sexta-feira, 23 de abril de 2021

Manjedoura, Cruz e Tumulo

 Mensagem pregado com tema USOU TUDO NOSSO PARA NOS DAR TUDO SEU

Ministério Palavra, Poder E Unção

Evangelista Manoel Moura

 E subiu tamb√©m Jos√© da Galileia, da cidade de Nazar√©, √† Jud√©ia, √† cidade de Davi, chamada Bel√©m (porque era da casa e fam√≠lia de Davi),
A fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava gr√°vida.
E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriram os dias em que ela havia de dar à luz.
E deu à luz a seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.

Lucas 2:4-7

Come√ßo essa mensagem com um Deus que realmente pode todas as coisas, ele poder deixar sua Gloria descer ao mais baixo, deita-se como rec√©m-nascido em uma manjedoura estribaria, como Deus ele pode ser preso, chicoteado, ser elevado a uma cruz, como Deus ficou como defunto em um tumulo emprestado, n√£o era dele, como Deus que est√°  escrito em 1-pedro 1;20/ Apocalipse 13;8/G√°latas 2;20/Jo√£o 17;5/ Isaias 9;6/Hebreus 13;9 e Tiago 1;17

Em todos esses fatos, Deus está levado seu Filho a descer o mais baixo, para que nós com seu amor e Poder posamos ser e viver o melhor que ele preparou.

 

Significado de Estrebaria

Estabelecimento onde se colocam ou se abrigam os cavalos e seus arreios. Cavalariça; local usado para abrigar burros, jumentos, mulas, éguas ou outros animais desse gênero.

 

Significado de Cruz

Instrumento de tortura que, composto por dois pedaços grandes de madeira unidos de modo transversal, era utilizado para pregar as vítimas.

 

Significado de T√ļmulo

Cova; local onde algu√©m √© enterrado: cemit√©rio √© lugar de t√ļmulos. Jazigo; edifica√ß√£o, ou monumento, constru√≠do sobre essa cova em mem√≥ria da pessoa que nela foi enterrada.

 

 

MATEUS 25 34

 

Ent√£o, dir√° o Rei a todos que estiverem √† sua direita: ‘Vinde, aben√ßoados de meu Pai! Recebei como heran√ßa o Reino, o qual vos foi preparado desde a funda√ß√£o do mundo.

 

Observe o que tínhamos para lhe oferecer, MANJEDORA, CRUZ E TUMULO.

 

Você pode não encontrar minguem, na manjedoura, na cruz, no tumulo, mais o trono jamais ficará vazio, porque ele não divide sua glória com ninguém.


 Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unig√™nito, para que todo o que nele crer n√£o pere√ßa, mas tenha a vida eterna.

Jo√£o 3:16

João 3:16 é provavelmente o versículo mais conhecido da Bíblia! Nele temos um resumo brilhante do plano de salvação. Deus nos ama tanto que enviou Jesus para levar o castigo de nossos pecados em nosso lugar. Agora, tudo que precisamos fazer para receber o perdão de Deus é crer em Jesus, arrependendo-nos de nossos pecados. Através de Jesus, ficamos livres da condenação e temos acesso a Deus e à vida eterna. O amor de Deus é maravilhoso!

s√°bado, 17 de abril de 2021

Deus a Bíblia

√Č a B√≠blia verdadeiramente a Palavra de Deus?

Nossa resposta a esta pergunta n√£o ir√° apenas determinar como vemos a B√≠blia e sua import√Ęncia para nossas vidas, mas tamb√©m, ao final, provocar em n√≥s um impacto eterno. Se a B√≠blia √© de fato a palavra de Deus, devemos ent√£o estim√°-la, estud√°-la, obedecer-lhe e nela confiar. Se a B√≠blia √© a Palavra de Deus, dispens√°-la, ent√£o, √© dispensar o pr√≥prio Deus.

O fato de que Deus nos deu a B√≠blia √© evid√™ncia e exemplo de Seu amor por n√≥s. O termo “revela√ß√£o” significa simplesmente que Deus comunicou √† humanidade como Ele √© e como n√≥s podemos ter um correto relacionamento com Ele. S√£o coisas que n√£o poder√≠amos saber se Deus, na B√≠blia, n√£o as tivesse revelado divinamente a n√≥s. Embora a revela√ß√£o de Deus sobre Si mesmo tenha sido dada progressivamente, ao longo de aproximadamente 1500 anos, ela sempre conteve tudo que o homem precisava saber sobre Deus para com Ele ter um bom relacionamento. Se a B√≠blia √© realmente a Palavra de Deus, √© portanto a autoridade final sobre todas as quest√Ķes de f√©, pr√°tica religiosa e moral.

A pergunta que devemos fazer a n√≥s mesmos √©: como podemos saber que a B√≠blia √© a Palavra de Deus e n√£o simplesmente um bom livro? O que √© √ļnico sobre a B√≠blia que a separa de todos os outros livros religiosos j√° escritos? Existe alguma evid√™ncia de que a B√≠blia √© realmente a Palavra de Deus? Estes s√£o os tipos de perguntas que merecem an√°lise se formos seriamente examinar a afirma√ß√£o b√≠blica de que a B√≠blia √© a verdadeira Palavra de Deus, divinamente inspirada, e totalmente suficiente para todas as quest√Ķes de f√© e pr√°tica.

N√£o pode haver d√ļvida sobre o fato de que a pr√≥pria B√≠blia afirma ser a verdadeira Palavra de Deus. Tal pode ser claramente observado em vers√≠culos como 2 Tim√≥teo 3:15-17, que diz: “... desde a inf√Ęncia, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te s√°bio para a salva√ß√£o pela f√© em Cristo Jesus. Toda a Escritura √© inspirada por Deus e √ļtil para o ensino, para a repreens√£o, para a corre√ß√£o, para a educa√ß√£o na justi√ßa, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.”

A fim de responder a estas perguntas, devemos observar tanto as evid√™ncias internas quanto as evid√™ncias externas de que a B√≠blia √© mesmo a Palavra de Deus. Evid√™ncias internas s√£o aquelas coisas do interior da B√≠blia que testificam sua origem divina. Uma das primeiras evid√™ncias internas de que a B√≠blia √© a Palavra de Deus √© a sua unidade. Apesar de, na verdade, ser composta de sessenta e seis livros individuais, escritos em tr√™s continentes, em tr√™s diferentes l√≠nguas, durante um per√≠odo de aproximadamente 1500 anos, por mais de 40 autores (que tinham profiss√Ķes diferentes), a B√≠blia permanece como um livro unificado desde o in√≠cio at√© o fim, sem contradi√ß√Ķes. Esta unidade √© singular em compara√ß√£o a todos os outros livros e √© evid√™ncia da origem divina das palavras, enquanto Deus moveu homens de tal forma que registraram as Suas palavras.

Outra evid√™ncia interna que indica que a B√≠blia √© a Palavra de Deus √© observada nas profecias detalhadas contidas em suas p√°ginas. A B√≠blia cont√©m centenas de detalhadas profecias relacionadas ao futuro de na√ß√Ķes individuais, incluindo Israel, ao futuro de certas cidades, ao futuro da humanidade, e √† vinda de um que seria o Messias, o Salvador, n√£o s√≥ de Israel, mas de todos que Nele cressem. Ao contr√°rio de profecias encontradas em outros livros religiosos, ou das profecias feitas por Nostradamus, as profecias b√≠blicas s√£o extremamente detalhadas e nunca falharam em se tornar realidade. H√° mais de trezentas profecias relacionadas a Jesus Cristo apenas no Antigo Testamento. N√£o apenas foi predito onde Ele nasceria e de qual fam√≠lia viria, mas tamb√©m como Ele morreria e que ressuscitaria ao terceiro dia. Simplesmente n√£o h√° maneira l√≥gica de explicar as profecias cumpridas da B√≠blia a n√£o ser por origem divina. N√£o existe outro livro religioso com a extens√£o ou o tipo de previs√£o das profecias que a B√≠blia cont√©m.

Uma terceira evid√™ncia interna da origem divina da B√≠blia √© notada na sua autoridade e poder √ļnicos. Enquanto esta evid√™ncia √© mais subjetiva do que as duas evid√™ncias anteriores, ela n√£o √© nada menos do que testemunho poderoso da origem divina da B√≠blia. A B√≠blia tem autoridade √ļnica, que n√£o se parece com a de qualquer outro livro j√° escrito. Esta autoridade e poder podem ser vistos com mais clareza pela forma como in√ļmeras vidas j√° foram transformadas pela leitura da B√≠blia. Curou viciados em drogas, libertou homossexuais, transformou a vida de pessoas sem rumo, modificou criminosos de cora√ß√£o duro, repreende pecadores, e sua leitura transforma o √≥dio em amor. A B√≠blia possui um poder din√Ęmico e transformador que s√≥ √© poss√≠vel por ser a verdadeira Palavra de Deus.

Além das evidências internas de que a Bíblia é a Palavra de Deus, existem também evidências externas que indicam isto. Uma destas evidências é o caráter histórico da Bíblia. Como a Bíblia relata eventos históricos, a sua veracidade e precisão estão sujeitas à verificação, como qualquer outro documento histórico. Através tanto de evidências arqueológicas quanto de outros documentos escritos, os relatos históricos da Bíblia foram várias vezes comprovados como verdadeiros e precisos. Na verdade, todas as evidências arqueológicas e encontradas em manuscritos que validam a Bíblia a tornam o melhor livro documentado do mundo antigo. O fato de que a Bíblia registra precisa e verdadeiramente eventos historicamente verificáveis é uma grande indicação da sua veracidade ao lidar com assuntos religiosos e doutrinas, ajudando a substanciar sua afirmação em ser a Palavra Deus.

Outra evid√™ncia externa de que a B√≠blia √© a Palavra de Deus √© a integridade de seus autores humanos. Como mencionado anteriormente, Deus usou homens vindos de diversas profiss√Ķes e of√≠cios para registrar as Suas palavras para n√≥s. Estudando as vidas destes homens, n√£o h√° boa raz√£o para acreditar que n√£o tenham sido homens honestos e sinceros. Examinando suas vidas e o fato de que estavam dispostos a morrer (quase sempre mortes terr√≠veis) pelo que acreditavam, logo se torna claro que estes homens comuns, por√©m honestos, realmente criam que Deus com eles havia falado. Os homens que escreveram o Novo Testamento e centenas de outros crentes (1 Cor√≠ntios 15:6) sabiam a verdade da sua mensagem porque haviam visto e passado tempo com Jesus Cristo depois que Ele ressuscitou dentre os mortos. A transforma√ß√£o ao ter visto o Cristo Ressuscitado causou tremendo impacto nestes homens. Eles passaram do “esconder-se com medo” ao estado de “disposi√ß√£o a morrer pela mensagem que Deus lhes havia revelado”. Suas vidas e mortes testificam o fato de que a B√≠blia √© verdadeiramente a Palavra de Deus.

Uma √ļltima evid√™ncia externa de que a B√≠blia √© verdadeiramente a Palavra de Deus √© seu “car√°ter indestrut√≠vel”. Por causa de sua import√Ęncia e de sua afirma√ß√£o em ser a Palavra de Deus, a B√≠blia sofreu mais ataques e tentativas de destrui√ß√£o do que qualquer outro livro na hist√≥ria. Dos primeiros imperadores romanos como Diocleciano, passando por ditadores comunistas e at√© chegar aos ateus e agn√≥sticos modernos, a B√≠blia resistiu e permaneceu a todos os seus ataques e continua sendo o livro mais publicado no mundo hoje.

Atrav√©s dos tempos, c√©ticos tiveram a B√≠blia como mitol√≥gica, mas a arqueologia a estabeleceu como hist√≥rica. Seus oponentes atacaram seus ensinamentos como sendo primitivos e desatualizados, por√©m estes, somados a seus conceitos morais e legais, tiveram uma influ√™ncia positiva em sociedades e culturas do mundo todo. Ela continua a ser atacada pela ci√™ncia, psicologia e por movimentos pol√≠ticos, mas mesmo assim permanece t√£o verdadeira e relevante como quando foi escrita. Ela √© um livro que transformou in√ļmeras vidas e culturas atrav√©s dos √ļltimos 2000 anos. N√£o importa o quanto seus oponentes tentem atac√°-la, destru√≠-la ou fazer com que perca sua reputa√ß√£o, a B√≠blia permanece t√£o forte, verdadeira e relevante ap√≥s os ataques quanto antes. A precis√£o com que foi preservada, apesar de todas as tentativas de corromp√™-la, atac√°-la ou destru√≠-la √© o testemunho claro do fato de que a B√≠blia √© verdadeiramente a Palavra de Deus. N√£o deveria ser surpresa para n√≥s que, n√£o importa o quanto seja atacada, ela sempre volta igual e ilesa. Afinal, Jesus disse: “Passar√° o c√©u e a terra, mas as minhas palavras n√£o passar√£o” (Marcos 13:31). Ap√≥s observar as evid√™ncias, qualquer um pode dizer sem d√ļvida nenhuma que “Sim, a B√≠blia √© verdadeiramente a Palavra de Deus.”


Postagem em destaque

Clamas.

Temos que tomar uma decis√£o. E p√īr nossos p√©s na estrada. Sem temor, pois, veremos o livramento do Senhor e dia ap√≥s dia as suas...