam tão grandes e impelidos por fortes ventos, são dirigidos por um leme muito pequeno, conforme a vontade do piloto. Semelhantemente, a língua é um pequeno órgão do corpo, mas se vangloria de grandes coisas. Vejam como um grande bosque é incendiado por uma simples fagulha. Assim também, a língua é um fogo; é um mundo de iniquidade. Colocada entre os membros do nosso corpo, contamina a pessoa por inteiro, incendeia todo o curso de sua vida, sendo ela mesma incendiada pelo inferno. Toda espécie de animais, aves, répteis e criaturas do mar doma-se e tem sido domada pela espécie humana; a língua, porém, ninguém consegue domar. É um mal incontrolável, cheio de veneno mortífero. Tiago 3:3-8 Mediante a palavra do Senhor foram feitos os céus, e os corpos celestes, pelo sopro de sua boca. Salmos 33:6

PRECISAMOS ESTAR PREPARADOS, EM TODO TEMPO! “Assim sendo, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai que está nos Céus.” Mateus 5:48 “Por isso, esforcemo-nos em promover tudo quanto conduz à paz e à edificação mútua”. Romanos 14:19 NÃO PODEMOS SÓ “OUVIR FALAR” DE DEUS, MAS PRECISAMOS “VIVER” EM DEUS., O HOMEM PRECISA SER EDIFICADO CASA ESPIRITUAL. Essa construção tem que ser constante, durante nossa caminhada terrena. CRISTIANISMO = É SER EDIFICADO NA PESSOA DE CRISTO: “Edifiquem-se, porém, amados, na santíssima fé que vocês têm, orando no ESPÍRITO SANTO. Mantenham-se no Amor de DEUS, enquanto esperam que a misericórdia de nosso SENHOR JESUS CRISTO os leve para a Vida Eterna”. Judas 1:20,21 DEUS quer a nossa edificação espiritual [como casa adornada, pronta, cheia de paz, e de inteira certeza] que pela preparação do evangelho, cheguemos à maturidade de homem perfeito para DEUS., DEUS QUER A NOSSA MATURIDADE ESPIRITUAL, ATRAVÉS DA EDIFICAÇÃO. Precisamos desenvolver a construção [da nossa fé em JESUS], para crescer e amadurecer. Nosso conhecimento tem que estar nas Sagradas Escrituras. Porque é pela Palavra que somos alimentados e nos dá o crescimento. NOÉ - UM HOMEM QUE OUVIA A DEUS... DEUS, pela sua misericórdia, dá a chance - para os Justos se Salvarem, no tempo de Noé. DEUS mandou Noé fazer uma arca enorme, e foram salvas somente 8 (oito) pessoas. A GERAÇÃO DE NOÉ FOI TODA CONTAMINADA PELO PECADO. DEUS usa, de novo, de sua misericórdia = DEUS manda fazer a Arca da Aliança, através dos seus Mandamentos, através da vida de Moisés, para os que morressem [antes da vinda do Messias] fossem encontrados como Justos. Mas o povo se desviou dos caminhos e da vontade de DEUS = pela fraqueza, pela deformação do pecado que habita no homem. “Pois tudo o que foi escrito no passado foi escrito para nos ensinar, de forma que, por meio da perseverança e do bom ânimo procedentes das Escrituras, mantenhamos a nossa esperança”. Romanos 15:4 PRECISAMOS DAR CRÉDITO NAS SAGRADAS ESCRITURAS, E TER TEMOR: PORQUE DEUS SE REVELA POR ELAS... DEUS, pelas suas infinitas misericórdias, nos enviara a JESUS - para sermos salvos pela Graça., MAS, PRECISAMOS ACEITAR A GRAÇA: VIVER PELA GRAÇA; CRESCER E SER EDIFICADOS PELA GRAÇA. NÃO PODEMOS JUSTIFICAR O INJUSTIFICÁVEL – a Graça veio para nos edificar, e não justificar obras mortas... A GRAÇA FAZ REMOÇÃO DO PECADO = DOS QUE SE ARREPENDEM E SE CONVERTEM. A GRAÇA NÃO JUSTIFICA O PECADO = MAS CONVERTE O PECADOR PARA VIVER NA GRAÇA DE DEUS. A GRAÇA É VIVER NA VONTADE E OBEDIÊNCIA DE DEUS; É TER SEDE DE JUSTIÇA. A GRAÇA TEM VESTES BRANCAS; TEM MISERICÓRDIA; TEM AMOR! TODOS OS DONS VÊM DE DEUS - PRECISAMOS ALCANÇÁ-LOS! POR ISSO, DEUS NOS MANDA BUSCAR OS DONS COM ZELO: “Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho ainda mais excelente”. 1 Coríntios 12:31, PELA GRAÇA SOIS SALVOS; ISSO VEM DE DEUS: “Porque pela Graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de DEUS. Não vem das obras, para que ninguém se glorie; Porque somos feitura sua, criados em CRISTO JESUS para as boas obras, as quais DEUS preparou para que andássemos nelas.” Efésios 2:8-10 PARA VIVERMOS E PRATICARMOS OS DONS DA GRAÇA, PRECISAMOS SER EDIFICADOS. DEUS usa o apóstolo Paulo para nos dizer, que precisamos ser criados [em CRISTO JESUS] para as boas obras que DEUS preparou para andarmos nelas. ATENÇÃO! DEUS nos quer atuando nas boas obras e andando por elas; crescendo, ATÉ SERMOS CASA ESPIRITUAL PERFEITA PARA DEUS. A OBRA DE DEUS NA SUA VIDA NÃO PODE PARAR! DEUS JÁ NOS DEU TODOS OS DONS, NENHUM DOM VOS FALTA. Precisamos DESMANCHAR A VELHA CASA [nossa natureza humana, guiado pela sabedoria e desejos carnais] e construir uma nova casa, edificada por DEUS em toda obediência, pelos seus Mandamentos; adornada pelo ESPÍRITO SANTO; e cheios de dons espirituais., O QUE AS PESSOAS VÃO ENCONTRAR, QUANDO ENTRAREM NA SUA VIDA (SUA CASA)? SE ela estiver ADORNADA PELO MUNDO, vai encontrar seus valores: cobiça; avareza; individualidade; mesquinhez; egoísmo; isolamento; sem comunhão. Sua confissão: “eu tenho! Eu posso! Eu faço!” ...porque vivem suas glórias. SE ela estiver ADORNADA POR DEUS, vai ter: Amor; perdão; misericórdia; sempre prontos a socorrer; ter a hospitalidade; ter o aroma de CRISTO, da comunhão dos santos. ...sempre firmes e constantes na obra do SENHOR. Somos um instrumento nas mãos do SENHOR, no qual Ele tem nos lapidado, para tirar toda escória (sujeira), para sermos perfeitos para Ele: “Fala a toda a comunidade dos filhos de israel. Tu lhes dirás: sede Santos, porque Eu, Yahweh vosso DEUS, o SENHOR, sou Santo! Levítico 19:2 “Assim sendo, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai que está nos Céus.” Mateus 5:48 DEUS abençoe.






 

Ele respondeu: " 'Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todas as suas forças e de todo o seu entendimento' e 'Ame o seu próximo como a si mesmo'". Disse Jesus: "Você respondeu corretamente. Faça isso e viverá". Lucas 10:27-28 Pois estes mandamentos: "Não adulterarás", "Não matarás", "Não furtarás", "Não cobiçarás"e qualquer outro mandamento, todos se resumem neste preceito: "Ame o seu próximo como a si mesmo". Romanos 13:9 Outros versículos encontrados: Ele saiu à guerra contra os filisteus e derrubou os muros de Gate, de Jabne e de Asdode. Depois reconstruiu cidades próximo a Asdode e em outros lugares do território filisteu. 2 Crônicas 26:6 Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros, pois aquele que ama seu próximo tem cumprido a Lei. Romanos 13:8 Depois que gerou Sete, Adão viveu 800 anos e gerou outros filhos e filhas. Gênesis 5:4 Depois que gerou Enos, Sete viveu 807 anos e gerou outros filhos e filhas. Gênesis 5:7 De­pois que gerou Cainã, Enos viveu 815 anos e gerou outros filhos e filhas. Gênesis 5:10 De­pois que gerou Maalaleel, Cainã viveu 840 anos e gerou outros filhos e filhas. Gênesis 5:13 De­pois que gerou Jarede, Maalaleel viveu 830 anos e gerou outros filhos e filhas. Gênesis 5:16 De­pois que gerou Eno­que, Jarede viveu 800 anos e gerou outros filhos e filhas. Gênesis 5:19 Depois que gerou Matusalém, Eno­que andou com Deus 300 anos e gerou outros filhos e fi­lhas. Gênesis 5:22 Depois que gerou Lameque, Matu­salém viveu 782 anos e gerou outros filhos e fi­lhas. Gênesis 5:26 Depois que Noé nasceu, Lame­que viveu 595 anos e gerou outros filhos e fi­lhas. Gênesis 5:30 Com eles entraram todos os animais de acordo com as suas espécies: todos os animais selva­gens, todos os rebanhos domésticos, todos os demais seres vivos que se movem rente ao chão ­e todas as criaturas que têm asas: todas as aves e todos os outros animais que voam. Gênesis 7:14 Esperou ainda outros sete dias e de novo soltou a pomba, mas dessa vez ela não voltou. Gênesis 8:12


 

segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

39° Edição do REINO hoje tema Prova Genesis 22-1 O Que Significa Provação na Bíblia? Como Suportar as Provações? Daniel Conegero Daniel Conegero Uma provação significa um teste de fé através de uma dificuldade ou circunstância adversa. Por meio de provações, Deus testa os fieis colocando-os em determinadas situações que revelam a qualidade de sua fé e o tamanho de sua devoção. As provações ocorrem de acordo com a providência divina. Isso implica no entendimento de que Deus utiliza acontecimentos da vida diária para provar a fé e o caráter do crente. Algumas provações são mais difíceis que outras; na verdade há até provações severas. Essas provações podem consistir tanto de tormentos físicos quanto espirituais. Exemplos de provações na Bíblia Os exemplos bíblicos de pessoas que passaram por provações são importantes para que possamos entender essa questão. Uma das provações mais conhecidas e significativas registradas na Bíblia foi aquela a qual o patriarca Abraão foi submetido. Deus lhe pediu que ele oferecesse seu querido filho em holocausto. Mas antes que Abraão imolasse Isaque, o anjo do Senhor lhe disse que aquilo havia sido um teste (Gênesis 22). Abraão foi provado e aprovado no teste de Deus. Mais tarde o escritor de Hebreus escreve que sobre como a fé de Abraão foi qualificada através daquela provação. Ele diz que Abraão tinha tanta certeza na fidelidade de Deus à sua promessa, que sabia que Deus poderia ressuscitar Isaque dos mortos (Hebreus 11:19). O rei Ezequias foi outro personagem bíblico que foi provado por Deus. O escritor de Crônicas diz que num dado momento Deus provou o rei com o objetivo de revelar tudo o que havia no seu coração (2 Crônicas 32:31). O povo de Israel, de forma geral, diversas vezes também foi provado pelo Senhor (cf. Êxodo 15:25; 16:4). Para provar a fidelidade de seu povo, Deus usou fenômenos naturais, opressão dos povos inimigos e dificuldades diversas (cf. Êxodo 20:18-20; Deuteronômio 8:2; Juízes 2:21,22). A história de Jó também é outro grande exemplo de alguém que teve sua fé em Deus provada. O Novo Testamento também revela muitos crentes passando por provações. Todos os apóstolos, por exemplo, foram provados por Deus de alguma forma. Quem descreve mais detalhadamente as provações que enfrentou durante sua vida cristã, foi o apóstolo Paulo. Ele realmente passou por muitas dificuldades e sofrimentos que serviram para provar sua fé e aperfeiçoar seu compromisso com o Evangelho de Cristo. Mas no fim de uma vida de provação, o apóstolo pôde declarar: “Combati o bom combate, terminei a carreira e guardei a fé“ (2 Timóteo 4:7). Na galeria dos heróis da fé o escritor de Hebreus fala de crentes que tiveram de enfrentar terríveis provações. Ele fala de santos que experimentaram escárnios, açoites, prisões, maus-tratos, aflições e até a morte violenta (Hebreus 11:36,37). Por que Deus nos prova? É natural que algumas vezes fiquemos entristecidos durante uma provação, pois de fato na maioria das vezes as provações se expressam em momentos de dificuldade (1 Pedro 1:6). Mas temos que entender que as provações não são resultado do abandono de Deus, mas do seu amor por nós. O apóstolo Pedro escreve que as provações acontecem para que fique comprovado que a fé dos crentes é genuína. Tudo isso resultará em louvor, glória e honra, quando Jesus Cristo for revelado (1 Pedro 1:7). Quando Deus prova os crentes, Ele os purifica das impurezas e os conduz a uma certeza ainda maior acerca do cuidado e do amor divino por eles. As provações fazem com que os fiéis permanecem ainda mais constantes. Por isso o salmista escreve: “Pois tu, ó Deus, nos provaste; tu nos refinaste como se refina a prata” (Salmo 66:10). Através do profeta Isaías, Deus diz que prova o seu povo na fornalha da aflição (Isaías 48:10; cf. Zacarias 13:9). O rei Davi foi alguém que entendeu o propósito de Deus através das provações. Em vários de seus salmos ele admite que a provação é algo essencial na vida do crente. No Salmo 139, por exemplo, ele declara: “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos” (Salmo 139:23; cf. Salmo 26:2). Receber Estudos da Bíblia Como suportar as provações? De fato os cristãos jamais devem pensar que terão ausência de provações em suas vidas. Como já foi dito, as provações é parte essencial da vida cristã. Tiago escreve que a prova da fé do cristão produz perseverança (Tiago 1:3). Pedro diz que após os sofrimentos, Deus aperfeiçoa, confirma, fortifica e estabelece o crente (1 Pedro 5:10). É através da fidelidade em tempos de provação que os crentes se tornam aprovados aos olhos de Deus (1 Coríntios 11:19). Por mais que pareça estranho, o conselho bíblico é o de que os cristãos devem passar pelas provações e sofrimentos com alegria (1 Pedro 4:12,13). Alguém pode perguntar como uma pessoa é capaz de ser provada e permanecer alegre? A resposta a essa questão aponta para a providência divina. Essa é a única maneira de entender como alguém pode estar “entristecido, mas sempre alegre” (2 Coríntios 6:10). Deus não abandona aqueles que são seus à sua própria sorte em meio às provações. Deus não nos prova além de nossa capacidade. Não há um único exemplo bíblico de alguém que sucumbiu às provações por culpa de Deus. Em cada provação o Pai celestial concede aos seus filhos graça suficiente para que eles possam suportar todas as coisas. Por isso a declaração de alguém que passou por todo tipo de provação não podia ser diferente: “Posso todas as coisas naquele que me fortalece” (Filipenses 4:13).

De olho nas coisas que Deus mandou fazer, pregar e pregar com amor, autoridade e ousadia.





 

Casa de Deus Hebreus 3-6 A Bíblia dá um significado amplo a palavra casa. A casa significa lugar de estar, abrigo e repouso. Jesus quer habitar no nosso coração, quer fazer da nossa vida a sua casa. A Bíblia nos diz que "Deus faz morada no nosso coração" e que somos "Templo do Espírito". O templo em Jerusalém era conhecido como a "casa de Deus". A igreja - como ponto de comunhão - também era chamada de 'casa de oração' ou 'casa do Senhor'. Na casa do Senhor entramos em comunhão e nos sentimos em casa, assim como Deus habita no nosso coração e nele faz morada. Casa na Bíblia Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias da minha vida, e voltarei à casa do Senhor enquanto eu viver. Salmos 23:6 Jesus entrou no templo e expulsou todos os que ali estavam comprando e vendendo. Derrubou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas, e lhes disse: "Está escrito: 'A minha casa será chamada casa de oração'; mas vocês estão fazendo dela um 'covil de ladrões'". Mateus 21:12-13 Melhor é um dia nos teus átrios do que mil noutro lugar; prefiro ficar à porta da casa do meu Deus a habitar nas tendas dos ímpios. Salmos 84:10 Alegrei-me com os que me disseram: "Vamos à casa do Senhor!" Salmos 122:1 Respondeu Jesus: "Se alguém me ama, obedecerá à minha palavra. Meu Pai o amará, nós viremos a ele e faremos morada nele. João 14:23 Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de vocês mesmos? 1 Coríntios 6:19 Eu, porém, pelo teu grande amor, entrarei em tua casa; com temor me inclinarei para o teu santo templo. Salmos 5:7 "Todavia, o Altíssimo não habita em casas feitas por homens. Como diz o profeta: " 'O céu é o meu trono; a terra, o estrado dos meus pés. Que espécie de casa vocês me edificarão? diz o Senhor, ou, onde seria meu lugar de descanso? Não foram as minhas mãos que fizeram todas estas coisas?' Atos dos Apóstolos 7:48-50 Mas eu sou como uma oliveira que floresce na casa de Deus; confio no amor de Deus para todo o sempre. Salmos 52:8 Como são felizes aqueles que escolhes e trazes a ti para que vivam nos teus átrios! Transbordamos de bênçãos da tua casa, do teu santo templo! Salmos 65:4 Quando já estava chegando a Páscoa judaica, Jesus subiu a Jerusalém. No pátio do templo viu alguns vendendo bois, ovelhas e pombas, e outros assentados diante de mesas, trocando dinheiro. Então ele fez um chicote de cordas e expulsou todos do templo, bem como as ovelhas e os bois; espalhou as moedas dos cambistas e virou as suas mesas. Aos que vendiam pombas disse: "Tirem estas coisas daqui! Parem de fazer da casa de meu Pai um mercado!" Seus discípulos lembraram-se que está escrito: "O zelo pela tua casa me consumirá". João 2:13-17

sexta-feira, 17 de dezembro de 2021

38° Edição do REINO hoje tema o que vai cair ao teu lado? Salmos 91-7 Nosso inimigo verdadeiro é o diabo. Muitas pessoas podem se opor a nós mas eles estão sendo enganados pelo diabo. Pessoas não são nossos inimigos verdadeiros. A Bíblia diz que devemos amar nossos inimigos e retribuir o mal com o bem. Devemos resistir ao diabo e deixar a vingança nas mãos de Deus. Deus nos protege de nossos inimigos e luta por nós. Inimigo na Bíblia Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do Diabo, pois a nossa luta não é contra seres humanos, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais. Efésios 6:11-12 "Vocês ouviram o que foi dito: 'Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo'. Mas eu digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem, para que vocês venham a ser filhos de seu Pai que está nos céus. Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos. Mateus 5:43-45 O último inimigo a ser destruído é a morte. 1 Coríntios 15:26 Estejam alertas e vigiem. O Diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar. Resistam-lhe, permanecendo firmes na fé, sabendo que os irmãos que vocês têm em todo o mundo estão passando pelos mesmos sofrimentos. 1 Pedro 5:8-9 Não se alegre a minha inimiga com a minha desgraça. Embora eu tenha caído, eu me levantarei. Embora eu esteja morando nas trevas, o Senhor será a minha luz. Miquéias 7:8 Não se alegre quando o seu inimigo cair, nem exulte o seu coração quando ele tropeçar, Provérbios 24:17 Se o seu inimigo tiver fome, dê-lhe de comer; se tiver sede, dê-lhe de beber. Provérbios 25:21 "Se você encontrar perdido o boi ou o jumento que pertence ao seu inimigo, leve-o de volta a ele. Se você vir o jumento de alguém que o odeia caído sob o peso de sua carga, não o aban­done, procure ajudá-lo. Êxodo 23:4-5 Se vocês ouvirem atentamente o que ele disser e fizerem tudo o que lhes ordeno, serei inimigo dos seus inimigos, e adversário dos seus adversários. Êxodo 23:22 Ouve-me, ó Deus, quando faço a minha queixa; protege a minha vida do inimigo ameaçador. Salmos 64:1 Adúlteros, vocês não sabem que a amizade com o mundo é inimizade com Deus? Quem quer ser amigo do mundo faz-se inimigo de Deus. Tiago 4:4 Quem fere por amor mostra lealdade, mas o inimigo multiplica beijos. Provérbios 27:6 Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: "Minha é a vingança; eu retribuirei", diz o Senhor. Ao contrário: "Se o seu inimigo tiver fome, dê-lhe de comer; se tiver sede, dê-lhe de beber. Fazendo isso, você amontoará brasas vivas sobre a cabeça dele". Não se deixem vencer pelo mal, mas vençam o mal com o bem. Romanos 12:19-21

quinta-feira, 16 de dezembro de 2021

37° Edição do REINO hoje tema Aliança de Deus Hebreus 8-6Quando Deus faz uma aliança ele sempre cumpre sua parte. Deus não se esquece de suas promessas. A Bíblia está cheia de exemplos de Deus cumprindo sua parte, mesmo quando os homens quebram a aliança. Na Bíblia Deus fez uma aliança com o povo de Israel para serem seu povo especial. Israel obedeceria a Deus e ele cuidaria da nação. Deus também prometeu que o Salvador do mundo viria de Israel. Quando Jesus veio, Deus estabeleceu uma nova aliança com toda a humanidade: quem aceitar Jesus como seu Salvador é adotado como filho de Deus e Deus estará com ele para sempre. Essa nova aliança completou a primeira aliança. Agora todos temos acesso a Deus, por meio de Jesus Cristo. Aliança com Deus na Bíblia Agora, porém, o ministério que Jesus recebeu é superior ao deles, assim como também a aliança da qual ele é mediador é superior à antiga, sendo baseada em promessas superiores. Hebreus 8:6 Da mesma forma, depois da ceia ele tomou o cálice e disse: "Este cálice é a nova aliança no meu sangue; façam isto sempre que o beberem em memória de mim". 1 Coríntios 11:25 Ele é o Senhor, o nosso Deus; seus decretos são para toda a terra. Ele se lembra para sempre da sua aliança, por mil gerações, da palavra que ordenou, da aliança que fez com Abraão, do juramento que fez a Isaque. Salmos 105:7-9 Estabelecerei a minha aliança como aliança eter¬na entre mim e você e os seus futuros descendentes¬, para ser o seu Deus e o Deus dos seus descenden¬tes. Toda a terra de Canaã, onde agora você é estrangeiro, darei como proprieda¬de perpétua a você e a seus descen¬dentes; e serei o Deus deles. "De sua parte", disse Deus a Abraão, "guarde a minha ali-ança, tanto você como os seus futuros descendentes. Es¬ta é a minha alian¬ça com você e com os seus descendentes, aliança que terá que ser guardada: Todos os do sexo masculino entre vocês serão circun¬cidados na carne. T¬erão que fazer essa marca, que será o sinal da aliança entre mim e vocês. Gênesis 17:7-11 Agora, se me obedecerem fielmente e guardarem a minha aliança, vocês serão o meu tesouro pessoal entre todas as nações. Embora toda a terra seja minha, vocês serão para mim um reino de sacerdotes e uma nação santa. Essas são as palavras que você dirá aos israelitas". Êxodo 19:5-6 Mas o Senhor foi bondoso para com eles, teve compaixão e mostrou preocupação por eles, por causa da sua aliança com Abraão, Isaque e Jacó. Até hoje ele não se dispôs a destruí-los ou a eliminá-los de sua presença. 2 Reis 13:23 Pois o Senhor, o seu Deus, é Deus misericordioso; ele não os abandonará, nem os destruirá, nem se esquecerá da aliança que com juramento fez com os seus antepassados. Deuteronômio 4:31 Não violarei a minha aliança nem modificarei as promessas dos meus lábios. De uma vez para sempre jurei pela minha santidade e não mentirei a Davi, que a sua linhagem permanecerá para sempre, e o seu trono durará como o sol; será estabelecido para sempre como a lua, a fiel testemunha no céu." Salmos 89:34-37

quarta-feira, 15 de dezembro de 2021

37° Edição do REINO hoje tema Bondade Tassalonicence 1-13 Deus é bom. Ele é cheio de bondade e gosta de nos fazer o bem. A bondade de Deus enche a terra e traz salvação. Por sua bondade, Deus enviou Jesus para pagar o preço por nossos pecados. A bondade de Deus transforma nossos corações. A nossa resposta à sua bondade deve ser também tratar outras pessoas com bondade. Quando somos bondosos, agradamos a Deus e nossos relacionamentos com outras pessoas melhoram. Bondade na Bíblia Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias da minha vida, e voltarei à casa do Senhor enquanto eu viver. Salmos 23:6 O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. 1 Coríntios 13:4 Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei. Gálatas 5:22-23 Como é grande a tua bondade, que reservaste para aqueles que te temem, e que, à vista dos homens, concedes àqueles que se refugiam em ti! Salmos 31:19 E Deus respondeu: "Diante de você farei passar toda a minha bondade e diante de você proclamarei o meu nome: o Senhor. Terei misericórdia de quem eu quiser ter misericór­dia e terei compaixão de quem eu quiser ter com­paixão". Êxodo 33:19 Saibam, portanto, que o Senhor, o seu Deus, é Deus; ele é o Deus fiel, que mantém a aliança e a bondade por mil gerações daqueles que o amam e obedecem aos seus mandamentos. Deuteronômio 7:9 Deus nos ressuscitou com Cristo e com ele nos fez assentar nas regiões celestiais em Cristo Jesus, para mostrar, nas eras que hão de vir, a incomparável riqueza de sua graça, demonstrada em sua bondade para conosco em Cristo Jesus. Efésios 2:6-7 Coroas o ano com a tua bondade, e por onde passas emana fartura; fartura vertem as pastagens do deserto, e as colinas se vestem de alegria. Salmos 65:11-12 O Espírito do Soberano, o Senhor, está sobre mim, porque o Senhor ungiu-me para levar boas notícias aos pobres. Enviou-me para cuidar dos que estão com o coração quebrantado, anunciar liberdade aos cativos e libertação das trevas aos prisioneiros, para proclamar o ano da bondade do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; para consolar todos os que andam tristes e dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de pranto e um manto de louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da sua glória. Isaías 61:1-3

35° Edição do REINO hoje tema Clamor Livros dos Salmos Deus ouve seu clamor! O clamor é um grito de socorro. Quando estamos em dificuldade podemos clamar a Deus e ele ouvirá e agirá. O clamor é um ato de confiança em Deus. Você admite que não consegue se salvar sozinho e depende totalmente de Deus. O clamor é sincero. Vem de um coração arrependido e humilde. O clamor também é um ato de fé. Você não vê a solução mas declara sua fé em Deus para lhe salvar. Então Deus age e traz a salvação! Clamor na Bíblia e clame a mim no dia da angústia; eu o livrarei, e você me honrará." Salmos 50:15 Na minha aflição clamei ao Senhor; gritei por socorro ao meu Deus. Do seu templo ele ouviu a minha voz; meu grito chegou à sua presença, aos seus ouvidos. Salmos 18:6 Então vocês clamarão a mim, virão orar a mim, e eu os ouvi­rei. Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração. Jeremias 29:12-13 Eu, porém, clamo a Deus, e o Senhor me salvará. Salmos 55:16 Os justos clamam, o Senhor os ouve e os livra de todas as suas tribulações. Salmos 34:17 Na minha angústia, clamei ao Senhor; clamei ao meu Deus. Do seu templo ele ouviu a minha voz; o meu grito de socorro chegou aos seus ouvidos. 2 Samuel 22:7 Muito tempo depois, morreu o rei do Egito. Os israelitas gemiam e clamavam debaixo da escravidão; e o seu clamor subiu até Deus. Êxodo 2:23 Disse o Senhor: "De fato tenho visto a opressão sobre o meu povo no Egito, tenho escutado o seu clamor, por causa dos seus feitores, e sei quanto eles estão sofrendo. Êxodo 3:7 mas, quando clamamos ao Senhor, ele ouviu o nosso clamor, enviou um anjo e nos tirou do Egito. Números 20:16 E disse: "Em meu desespero clamei ao Senhor, e ele me respondeu. Do ventre da morte gritei por socorro, e ouviste o meu clamor. Jonas 2:2 Ainda assim, atende à oração do teu servo e ao seu pedido de misericórdia, ó Senhor, meu Deus. Ouve o clamor e a oração que teu servo faz hoje na tua presença. 2 Crônicas 6:19 Então Deus lembrou-se de Raquel. Deus ouviu o seu clamor e a tornou fértil. Ela engra­vidou, deu à luz um filho e disse: "Deus tirou de mim a minha humilhação". Gênesis 30:22-23 Fizeram chegar a ele o grito do pobre, e ele ouviu o clamor do necessitado. Jó 34:28

terça-feira, 14 de dezembro de 2021

34° Edição do REINO hoje tema o Fogo de Deus Hebreus 12:28-29 O fogo de Deus representa o julgamento. Quando ouro é refinado no fogo, todas as impurezas são destruídas fica apenas o ouro puro. O fogo de Deus faz o mesmo em nossas vidas: destrói o pecado. O fogo de Deus destrói quem o rejeita e vive no pecado. Mas, para quem ama Jesus, o fogo de Deus limpa. Da mesma maneira como não devemos brincar com o fogo, não devemos brincar com Deus. Deus "é fogo consumidor", ele merece nosso respeito. Fogo de Deus na Bíblia Portanto, já que estamos recebendo um Reino inabalável, sejamos agradecidos e, assim, adoremos a Deus de modo aceitável, com reverência e temor, pois o nosso "Deus é fogo consumidor!" Hebreus 12:28-29 "Eu os batizo com água para arrependimento. Mas depois de mim vem alguém mais poderoso do que eu, tanto que não sou digno nem de levar as suas sandálias. Ele os batizará com o Espírito Santo e com fogo. Mateus 3:11 Mas quem suportará o dia da sua vin­da? Quem ficará em pé quando ele aparecer? Porque ele será como o fogo do ourives e como o sabão do lavandeiro. Ele se assentará como um refinador e purificador de prata; purificará os levitas e os refinará como ouro e prata. Assim trarão ao Senhor ofertas com justiça. Então as ofertas de Judá e de Jerusalém serão agradáveis ao Senhor, como nos dias passados, como nos tempos antigos. Malaquias 3:2-4 Porque ninguém pode colocar outro alicerce além do que já está posto, que é Jesus Cristo. Se alguém constrói sobre esse alicerce usando ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno ou palha, sua obra será mostrada, porque o Dia a trará à luz; pois será revelada pelo fogo, que provará a qualidade da obra de cada um. Se o que alguém construiu permanecer, esse receberá recompensa. Se o que alguém construiu se queimar, esse sofrerá prejuízo; contudo, será salvo como alguém que escapa através do fogo. 1 Coríntios 3:11-15 "Não­ é a minha palavra como o fogo", pergun­ta o Senhor, "e como um martelo que despeda­ça a rocha? Jeremias 23:29 Busquem o Senhor e terão vida, do contrário, ele irromperá como um fogo entre os descendentes de José, e devastará a cidade de Betel, e não haverá ninguém ali para apagá-lo. Amós 5:6 Vejam! O Senhor vem num fogo, e os seus carros são como um turbilhão! Transformará em fúria a sua ira e em labaredas de fogo, a sua repreensão. Pois com fogo e com a espada o Senhor executará julgamento sobre todos os homens, e muitos serão os mortos pela mão do Senhor. Isaías 66:15-16 Nem a sua prata nem o seu ouro poderão livrá-los no dia da ira do Senhor. No fogo do seu zelo o mundo inteiro será consumido, pois ele dará fim repentino a todos os que vivem na terra." Sofonias 1:18 Na terra toda, dois terços serão ceifados e morrerão; todavia a terça parte permanecerá", diz o Senhor. "Colocarei essa terça parte no fogo e a refinarei como prata e a purificarei como ouro. Ela invocará o meu nome, e eu lhe responderei. É o meu povo, direi; e ela dirá: 'O Senhor é o meu Deus'. " Zacarias 13:8-9

sexta-feira, 10 de dezembro de 2021

33° Edição do REINO hoje tema o Poder de Deus Salmos 62-11 O poder de Deus não tem comparação: ele muda em um momento aquilo que eu e você não podemos mudar a vida inteira. Quando experimentamos o poder de Deus nas nossas vidas, tudo é transformado. A maior demonstração do poder do Senhor foi a vitória de Jesus sobre a morte, que garante uma vida eterna em comunhão com Deus para todo aquele que acredita. Se você clamar, poderá ver o poder de Deus atuando na sua vida, seja qual for a sua situação! Poder de Deus na Bíblia Uma vez Deus falou, duas vezes eu ouvi, que o poder pertence a Deus. Salmos 62:11 E isso tudo é apenas a borda de suas obras! Um suave sussurro é o que ouvimos dele. Mas quem poderá compreender o trovão do seu poder?" Jó 26:14 Pois, na verdade, foi crucificado em fraqueza, mas vive pelo poder de Deus. Da mesma forma, somos fracos nele, mas, pelo poder de Deus, viveremos com ele para servir vocês. 2 Coríntios 13:4 Cheguem à tua presença os gemidos dos prisioneiros. Pela força do teu braço preserva os condenados à morte. Salmos 79:11 Por seu poder, Deus ressuscitou o Senhor e também nos ressuscitará. 1 Coríntios 6:14 Mas, se é pelo dedo de Deus que eu expulso demônios, então chegou a vocês o Reino de Deus. Lucas 11:20 Com mão poderosa e braço forte. O seu amor dura para sempre! Salmos 136:12 Sua sabedoria é profunda, seu poder é imenso. Quem tentou resistir-lhe e saiu ileso? Jó 9:4

quinta-feira, 9 de dezembro de 2021

32° Edição do REINO hoje tema Perdão Salmos 86-5 https://www.youtube.com/watch?v=zk7hrsyP5pA&t=37s O perdão é uma das coisas mais libertadoras que alguém pode fazer. A falta de perdão é como uma pedra amarrada na perna de alguém, que a arrasta para o fundo do mar. Se Deus perdoou os nossos pecados e se nós queremos ser parecidos com Deus, que motivos podemos ter para não perdoar alguém? Se nós perdoarmos, receberemos perdão; essa é uma verdade que nos deve motivar. Se realmente compreendemos o que Jesus fez na cruz, o perdão deve fluir no nosso coração. Perdão na Bíblia Tu és bondoso e perdoador, Senhor, rico em graça para com todos os que te invocam. Salmos 86:5 Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: "Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?" Jesus respondeu: "Eu digo a você: Não até sete, mas até setenta vezes sete. Mateus 18:21-22 E, quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial perdoe os seus pecados. Mas, se vocês não perdoarem, também o seu Pai que está nos céus não perdoará os seus pecados". Marcos 11:25-26 Tomem cuidado. "Se o seu irmão pecar, repreenda-o e, se ele se arrepender, perdoe-lhe. Se pecar contra você sete vezes no dia, e sete vezes voltar a você e disser: 'Estou arrependido', perdoe-lhe". Lucas 17:3-4 Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou. Colossenses 3:13

terça-feira, 7 de dezembro de 2021

30° Edição do REINO hoje tema Prudente como uma serpente, mais manso como um pomba Mateus 10-16 Um dos ensinos de Jesus nos manda ser simples como as pombas e prudentes como a serpente. Qual o significado desse ensino na prática? Você consegue entender como aplicar isso que Jesus ensinou? "Sede, portanto, prudentes como as serpentes e símplices como as pombas", Mateus 10:16, mais especificamente aos seus doze discípulos (os doze apóstolos), quando os orientou a respeito da missão que eles teriam pela frente: "A estes doze enviou Jesus, dando-lhes as seguintes instruções", Mateus 10:5. Saber disso é importante para compreendermos o significado e aplicação dessa ordem de Jesus. Segundo o presbítero André Sanchez, a orientação completa de Jesus é esta: "Eis que eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos; sede, portanto, prudentes como as serpentes e símplices como as pombas", Mateus 10:16. Observe que Jesus começa falando de uma realidade difícil, quando aponta que eles eram ovelhas no meio de lobos. Isso significa que Jesus já prepara Seus discípulos, afirmando que a missão deles seria perigosa. Mas isso não é para colocar medo neles, pois as ovelhas são guardadas pelo pastor. Isso é para que houvesse atenção da parte deles. Sanchez lembra que essa atenção que Jesus estava buscando da parte deles fica clara quando ele termina a orientação dizendo para eles serem, primeiro, prudentes como as serpentes. A palavra prudente aponta para "inteligência, esperteza, sabedoria, cautela". Assim como a serpente tem todas essas características que trazem a ela mais segurança para escapar de seus predadores, os discípulos também deveriam buscar essa característica enquanto estavam em missão. Jesus segue dizendo para eles serem "símplices como as pombas". A palavra símplice aponta para algo "sem maldade, puro, livre de malícia". O que Jesus tem em foco aqui é que Seus discípulos não percam a sua essência de santidade, a essência de Deus em suas vidas. "Eles enfrentariam perigos grandiosos, como ovelhas no meio de lobos, mas não deveriam lançar mão de atitudes pecaminosas para enfrentar essas dificuldades. Deveriam manter-se com a pureza de Deus em suas vidas", ressalta o presbítero. Por que Jesus faz uma conexão da pureza da pomba com a esperteza da serpente? Se considerarmos a esperteza sozinha não teríamos na vida dos discípulos um andar correto diante de Deus. Ou seja, eles aplicariam qualquer meio (até pecaminoso) para escapar dos perigos, mas não era isso que Deus desejava deles. Quando Jesus acrescenta a pureza da pomba como algo a ser buscado, está colocando aos Seus discípulos que a retidão deveria ser combinada com a prudência para que a obra fosse feita corretamente. Retidão e prudência são a base para escapar de perigos desnecessários, mas de forma digna. Sanchez destaca que eles não poderiam ser também somente puros como a pomba, pois, como ela, seriam prezas fáceis diante dos predadores. Deveriam combinar essas duas boas características para o sucesso da obra e proteção deles mesmos diante de perigos desnecessários.

O MEU DEUS É DE MILAGRES




 

segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

29° Edição do REINO hoje tema A Volta de Jesus Mateus 24-4,5, 24 e 25 A Volta de Jesus. Já imaginou como seria ver Jesus retornar à esta Terra? Você acha que será acordado de um sono profundo pelo som de trombetas e de anjos a tempo de ver Jesus dar aquele passo gigantesco das nuvens para a terra? Ou será que você O estará esperando na montanha mais alta para vê-Lo atravessar o céu brilhante? é assim que você visualiza o momento da Sua volta? Você acha que todas as pessoas O verão chegar? Será que as coisas estarão ocorrendo de acordo com a rotina do dia-a-dia, ou a ordem normal será alterada? Ele vai chegar durante o dia ou na calada da noite? Ele vai descer no Monte das Oliveiras? Será que todas as pessoas O verão descendo do céu ou Ele vai aparecer em algum lugar específico? Ele virá no deserto ou em uma das grandes cidades onde começará a ensinar e a curar como fez quando esteve aqui pela primeira vez? E como você O reconhecerá? Como irá saber se á realmente Jesus? Pelo Seu modo de falar? Por Sua aparência? Pelo som da Sua voz? Ou pelos milagres que operar? E você acha que Ele poderá voltar à Terra em uma espaçonave? E se aparecer um impostor fingindo ser Jesus e falsificar a segunda vinda, o que nos impedirá de sermos enganados? Não seremos enganados se soubermos exatamente como será quando Ele retornar. Não é nenhum exagero afirmar que algum impostor poderá tentar se passar por Cristo. Temos que nos preparar porque o próprio Jesus nos alertou que é exatamente assim que acontecerá. Como é possível falsificar a segunda vinda? Abra a sua Bíblia em São Mateus (NT) 24:4, 5, 24 e 25 e veja o que Jesus disse: "E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane; Porque muitos virão em Meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos... Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. Eis que Eu vo-lo tenho predito. Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto, não saiais; Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis." é isto o que vai acontecer: uma gigantesca mentira espalhada por todo o mundo, uma segunda vinda falsa e forjada. Jesus está falando de uma farsa colossal, cuidadosamente planejada, inteligentemente executada na qual quase o mundo inteiro irá cair. Você notou o que Jesus disse sobre isso: "Eis que ele está no deserto, não saiais." Quando alguém afirmar que é o Cristo, não acredite, não preste atenção. Você sabe que não terá que verificar, nem precisará ver de perto, para saber se é Jesus ou não!" Evidentemente, não será necessário. Pois Ele nos disse: "Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem" São Mateus 24:27. Jesus está dizendo: Minha volta vai ser tão fácil de se ver quanto o relâmpago. Você não necessitará testar essas pessoas que afirmam ser o Cristo, por mais milagres que elas façam. Eu vou lhe dizer exatamente como vou retornar, portanto não precisa dar atenção àqueles que se manifestarão de outra maneira. Um impostor não terá a menor chance com as pessoas que conhecerem a Bíblia. Porque se ele quiser enganar a pessoa que lê a Bíblia, vai ter que duplicar com exatidão a descrição bíblica da volta de Cristo. Você acha que Deus deixaria um impostor fazer isso? Nunca. Mas somente como ilustração, vamos supor que você seja um impostor e decidiu forjar uma segunda vinda por conta própria. O que teria de fazer para enganar alguém que conhece bem a Bíblia? Eu primeiro lugar, precisaria de alguém para fazer o papel de Cristo. Isso não é fácil porque o próprio Satanás seria voluntário com prazer. Ele vem praticado esse papel há milênios. Mas você pergunta: Satanás conseguiria se tornarparecido com Jesus? Enganaria até mesmo um cristão leitor da Bíblia? Vamos ver a próxima passagem. Vamos ver o que Satanás pode fazer. "E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz." II Coríntios (NT) 11:14. Ele pode se fazer parecido com Cristo. E, se precisar de alguns milagres, Satanás e seus ajudantes podem realizar vários. "Porque são espíritos de demônios, que fazem prodígios; os quais vão ao encontro dos reis de todo o mundo, para os congregar para a batalha, naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso." Apocalipse (NT) 16:14. Espíritos de demônios fazem prodígios. Esses milagres serão espetaculares. "E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens." Apocalipse 13:13 Recentemente, ouvimos falar a respeito de um grupo que está planejando fazer um espetáculo desses, o verdadeiro fogo do céu, com a ajuda de satélites e raios laser. Mas Jesus disse que viria nas nuvens. São Mateus 24:30 diz: "Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória." Jesus virá sobre as nuvens e "todas as tribos da terra se lamentarão", porque O verão de fato. O impostor, mesmo o próprio Satanás, se quiser falsificar com sucesso o retorno de Cristo, vai ter que ser capaz de subir ao céu, descer à terra sobre nuvens e ser visível a todas as pessoas em toda a terra. Agora está ficando difícil. Em Apocalipse 1:7 encontramos: "Eis que vem com as nuvens, e todo o olho O verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém." Aqui está um problema insuperável para um impostor. Todo mundo vai estar olhando. Ninguém terá que ser avisado nem precisará ouvir pelos noticiários. Isso significa todo o mundo, em todas as partes da Terra. Como é descritoeste dia. Está em Apocalipse 16:17 a 21: "E o sétimo anjo derramou a sua taça no ar, e saiu grande voz do templo no céu, do trono, dizendo: Está feito. E houve vozes, e trovões, e relâmpagos, e um grande terremoto, como nunca tinha havido desde que há homens sobre a terra; tal foi este tão grande terremoto. E a grande cidade fendeu-se em três partes, e as cidades das nações caíram; e da grande Babilônia se lembrou Deus, para lhe dar o cálice do vinho da indignação da sua ira. e toda a ilha fugiu; e os montes não se acharam. E sobre os homens caiu do céu uma grande saraiva, pedras do peso de um talento; e os homens blasfemaram de Deus por causa da praga da saraiva; porque a sua praga era mui grande." Que cena! Que drama! Algum impostor teria poder para fazer isso tudo? Dificilmente. Analisemos agora a descrição apóstolo Paulo: "Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morrerão em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor." I Tessalonicensses (NT) 4:16 e 17. Algum impostor conseguiria romper as sepulturas pelo mundo inteiro e trazer à vida aqueles que morreram confiando no Senhor? Nunca. E outro detalhe: os pés de Jesus, quando Ele retornar, nem sequer tocarão o chão. Você vê como são descartados os falsificadores e impostores que ensinam e curam, pois por mais impressionantes que sejam os seus milagres, os pés deles estão grudados na Terra. Alguém pode dizer: "Se Satanás conhece as Escrituras deve saber que é impossível imitar a segunda vinda. Portanto ele provavelmente não vai tentar." Ele vai sim. E por quê? Porque ele sabe que milhões não lêem a Bíblia, outros milhões esqueceram o que leram e outros muito bem-informados preferem seguir sua intuição, seus sentidos, suas preferências pessoais em vez de seguir a Palavra de Deus. A tragédia é que, quando Deus aparecer no céu, quase todas as pessoas já terão se curvado a um impostor, acreditando ser ele o Cristo. Que terrível tragédia! Tragédia que não precisaria acontecer. Milhões e milhões serão levados por esse terrível engano, por não terem se importado em saber a verdade. Vê agora o quanto é importante e urgente conhecer a Bíblia? Se a ler e lembrar de tudo o que ela diz, não existirá nenhum jeito de você ser enganado. Era 23 de setembro de 1922. Os aliados tinham dado Smirna para os gregos como recompensa por sua participação na Primeira Guerra Mundial. O exército grego havia invadido Smirna empurrando as forças locais para Ancara, na Turquia. Eles estavam certos da vitória, quando, de repente, bateram em retirada antes de atacar os turcos e sofreram durante todo o caminho de volta para Smirna. A tropa grega, em sua desesperada retirada, forçou seus próprios compatriotas, assim como os armênios, a abandonar seus lares e fugir para a costa. E aí, acreditem ou não, os soldados gregos, pensando apenas em sua própria segurança, entraram nos navios e zarparam. Os compatriotas refugiados foram abandonados para fazer o melhor que pudessem. Smirna ficou em chamas enquanto a grande massa de refugiados era empurrada em direção ao mar com fogo atrás deles. Nessa hora da crise, Izaac Jennings, um jovem americano, colocou sua família a bordo de um destróier americano. Ele ficou para trás para ver o que podia fazer pelos refugiados. Conseguiu que fossem enviados alimentos, mas aquela massa sofredora de seres humanos, presa entre fogo e o mar, precisava mais do que alimentos. Precisava de navios. Mas, providencialmente, vinte navios de transporte, que haviam levado os soldados gregos para um lugar seguro, estavam ancorados numa ilha do mar Egeu. Jennings não perdeu tempo e foi até lá na certeza de que os navios gregos seriam liberados para salvar o povo. Mas o general Franco, a cargo dos transportes, foi cauteloso. Não conseguia se decidir. A capital, Atenas, apoiou a cautela do General Franco. O gabinete teria que decidir, porém não estava em sessão. O gabinete só se reuniria pela manhã. Que proteção seria dada aos navios? O destróier americano os acompanharia? Um destróier americano protegeria os navios se os turcos decidissem atacá-los? Assim, prosseguiu para lá e para cá e, finalmente, a paciência do jovem americano chegou ao fim. Jennings telegrafou para Atenas, mas não recebeu resposta favorável até às seis horas. Então, ele telegrafou abertamente, sem código, fazendo o mundo inteiro saber que o governo grego tinha se recusado a resgatar seu próprio povo da morte certa. Funcionou. Pouco depois, chegou uma mensagem: "Todos os navios no Egeu sob seu comando irão remover os refugiados em Smirna." Aquelas palavras significaram vida para milhares. Também significaram que um jovem americano desconhecido havia sido nomeado almirante da marinha grega. E, assim, ele assumiu o comando. Faltando um minuto para a meia-noite, a bandeira grega foi arriada e a americana subiu em seu lugar como um sinal que significava: "Sigam-me". Imagine a cena: todos os navios seguindo rumo a Smirna. Ele podia ver do seu posto, na ponte, as ruínas fumegantes do que antes havia sido a parte comercial da cidade. Na orla marítima, estendendo-se por quilômetros, o que parecia ser uma fronteira negra e sem vida era uma fronteira de vidas sofredoras esperando, aspirando, orando, como tinham feito a cada momento durante dias, por navios, navios e mais navios. E assim que os navios se aproximaram, a orla foi aumentando e pareceu que todos os rostos naquele local se voltaram para eles. Todos os braços acenaram pra que eles viessem. Pareceu que toda a orla se moveu para recebê-los. Os gritos de milhares de pessoas ecoaram bem alto; gritos de alegria pareciam vir bem do íntimo deles. Ninguém precisou dizer para que eram aqueles navios. Eles tinham vasculhado aquele horizonte durante dias em busca de navios. Não precisava dizer que chegara a vida e a segurança. Izaac nunca tinha sido mais agradecido nem mais feliz do que naquela madrugada quando percebeu que graças a Deus, ele tinha conseguido trazer esperança e uma nova vida àquelas pessoas desesperadas. A segunda vinda de Cristo será um resgate espetacular não do mar, mas do céu, envolvendo, não três mil refugiados em uma única praia, mas todos os homens, mulheres e crianças em um planeta sacudido, queimado e em convulsão. Que dia há de ser para aqueles que amam a Deus. Não será destruição, mas sobrevivência. Não será dia de pânico, mas de salvamento. Isso não é tristeza, nem destruição. Não é algo para estragar os seus planos. Não é algo para se temer, detestar ou odiar - a menos que você não queira ser salvo. E quem não quer ser salvo numa hora como esta? Quem não iria querer dar as costas para as ruínas fumegantes de Smirna com os navios em chamas, abalado e convulsivo, com o resgate a caminho? A exemplo dos refugiados em Smirna, naquele dia, haverá uma grande massa de seres humanos empurrados para as bordas das ruínas em chamas de um mundo convulsivo, presos em meio ao fogo do tempo, desesperados para saírem deste planeta, vasculhando os céus em busca de um sinal que mostre que o salvamento está a caminho. Naquele dia todos os rostos se voltarão para o céu, cada olho se encherá de lágrimas de alegria. Cada voz gritará, cada braço se estenderá para recebê-lo. Pense neste dia. Pense nele muitas vezes. Existe alguma coisa mais emocionante para se contemplar? Vê-Lo aproximando-Se pelo céu em uma nuvem escura do oriente. Vê-Lo chegando cada vez mais perto, até se transformar em uma gloriosa nuvem branca. Uma nuvem como você nunca viu antes, uma nuvem de anjos, de incontáveis anjos. No ar, um som como você nunca ouviu antes: o som de trombetas ecoando ao redor do mundo. Uma voz como você nunca ouviu antes: a voz do Senhor Jesus chamando os mortos à vida. E os túmulos, tremendo, tremendo, se abrirão. Haverá anjos por toda parte carregando criancinhas já renovadas em perfeita saúde para fora de suas sepulturas abertas e colocando-as nos braços de suas mães. E vozes de parentes há muito separados pela morte, agora reunidos para nunca mais se separarem. Junto com os que ressuscitarem, os que estiverem vivos serão levados naquela nave estelar de anjos numa viagem fantástica para o céu. Quantos problemas, dores e desastres tumultuam nossos dias e interrompem nossas noites? Parece que sempre estamos ouvindo o som das sirenes, o estrondo das bombas, os sinais da tempestade que se aproxima. Lembre-se de que existe um lugar melhor para estar e há um meio absolutamente fascinante de se chegar lá, onde o Criador vive, a cidade de Deus. Não em um jato, mas numa nuvem até a cidade do nosso Deus. Seu nome estará na lista de passageiros? Existe apenas uma exigência. é a palavra perdão, escrita com o sangue do Senhor Jesus Cristo, ao lado do seu nome. A escolha é sua. Você irá aceitá-Lo.

A DEUS A HONRA E A GLÓRIA PARA SEMPRE







 

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

28° Edição do REINO hoje tema Legalidade Espiritual Ezequiel 22-30 Terminado um período de banquetes, Jó mandava chamá-los e fazia com que se purificassem. De madrugada ele oferecia um holocausto em favor de cada um deles, pois pensava: "Talvez os meus filhos tenham, lá no íntimo, pecado e amal­diçoado a Deus". Essa era a prática constante de Jó. Jó 1:5 "Será que Jó não tem razões para temer a Deus?", respondeu Satanás. Jó 1:9 Certo dia, quando os filhos e as filhas de Jó estavam num banquete, comendo e bebendo vinho na casa do irmão mais velho, Jó 1:13 Ao ouvir isso, Jó levantou-se, rasgou o manto e rapou a cabeça. Então prostrou-se com o rosto em terra, em adoração, Jó 1:20 Em tudo isso Jó não pecou e não culpou a Deus de coisa alguma. Jó 1:22 Saiu, pois, Satanás da presença do Senhor e afligiu Jó com feridas terríveis, da sola dos pés ao alto da cabeça. Jó 2:7 Então Jó apanhou um caco de louça e com ele se raspava, senta­do entre as cinzas. Jó 2:8 Ele respondeu: "Você fala como uma insensata. Aceitaremos o bem dado por Deus, e não o mal?" Em tudo isso Jó não pecou com seus lábios. Jó 2:10 Quando três amigos de Jó, Elifaz, de Temã, Bildade, de Suá, e Zofar, de Naamate, souberam de todos os males que o haviam atingido, saíram, cada um da sua região. Combinaram encontrar-se para, juntos, irem mostrar solidarie­dade a Jó e consolá-lo. Jó 2:11 Depois disso Jó abriu a boca e amaldi­çoou o dia do seu nascimento, Jó 3:1 Então Jó respondeu: Jó 6:1 https://www.youtube.com/watch?v=VeOySbiifGw

terça-feira, 30 de novembro de 2021

25° Edição do REINO Tema hoje Maneiras de Falar Provérbios 18-21 Falar em línguas é um dos dons do Espírito Santo. Esse dom foi dado aos discípulos de Jesus no dia de Pentecoste, quando falaram em línguas que não conheciam. Várias outros convertidos receberam depois o dom de falar em línguas. Falar em línguas não é inventar sons sem sentido. Toda língua tem sentido e o dom de falar em línguas serve para orar no Espírito. Quando há alguém que tem o dom de interpretar línguas, isso pode servir para edificar a igreja. Mas atenção! Falar em línguas não torna ninguém "mais espiritual". Deus tem muitos outros dons para dar, que ele distribui como quer. Quem fala em línguas deve ser humilde e respeitar a ordem no culto. Falar em Línguas na Bíblia Quando Paulo lhes impôs as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo, e começaram a falar em línguas e a profetizar. Atos dos Apóstolos 19:6 Estes sinais acompanharão os que crerem: em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal nenhum; imporão as mãos sobre os doentes, e estes ficarão curados". Marcos 16:17-18 Havia em Jerusalém judeus, devotos a Deus, vindos de todas as nações do mundo. Ouvindo-se o som, ajuntou-se uma multidão que ficou perplexa, pois cada um os ouvia falar em sua própria língua. Atônitos e maravilhados, eles perguntavam: "Acaso não são galileus todos estes homens que estão falando? Então, como os ouvimos, cada um de nós, em nossa própria língua materna? Atos dos Apóstolos 2:5-8

Provérbios de Salomão: Maneira de falar Os insensatos, os escarnecedores e os sábios são conhecidos pelas suas maneiras de falar. A fala revela caráter e indica o futuro. O coração é conhecido se prestar atenção o que a pessoa fala. As palavras comprovam a honestidade ou a falsidade; elas transmitem saúde ou dor aos outros; elas cortam ou curam; fazem com que reis se tornam seus amigos ou que seus inferiores o rejeitem. Salomão tinha muito a dizer a respeito do que você fala e como você deve fazer isto! Provérbios 18:21 “A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto.” Sua língua tem o poder de vida ou de morte! A sua maneira de falar pode promovê-lo ou destruí-lo. Muitos arruinaram as suas vidas por causa de bocas desgovernadas. Outros têm sido exaltados pelas palavras bondosas e sábias. A sua maneira de falar trará as bênçãos ou as maldições de Deus e dos homens. Provérbios 10:19 “Na multidão de palavras não falta transgressão, mas o que modera os seus lábios é prudente.” Quanto mais você fala, mais você peca! As palavras podem nos deixar em situação difícil; portanto, profira poucas. Uma regra simples é a de reduzir as suas palavras pela metade! O silêncio vale ouro num contexto como este. Se for preciso você falar muito, prepare-se bem com antecedência e reflita sobriamente depois. Provérbios 26:4 “Não respondas ao tolo segundo a sua estultícia, para que também te não faças semelhante a ele.” Não responda a um tolo para não se colocar inferior a ele. Responda a um tolo para que ele não pense que está certo. É errado discutir com ele. Eles não merecem o conhecimento ou a verdade; a sabedoria é preciosa demais para desperdiçar com eles. A sabedoria cohece o equilíbrio. Provérbios 10:32 “Os lábios do justo sabem o que agrada, mas a boca dos ímpios anda cheia de perversidades.” Perdeu a oportunidade de ficar calado! Você já ouviu estas palavras repreendedoras? Os homens justos são discretos no falar e dizem coisas aceitáveis. Homens ímpios falam tolices e destruições. Você conhece a diferença? Os outros concordam? Provérbios 15:28 “O coração do justo medita o que há de responder, mas a boca dos ímpios derrama em abundância coisas más.” Você considera com atenção antes de responder? Ou você dispara com a primeira coisa que vem à sua mente quando perguntado? Se confrontado com um assunto que você não conhece bem, uma resposta segura seria pedir tempo para analisar. Isto é sabedoria! Você tem isto? Provérbios 26:28 “A língua falsa aborrece aquele a quem ela tem maravilhado, e a boca lisonjeira opera a ruína.” As mentiras revelam ódio! Bajulação leva à ruína. A maioria pensa que mentiras são crimes sem vítimas. A maioria acredita que a bajular é demonstrar bondade. Mas Salomão viu a destruição das duas coisas, e inspirado por Deus ele condena as duas práticas. Provérbios 11:13 “O que anda praguejando descobre o segredo, mas o fiel de espírito encobre o negócio.” Você nunca calunia, mentindo para ferir a reputação de uma pessoa? Que bom! Mas fofocar, que é contar uma verdade a respeito de uma pessoa, para outra que não precisaria saber, é tão doloroso quanto pecaminoso. Deus odeia este perverso crime. E você? Provérbios 22:11 “O que ama a pureza do coração e é grácil no falar terá por amigo o rei.” Um provérbio glorioso! O rei demonstrará a sua amizade com palavras agradáveis! Salomão tinha visto isto na vida do seu pai Davi e de Jônatas. Mas a sua inspirada sabedoria revela o segredo de que forma isto é feito. Um coração puro que governa sua boca! Provérbios 15:1 “A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.” Aquelas são palavras de briga! Em qualquer confronto, as suas palavras podem por fim a uma disputa ou escaloná-la. Qual será a sua escolha? A sabedoria aprende como acalmar uma pessoa raivosa. Sucesso relacional depende em acalmar a ira dos outros, especialmente a de superiores. Provérbios 29:20 “Tens visto um homem precipitado nas suas palavras? Maior esperança há de um tolo do que dele.” Uma resposta rápida não prova conhecimento ou sabedoria. A pressa é a inimiga da perfeição, mesmo quando se trata de falar. Vai mais devagar! Pense primeiro! Certifique-se de que você conhece o assunto antes de falar. Uma pessoa de fala rápida e reponde pergunta prontamente, é pior do que um tolo! Provérbios 13:3 “O que guarda a boca conserva a sua alma, mas o que muito abre os lábios a si mesmo se arruína.” Sua vida está na sua boca! Se você controla a sua maneira de falar, você será próspero e bem sucedido. Se você abre a sua, sempre que você sente vontade, você será destruído. Como? Em seu casamento, em sua profissão e em todas as áreas da vida. Provérbios 21:23 “O que guarda a boca e a língua guarda das angústias a sua alma.” Palavras colocam a maioria das pessoas em dificuldades. Se você pode escolher e medir cuidadosamente a maneira de falar, você pode evitar muita dor durante a vida. Você tem falado e observado como as palavras causam problemas, exatamente como Salomão. Mas ele tinha a resposta para isto! Provérbios 31:26 “Abre a boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua.” A boca de uma mulher tem um grande potencial para o bem e para o mal. Uma mulher virtuosa sempre fala com sabedoria, e uma regra de bondade governa as suas palavras. Mas a maioria das mulheres destrói a tranquilidade da vida com o seu cacarejar, sua crítica, sua insensata disputa. Provérbios 12:18 “Há alguns cujas palavras são como pontas de espada, mas a língua dos sábios é saúde.” As suas palavras deixam os outros sangrando ou desenvolvendo? Se você é mordaz, crítico ou sarcástico, os outros estão sangrando e tentando lhe evitar. Se você é gentil, agradável e bondoso, eles estão crescendo e procurando você com frequência.


 

sexta-feira, 26 de novembro de 2021

O amor é a força mais poderosa do mundo. É o elo que liga pessoas umas com as outras e com Deus. O verdadeiro amor não depende de quem recebe amor. A pessoa que ama decide amar porque quer amar. O amor é uma decisão poderosa. Não existe um amor igual ao amor de Deus, porque só esse amor, através de Jesus, pode transformar as nossas vidas e nos completar. Deus é amor. Seu amor serve de exemplo. Nós devemos amar os outros de forma incondicional, como Deus nos ama. O que diz Bíblia sobre Amor O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 1 Coríntios 13:4-7



 

23° Edição do REINO hoje tema Amigo Provérbios 17-17 Os amigos são uma grande influência na vida de cada pessoa. Um bom amigo ajuda e apoia nos momentos difíceis mas também sabe repreender com amor quando é preciso. Um bom amigo é uma bênção! Mas também existe amigo que é má influência e que só age como amigo por interesse. A Bíblia diz que Jesus é nosso grande amigo. Ele é um amigo tão bom que até deu sua vida por nós! A amizade com Deus é a melhor amizade que existe. Amigo na Bíblia O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade. Provérbios 17:17 https://www.youtube.com/watch?v=2FoLg8AakLI

quinta-feira, 25 de novembro de 2021

22° Edição do REINO hoje tema porque sou Crente Salmos 23-1 Parecido com Meu Pastor Caráter e Personalidade Definições de caráter do dicionário Aurélio e da Wikipédia: Caráter é o termo que designa o aspecto da personalidade responsável pela forma habitual e constante de agir peculiar a cada indivíduo; esta qualidade é inerente somente a uma pessoa, pois é o conjunto dos traços particulares, o modo de ser desta; sua índole, sua natureza e temperamento. Caráter é o conjunto das qualidades, boas ou más, de um indivíduo lhe determinam a conduta e a concepção moral; seu gênio, humor, temperamento, este, sendo resultado de progressiva adaptação constitucional do sujeito às condições ambientais, familiares, pedagógicas e sociais. Caráter é a qualidade inerente a uma pessoa; o que a distingue de outra pessoa. Traços psicológicos, o modo de ser, de agir de uma pessoa; Índole. A verdade em que você acredita determina seu caráter. Define-se a personalidade como tudo aquilo que distingue um indivíduo de outros indivíduos, ou seja, o conjunto de características psicológicas que determinam a sua individualidade pessoal e social. A formação da personalidade é processo gradual, complexo e único a cada indivíduo. O termo deriva do grego persona, com significado de máscara, designava a “personagem” representada pelos atores teatrais no palco. O termo é também sinônimo de celebridade. Pode-se definir também personalidade por um conceito dinâmico que descreve o crescimento e o desenvolvimento de todo sistema psicológico de um indivíduo, outra definição seria: a organização dinâmica interna daqueles sistemas psicológicos do indivíduo que determinam o seu ajuste individual ao ambiente. Mais claramente, pode-se dizer que é a soma total de como o indivíduo interage e reage em relação aos demais. Até aqui as definições encontradas na Internet. Tanto o caráter quanto a personalidade por fazerem parte inerente do ser, não constam como palavras separadas no texto bíblico, tanto no original hebraico do VT, quando no grego do NT. Assim, deve ser visto de modo subentendido quando os traços de caráter e personalidade são citados na Bíblia. Por exemplo; em Provérbios 16.27-29, onde se lê: 27 O homem vil suscita o mal; e nos seus lábios há como que um fogo ardente. 28 O homem perverso espalha contendas; e o difamador separa amigos íntimos. 29 O homem violento alicia o seu vizinho, e guia-o por um caminho que não é bom. Podemos ler: 27 O homem de caráter vil suscita o mal…. 28 O homem de caráter perverso espalha contendas… 29 O homem de caráter violento alicia o seu vizinho… Em Isaías 32.7, onde se lê: 7 Também as maquinações do fraudulento são más; ele maquina invenções malignas para destruir os mansos com palavras falsas, mesmo quando o pobre fala o que é reto. Podemos ler: 7 Também as maquinações do homem de caráter fraudulento são más… Em Atos 2.22, onde lemos: 22 Varões israelitas, escutai estas palavras: A Jesus, o nazareno, varão aprovado por Deus entre vós com milagres, prodígios e sinais, que Deus por ele fez no meio de vós, como vós mesmos bem sabeis; Podemos ler: 22 Varões israelitas, escutai estas palavras: A Jesus, o nazareno, varão de caráter aprovado por Deus… Em Filipenses 2.22, onde lemos: 22 Mas sabeis que provas deu ele de si; que, como filho ao pai, serviu comigo a favor do evangelho. Podemos ler: 22 Mas sabeis que provas deu ele de seu caráter… Em 2 Timóteo 2.15, onde lemos: 15 Procura apresentar-te diante de Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. Podemos ler 15 Procura apresentar-te diante de Deus com caráter aprovado… Vemos assim que tanto traços viciosos, quanto virtuosos podem compor o caráter de uma pessoa, e tanto mais puro e bom é o caráter quanto maior é o número de virtudes que se possui, e um comportamento que seja condizente com as referidas virtudes. Não basta portanto crer num sistema de valores e aprová-lo, pois o caráter não é determinado somente pelo que se crê e se aprova, mas sobretudo pela prática de nossas crenças, estando nossa personalidade moldada e definida pelas mesmas. A bem-aventurança, conforme podemos ver nas palavras de Jesus no Sermão do Monte, não depende das circunstâncias da vida de uma pessoa, mas dos traços do seu caráter conforme são destacados por ele especialmente no começo do quinto capítulo do evangelho de Mateus. Este caráter é definido como um estado interno de ser. Esse caráter cristão deve ser formado na própria estrutura da natureza moral. Todas as formas de comportamento que Jesus destacou no Sermão do Monte revelam que o caráter deve ser forjado na estrutura da natureza moral – não de uma moralidade formal e externa, mas interna, vital e espiritual. É a posse de tal tipo de caráter que vai determinar que nossas ações sejam feitas com base em motivos corretos. O caráter aprovado é portanto um dom de Deus, concedido àqueles que se se consagram a Ele e ao Seu serviço, àqueles que buscam com toda a diligência conhecer e fazer a Sua vontade. E como tudo o mais que cresce no Reino de Deus, o caráter cristão também se tornará cada vez mais puro e forte, à medida que fizermos progresso em santificação pela Palavra aplicada pelo Espírito Santo às nossas vidas. Mas isto não é possível sem consagração. A consagração é um ato da vontade de trazer nossas faculdades, especialmente da alma e do espírito, sob a influência de um santo propósito. Ela consiste sobretudo em nos submetermos à instrução, direção e poder do Espírito Santo. O refino da fé pelas provações também é outro fator importante na formação do caráter cristão, porque o homem de coração dobre nada obterá do Senhor, de modo que aquele que confia no Senhor há de receber dele um caráter firme e inabalável que o manterá fiel à Sua Palavra em todas as circunstâncias. O crente deve ter como o propósito supremo de sua vida, a obtenção de tal caráter. Para isto deverá se esforçar, buscar e orar sem cessar. É do agrado de Deus formar em nós progressivamente o caráter de Cristo, mas ele determinou que isto deve ser buscado com toda a diligência, e para tanto devemos pedir-lhe que o forje em nós. O caráter se comprovará bom e forte à medida que resista às provações e tentações, ou seja, sem sombra de variação em nosso comportamento quando a elas submetidos. Muito do nosso caráter e personalidade é fortemente impactado e reorientado quando nos convertemos a Cristo e nascemos de novo do Espírito Santo. Todavia, há de se completar, pelo mesmo processo de operação sobrenatural do Espírito, o trabalho do aperfeiçoamento da nossa personalidade e caráter, pela remoção progressiva dos hábitos e comportamentos inerentes ao velho modo de vida, e pela implantação também progressiva das virtudes de Cristo. Convicções arraigadas, e ainda que coerentemente determinantes no nosso modo de proceder, e que nos tenham conferido um caráter firme, deverão ser desarraigadas caso não se conformem ao padrão bíblico e divino. Veja que o caráter cristão não é própria e necessariamente o tipo de caráter que é aplaudido pelo mundo, pelo simples fato de alguém ser firme e coerente com suas convicções, ainda que aparentemente boas. Este era o caso típico dos fariseus dos dias de Jesus, que eram considerados como pessoas santas pela sociedade judaica de um modo geral, pela forma determinada com que defendiam suas tradições religiosas, e, no entanto, Jesus os denunciou como sendo hipócritas e adulteradores da Palavra de Deus. Eles não praticavam as coisas que eles ensinavam. Os fariseus não podiam dar uma resposta favorável à demanda religiosa verdadeira porque não criam em Cristo – não tinham, por conseguinte, a habitação, direção e instrução do Espírito Santo, e estando mortos espiritualmente não podiam refletir a vida e o vigor da verdadeira espiritualidade. O caráter do crente não é formado por um mero esforço unilateral da sua parte, mas sobretudo pela infusão de poder que recebe do Espírito Santo que nele opera implantando a lei de Deus em sua mente e coração (Jeremias 31.33). Assim, o grande ponto de partida para a formação do caráter cristão se encontra na regeneração, ou seja, no novo nascimento pelo Espírito Santo. O caráter cristão é determinado portanto pela constância em se andar no Espírito (Gálatas 5.16) de modo que se tenha a mente e o caráter de Cristo. Este caráter não se encontra propriamente em nós – ele é recebido e moldado a partir do céu – daí o apóstolo afirmar que já não vive mais o crente pelo seu ego, mas por Cristo que nele vive. É de Deus que se recebe o aprendizado de se ter firmeza na verdade em face de oposições, sejam elas de qual natureza for. É dele que recebe o desapego ao mundo e à própria vida, e a não temer a face do homem quando importa obedecer à Sua vontade. Isto não nos vem da noite para o dia, mas na longa jornada da vida cristã, crescendo em estatura espiritual diante de Deus e dos homens. Mas como vivemos em dias em que é comum a busca do prazer pelo prazer, conforme afirmação do apóstolo que nos últimos dias os homens seriam mais amantes dos prazeres do que de Deus, quando a filosofia reinante na sociedade é de caráter hedonista, devemos lembrar continuamente das palavras de nosso Senhor de que aquele que não renunciar a tudo o que tem, inclusive à sua própria vida, não pode ser seu discípulo, ou seja, não poderá aprender dele o que convém. O alvo da vida cristã não é proporcionar prazer, não é o de aumentar nossos níveis de serotonina e dopamina, para que tenhamos a sensação de bem-estar, pois isto pode ou não estar presente em nossas vidas, nos combates que temos que travar contra a carne, o diabo e o fascínio do mundo. Um crente pode ser melancólico, como era David Brainerd, e tantos outros, e no entanto, sustentar um caráter santo e justo admirável. Veja que nas bem-aventuranças Jesus destaca como motivo de grande regozijo espiritual o fato de sofrermos perseguições por amor do Seu nome. Ele afirma que bem-aventurado é o que chora, e certamente o choro ali referido não é o de alegria, mas o de contrição pelo pecado e de arrependimento. O que vale no caráter do cristão é o sim, sim, não, não, o que passa disso é de procedência maligna. E este “sim” e este “não” são respectivamente, o sim para o que é verdadeiro santo e justo, e o não para o que é falso, ímpio e injusto, não apenas refletido em palavras, mas sobretudo na prática da vida; pois é pelo tipo de fruto que produz que o caráter da árvore é conhecido.

Uma mulher que teme a Deus é uma bênção para os seus amigos e família. Deus criou as mulheres para serem amadas e respeitadas e não para serem tratadas como se fossem inferiores. Homens e mulheres são diferentes mas ambos têm funções importantíssimas na sociedade, na igreja e na família. Uma mulher segundo o coração de Deus certamente fará a diferença no mundo que está à sua volta. Seja temente a Deus, seja feminina, seja forte, seja conselheira e amiga, seja submissa, seja uma mulher segundo a Palavra de Deus! Leia também: Grandes Mulheres da Bíblia Mulheres na Bíblia A mulher exemplar é a coroa do seu marido, mas a de comportamento vergonhoso é como câncer em seus ossos. Provérbios 12:4




















 

Jesus é a calmaria Quando nos sentimos agitados, impacientes, ansiosos ou com raiva, precisamos de calma para fazer a coisa certa. Esses sentimentos são naturais em situações difíceis, mas não podem nos controlar, porque levam ao pecado. A calma ajuda a dominar as emoções negativas e a resolver conflitos sem cair no pecado. Podemos encontrar calma e tranquilidade em Deus. Ele está sempre no controle de todas as coisas, nos ama e tem os melhores planos para nossas vidas. Por isso não precisamos viver agitados. Quando precisamos de calma, podemos orar e pedir a Deus, colocando nossa confiança nele. Calma na Bíblia A resposta calma desvia a fúria, mas a palavra ríspida desperta a ira. Provérbios 15:1

quarta-feira, 24 de novembro de 2021

O SENHOR É MEU PASTOR Precisamos ter cuidado com o orgulho. O orgulho nos faz pensar que somos melhores que outras pessoas. O orgulhoso não se submete a Deus porque acha que seu próprio caminho é melhor. Mas no fim descobrirá que o caminho de Deus é perfeito e será humilhado. Nosso orgulho deve estar em Deus. É Deus quem nos ajuda a ter sucesso; é Deus quem nos dá talentos e sabedoria. Quando entendemos que tudo vem de Deus, teremos uma visão equilibrada de nossos sucessos, sem orgulho excessivo. Orgulho na Bíblia O orgulho do homem o humilha, mas o de espírito humilde obtém honra. Provérbios 29:23

21° Edição do REINO hoje tema Saudade A saudade é um sentimento natural quando estamos longe de quem amamos. O amor nos faz querer estar com as pessoas, partilhar experiências com elas. A saudade é querer estar presente na vida de quem amamos. Deus nos consola quando sentimos saudades. Podemos até usar a saudade para fazer o bem a quem amamos! Na hora da saudade, podemos orar pelos nossos queridos. Também podemos usar a oportunidade para lhes enviar uma mensagem, para saberem que estão no nosso coração. Saudade na Bíblia Assim acontece com vocês: agora é hora de tristeza para vocês, mas eu os verei outra vez, e vocês se alegrarão, e ninguém tirará essa alegria de vocês. João 16:22

Brasil 🇧🇷 acima de tudo e Deus acima de todos, Grupo Coringa Filial Bahia Em artigo, o coronel Cláudio Tavares Casali explica que o brado, atualmente difundido pelos quartéis, surgiu no final da década de 1960, durante a ditadura militar, pouco depois do decreto do Ato Institucional nº 5 (AI -5). Um grupo de paraquedistas nacionalistas formado pelos capitães paraquedistas Francimá de Luna Máximo, José Aurélio Valporto de Sá e Kurt Pessek teria criado, nesse contexto, o lema “Brasil acima de tudo”.  Chamado Centelha Nativista, o grupo tinha como objetivo ressuscitar os valores “de nacionalismo não xenófobo, de amor ao Brasil e de criar meios que reforçassem a identidade nacional e evitasse a fragmentação do povo pela ideologia e exploração de dissensos da sociedade dividindo o povo nos termos da velha luta de classes do marxismo”. Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/politica/republica/eleicoes-2018/brasil-acima-de-tudo-conheca-a-origem-do-slogan-de-bolsonaro-7r6utek3uk1axzyruk1fj9nas/ Copyright © 2021, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

Casas e riquezas herdam-se dos pais,mas a esposa prudente vem do Senhor....

terça-feira, 23 de novembro de 2021

20° Edição do REINO hoje tema PAZ Quem aceitou Jesus no seu coração pode experimentar essa paz que muitas vezes é impossível de explicar. Porque mesmo nos momentos difíceis, Deus está no controle e nos ajuda a suportar qualquer adversidade. A Paz na Bíblia "Eu disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo". João 16:33

Quando a Bíblia fala de chamado, a referência é quase sempre ao chamado de Deus ou a chamada Deus sobre a vida do crente. É também usado o termo vocação, aquilo para que o cristão foi chamado. Chamado na Bíblia Irmãos, pensem no que vocês eram quando foram chamados. Poucos eram sábios segundo os padrões humanos; poucos eram poderosos; poucos eram de nobre nascimento. 1 Coríntios 1:26


 

A doação é uma forma de colocar a fé em prática. Quem doa seu dinheiro, seus bens ou seu tempo ajuda outras pessoas e mostra o amor de Deus. A doação é uma forma de servir a Deus e às pessoas à nossa volta. Quem ama quer ajudar. Se alguém vê uma pessoa necessitada e não sente compaixão nem vontade de ajudar, não ama de verdade. Não devemos amar as riquezas acima de outras pessoas. Quem ajuda com doações investe no amor. Doação na Bíblia Há quem dê generosamente, e vê aumentar suas riquezas; outros retêm o que deveriam dar, e caem na pobreza. O generoso prosperará; quem dá alívio aos outros, alívio receberá. Provérbios 11:24-25


 

Postagem em destaque

AJUDE-NOS